ter?a-feira, 27 de outubro de 2020
Colunistas / Miudinhas
Tasso Franco

NÚMERO DE PACIENTES ATIVOS COM COVID NA BAHIA: 6.530; ÓBITOS 32

Na Bahia, 26.535 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.
06/10/2020 às 19:50
1. Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 2.142 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,7%) e 1.816 curados (+0,6%). Dos 318.147 casos confirmados desde o início da pandemia, 304.732 já são considerados curados e 6.430 encontram-se ativos. A base de dados completa dos casos suspeitos, descartados, confirmados e óbitos relacionados ao coronavírus está disponível em https://bi.saude.ba.gov.br/transparencia/.

  2. Para fins estatísticos, a vigilância epidemiológica estadual considera um paciente recuperado após 14 dias do início dos sintomas da Covid-19. Já os casos ativos são resultado do seguinte cálculo: número de casos totais, menos os óbitos, menos os recuperados. Os cálculos são realizados de modo automático.

  3. Os casos confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (27,60%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (6.896,55), Almadina (6.551,98), Madre de Deus (6.167,92), Itabuna (6.125,98), São José da Vitória (5.532,97).

  3. O boletim epidemiológico contabiliza ainda 636.779 casos descartados e 77.075 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta terça-feira (6).

  4. Na Bahia, 26.535 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

  5. O boletim epidemiológico de hoje contabiliza 32 óbitos que ocorreram em diversas datas, conforme tabela abaixo. A existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19. Outro motivo é o aprofundamento das investigações epidemiológicas por parte das vigilâncias municipais e estadual a fim de evitar distorções ou equívocos, como desconsiderar a causa do óbito um traumatismo craniano ou um câncer em estágio terminal, ainda que a pessoa esteja infectada pelo coronavírus.
                                                     ******
  6. Mais de 300 pacientes que tiveram Covid-19 e apresentaram algum tipo de sequela pós-infecção estão sendo acompanhados no Ambulatório Pós-Covid do Hospital Especializado Octávio Mangabeira (HEOM), segundo informação do diretor da unidade, Marcelo Chaloub. Com equipe formada por médico, psicólogo, assistente social, fisioterapeuta e nutricionista, o ambulatório recebe em torno de 50 novos pacientes por semana. Após passar por avaliação com estes profissionais, os pacientes são encaminhados para os atendimentos necessários.

  7. De acordo com o secretário da Saúde do Estado da Bahia, Fábio Vilas-Boas, “a proposta do Ambulatório Pós-Covid é atender aqueles que tiveram as formas moderada ou grave da infecção, ou seja, os que necessitaram de internação hospitalar. No serviço, o paciente é acompanhado por um ano, com consultas a cada três meses, e sempre que necessário, é submetido a sessões de fisioterapia e reabilitação”, afirma o secretário.

  8. “Podem ser acompanhados no ambulatório pacientes com mais de quatro semanas do início dos sintomas, que permaneçam com alguma queixa, principalmente fraqueza, tosse ou falta de ar”, como explica Chaloub.

  9. Pacientes que precisam de acompanhamento pós-Covid-19 devem agendar a consulta no Ambulatório Pós-Covid do Hospital Especializado Octávio Mangabeira exclusivamente através dos telefones (71) 3117-1677 ou (71) 3117-1761 ou pelo e-mail: heom.cpc@saude.ba.gov.br.

 10. A Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre) divulgou no Diário Oficial do Estado desta terça-feira (6), mais uma lista de projetos contemplados pelo Programa Estadual de Incentivo ao Esporte Amador do Estado da Bahia (FazAtleta), em 2020. Entre os 36 atletas selecionados, com um investimento total de R$526.305,40, estão o tenista Natan Rodrigues e a judoca Karen Fernanda.

   11. Neste período de pandemia da Covid-19, o FazAtleta oferece financiamento para aquisição de equipamentos esportivos para treino em casa, remuneração para preparador físico, técnicos e atletas, assistência médica e odontológica, entre outras despesas. O aporte do programa para este ano é de R$ 4,5 milhões.

  12. O município de Dias D’Ávila, na Região Metropolitana recebe nesta quarta-feira (7),às 8h30, a visita do governador Rui Costa. Ele vai entregar a obra de reforma de ampliação do Hospital Municipal Dilton Bispo Santana, situado na Rua Deputado Clodoaldo Campos, bairro Cristo Rei.

   13. O Hospital Municipal Dilton Bispo de Santana foi revitalizado em um trabalho em parceria com a Secretaria de Saúde do estado (Sesab), que investiu R$ 240 mil em equipamentos para a umidade. O hospital possui um total de 78 leitos, todos ofertados ao SUS, distribuídos nas seguintes especialidades: Cirúrgico (10), Clínico (52), Obstétrico (10), Pediatria (6).

  14. A Secretaria Municipal da Fazenda (Sefaz) já abriu o novo Programa de Parcelamento Incentivado (PPI). A adesão pode ser feita no site ppi. salvador. ba. gov. br até o dia 30 de outubro. Para facilitar ainda mais a vida dos contribuintes nesse momento de crise sanitária, pela primeira vez serão incluídas as dívidas do exercício atual, contraídas até julho/2020, e correção de juros apenas pela taxa Selic, no caso de parcelamento entre 13 e 48 parcelas.

  15. O PPI visa dar condições especiais para que empresas e pessoas físicas quitem dívidas contraídas antes ou durante a pandemia. Fazem parte do PPI os seguintes impostos/taxas: IPTU, ISS, Taxa de lixo (TRSD), TFF, Taxa de Vigilância Sanitária, ITIV anterior a 08 de junho de 2017 e constantes em documentos fiscais (autos de infração e notificações de lançamento), além de débitos não tributários, desde que inscritos em dívida ativa. 

  16. Não poderão ser incluídos: multa de trânsito, multa contratual, cobranças de corte de contas e ISS retido na fonte, entre outros. O titular da Sefaz, Paulo Souto, ressaltou que o novo PPI é uma excelente oportunidade para contribuintes que tenham demandas judiciais possam desistir dessas ações na Justiça e agilizar os pagamentos. 

  17. O programa oferece duas condições diferentes de descontos, uma delas para contribuintes cujos vencimentos dos débitos tenham ocorrido até 29 de fevereiro de 2020 e a outra, ainda mais vantajosa, para aqueles que se endividaram no auge da pandemia, entre o primeiro dia de março e 31 de julho de 2020.

  18. O deputado federal Valmir Assunção (PT-BA) fez críticas ao governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ao defender o pagamento do auxílio emergencial no valor de R$600, aprovado na Câmara, até o fim da pandemia do novo coronavírus (covid-19). Assunção critica a medida provisória que reduz o valor pela metade e cobra posição da Casa Legislativa para que a proposta seja votada urgentemente. 

  19. Nesta terça-feira (6), durante sessão remota, o deputado lembrou que somente com uma vacina a crise sanitária será sanada. Ele também voltou a cobrar taxação das grandes fortunas e diminuição dos valores pagos de juros a banqueiros mensalmente para poder o governo ter recursos para pagar o auxílio emergencial.

   20. “Todos nós sabemos que a pandemia não acabou e que estamos vivendo uma crise social, econômica e política profunda. E é inadmissível o governo Bolsonaro tomar uma decisão de diminuir o valor do auxílio neste momento. O que salvou um pouco a economia durante a pandemia foi esse recurso. 

  21. E Bolsonaro não tem o direito de impedir que cada brasileiro possa receber a ajuda. Sobre o debate que não tem dinheiro, vamos discutir as fontes de onde vêm os recursos e já sabemos, apresentamos inúmeras vezes, que são as taxas às grandes fortunas e, também, tem outros mecanismos como o de lucro e dividendos. O que temos de fazer é isso”, detalha Valmir.

  22. Segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA) são estimados na Bahia, em 2020, 3.460 novos casos de câncer de mama, sendo 1.180 casos na Capital. Durante o Outubro Rosa, mês em que as atenções estão voltadas à conscientização sobre o câncer de mama, o Salvador Norte Shopping e o Salvador Shopping engajam-se nesta campanha. Mamografia gratuitas, iluminação na fachada e o incentivo à solidariedade e autocuidado fazem parte das ações dos centros de compras.

  23. De 05 a 24/10, a Unidade Móvel da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia- Sesab estará no Estacionamento Externo do Salvador Norte Shopping para realizar, gratuitamente, mamografias. O exame é destinado a mulheres de 40 a 69 anos e o atendimento será de segunda a sábado, das 8h às 18h, exclusivamente mediante agendamento prévio feito pela própria Sesab, para que não haja aglomerações. A meta é atender 120 mulheres, por dia.

   24. Também no Salvador Norte, as clientes que quiserem doar mechas poderão cortar o cabelo, gratuitamente, mediante agendamento prévio com o Salão Rene (Piso L1 Telefone e Whatsapp: 3251 6288). Essas mechas serão doadas ao Núcleo Assistencial para Pessoas com Câncer (Naspec) e serão usadas para confecção de perucas destinadas a vítimas da doença. Uma urna foi instalada no Espaço Cliente – Piso L2 para receber leite em pó e fraldas infantis que serão destinados ao Hospital Aristides Maltez. A ação é uma parceria com o projeto Toque de Amor.