ter?a-feira, 19 de janeiro de 2021
Colunistas / Miudinhas
Tasso Franco

BAHIA TEM 1.284 NOVOS CASOS DA COVID E NO TOTAL SÃO 5.808 INFECTADOS

A capital baiana segue o Acordo de Paris e passa a ter o próprio Plano de Ação Climática de Salvador, sendo a primeira das nove cidades da América Latina –
01/01/2021 às 19:25
  1. Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 1.284 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,3%) e 1.519 recuperados (+0,3%). Dos 494.684 casos confirmados desde o início da pandemia, 479.717 já são considerados recuperados, 5.808 encontram-se ativos. A base de dados completa dos casos suspeitos, descartados, confirmados e óbitos relacionados ao coronavírus está disponível em https://bi.saude.ba.gov.br/transparencia/.

   2. Para fins estatísticos, a vigilância epidemiológica estadual considera um paciente recuperado após 14 dias do início dos sintomas da Covid-19. Já os casos ativos são resultado do seguinte cálculo: número de casos totais, menos os óbitos, menos os recuperados. Os cálculos são realizados de modo automático.

  3. Os casos confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (22,51%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram Ibirataia (10.338,30), Muniz Ferreira (8.434,38), Conceição do Coité (8.432,41), Jucuruçu (8.152,53), Pintadas (8.019,55).

  4. O boletim epidemiológico contabiliza ainda 885.676 casos descartados e 122.810 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta sexta-feira (01).

  5. Na Bahia, 36.716 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

  6. O boletim epidemiológico de hoje contabiliza 30 óbitos que ocorreram em diversas datas, conforme tabela abaixo. A existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19.

  7.  Outro motivo é o aprofundamento das investigações epidemiológicas por parte das vigilâncias municipais e estadual a fim de evitar distorções ou equívocos, como desconsiderar a causa do óbito um traumatismo craniano ou um câncer em estágio terminal, ainda que a pessoa esteja infectada pelo coronavírus.
                                                     ****
  8. O secretário da Saúde do Estado da Bahia, Fábio Vilas-Boas, participou, nesta quinta-feira (31) de uma reunião entre integrantes do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e direção da Agência Nacional de Vigilância Sanitária – Anvisa. No encontro, foram discutidas estratégias para acelerar o processo de registro de vacinas para a Covid-19.

  9. De acordo com Fábio Vilas-Boas, secretários de saúde de todo o país manifestaram preocupação por conta da demora em a Anvisa conceder os registros de emergência e definitivo para o emprego da vacina. “Mostramos a nossa preocupação em termos vacinas sendo produzidas no país e não podermos utilizar”, enfatizou Vilas-Boas.

  10. O secretário da Saúde da Bahia apontou que os representantes da Anvisa deixaram um compromisso de viabilizar a retirada de todas as barreiras que forem possíveis para tornar esse processo regulatório mais acelerado.
                                                      *****
  11. O prefeito de Salvador, Bruno Reis, comanda neste sábado (02) a primeira atividade de rua após a posse como chefe do Executivo municipal. Trata-se da requalificação da Estrada das Barreiras, localizada entre os bairros de Cassange e Nova Esperança, que será entregue às 10h, na região da Ceasa (em frente à Igrejinha Sítio).

  12. A intervenção teve investimento de R$ 5.644.896,50, provenientes de recursos municipais. Coordenada pela Secretaria de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra), através da Superintendência de Obras Públicas (Sucop), a obra na Estrada das Pedreiras foi concluída em sete meses e abrangeu 3,9 km de extensão.

  13. Os trabalhos envolveram implantação de nova pavimentação, drenagem, meio-fio, passeio, piso tátil, iluminação em LED e contenção de pedra. Com infraestrutura adequada, a via permitirá maior integração ao Jardim Campo Verde, Nova Esperança, Cepel, Ceasa de I a V, Coração de Maria e Cassange, facilitando o tráfego de veículos até a Estação Mussurunga, diminuindo pela metade o tempo de deslocamento.

  14. O Governador Rui Costa anunciou, nesta terça-feira (29), que enviará à Assembleia Legislativa um projeto de lei criando 26 mil vagas de monitores escolares remunerados, que serão escolhidos entre os próprios alunos, um para cada uma das 26 mil salas de aula do Estado. O projeto ainda está em elaboração. O anúncio foi feito durante visita ao município de Conceição de Coité para entrega de obras.

  15. Segundo o governador, ao visitar as escolas do Estado, ele percebeu que alguns alunos ensinavam os colegas voluntariamente. "Então, há  cerca de um ano, nós criamos o programa Mais Estudo, estimulando que alguns estudantes sejam monitores escolares, recebendo uma bolsa de até R$ 600 por mês. Com isso os alunos não precisam trabalhar e podem se dedicar ao estudo e ensinar os colegas". Rui destacou que, mesmo com a pandemia e com as escolas fechadas, o benefício foi pago.

  16. O governador afirmou que, com o projeto de lei, o programa torna-se uma ação de Estado e não de governo, permanecendo para as futuras gestões. "Eu quero com isso acelerar a retomada de indicadores educacionais da Bahia, para que a gente coloque a Bahia no lugar que o povo baiano merece, um lugar de destaque tanto para a profissionalização quanto para o resultado de uma melhoria dos indicadores educacionais".

  17. Rui explicou ainda que o programa experimental, com 10 mil alunos, foi um sucesso. "As notas melhoraram, a aprendizagem melhorou, houve uma redução do número de desistência de alunos nas escolas. Quando o aluno não entende o assunto, tira nota baixa, ele fica com vontade de largar aquilo.  Quando ele começa a entender, a aprender, ele tem vontade de ficar na escola". 

  18. A capital baiana segue o Acordo de Paris e passa a ter o próprio Plano de Ação Climática de Salvador, sendo a primeira das nove cidades da América Latina – diretamente apoiadas Grupo C40 de Grandes Cidades para a Liderança do Clima – a obterem esse reconhecimento. 

  19. A apresentação do documento foi realizada nesta terça-feira (29) pelo prefeito ACM Neto e pelo vice, Bruno Reis, acompanhados do secretário de Sustentabilidade, Inovação e Resiliência (Secis), João Resch, durante entrega do Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Clarice de Almeida Ferreira, no Calabar.

   20. “Salvador construiu uma agenda ambiental muito forte nos últimos oito anos, algo que, no início de 2013, nem era discutido na cidade. Dentre outros objetivos, temos uma meta ambiciosa de neutralizar as emissões de carbono na cidade até 2049, quando a capital baiana completará 500 anos”, declarou ACM Neto.

   21. Aprovado no último dia 3 pelo C40, o Plano de Mitigação e Adaptação às Mudanças do Clima em Salvador (PMAMC) é uma iniciativa da Secis financiada pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), por meio do Programa de Desenvolvimento do Turismo em Salvador (Prodetur), em parceria com a Secretaria de Cultura e Turismo (Secult). Ele já pode ser baixado pelo site www. sustentabilidade. salvador. ba. gov. br .