quinta-feira, 24 de setembro de 2020
Colunistas / Miudinhas
Tasso Franco

BAHIA REDUZ PARA 11.251 CASOS ATIVOS CORONAVIRUS E 84 MIL INVESTIGADOS

Os moradores de Salvador devem realizar o recadastramento obrigatório do cartão do Sistema Único de Saúde (SUS) até a próxima segunda-feira (31).
30/08/2020 às 08:02

   1. Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 1.272 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,5%) e 2.808 curados (+1,2%). Dos 256.062 casos confirmados desde o início da pandemia, 239.467 já são considerados curados e 11.251 encontram-se ativos. A base de dados completa dos casos suspeitos, descartados, confirmados e óbitos relacionados ao coronavírus está disponível em https://bi.saude.ba.gov.br/transparencia/.

  2. Para fins estatísticos, a vigilância epidemiológica estadual considera um paciente recuperado após 14 dias do início dos sintomas da Covid-19. Já os casos ativos são resultado do seguinte cálculo: número de casos totais, menos os óbitos, menos os recuperados. Os cálculos são realizados de modo automático.

  3. Os casos confirmados ocorreram em 415 municípios baianos. Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram Almadina (5.655,20), Ibirataia (5.609,98), Dário Meira (4.845,94), Itabuna (4.833,44) e Salinas da Margarida (4.672,24).

   4. O boletim epidemiológico contabiliza ainda 475.176 casos descartados e 84.194 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas deste domingo (30).

   5. Na Bahia, 22.635 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

  6. O boletim epidemiológico de hoje contabiliza 42 óbitos que ocorreram em diversas datas, conforme tabela abaixo. A existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19. 
                                                         ****
  7. O deputado Alex da Piatã, líder do PSD na Assembleia Legislativa da Bahia, postou um vídeo em suas redes sociais o qual homenageia a todos os vaqueiros da Bahia. Neste dia 30, último domingo do mês de agosto, é comemorado o dia do Vaqueiro no Estado, lei em vigor graças a um projeto de autoria do político. 

  8. “Meus amigos hoje é dia especial, dia estadual do Vaqueiro na Bahia. É o primeiro ano que comemoramos o dia do Vaqueiro que foi um projeto aprovado em novembro do ano passado. Uma classe querida e representativa do povo do nordeste, com uma cultura milenar que precisamos valorizar muito. A figura do vaqueiro se confunde com a figura do sertão e do povo nordestino. Deus abençoe a todos os vaqueiros baianos”, afirmou. 

  9. Pela lei número 14.179 de 27 de novembro de 2019, sancionada pelo governador Rui Costa (PT), apesar de não ser considerado feriado civil, o dia do Vaqueiro pode ser comemorado, pelo calendário oficial de Eventos do Estado, sempre no último domingo do mês de agosto.

   10. A segunda edição da Semana Brasil ganha uma nova conotação este ano. Em tempos de pandemia, a oportunidade de disponibilizar aos consumidores vantagens exclusivas garantiu a aderência de mais de 80% das lojas do Shopping Barra à campanha, que será realizada em 2020 pelo Instituto para Desenvolvimento do Varejo (IDV). 

   11. O período das ofertas ocorre entre 3 e 13 de setembro, com preços de até 70% off em itens variados, além de descontos progressivos. A campanha será assinada pelo slogan “Todos juntos com segurança pela retomada e o emprego”, reforçando a questão da união dos diversos atores do varejo e a segurança necessária para o momento.

   12. Para oferecer suporte ao público mais vulnerável durante a pandemia, a Unidade de Políticas Públicas para Pessoas com Deficiência (UPCD) intensificou as ações de suporte e informação. A unidade é vinculada à Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza (Sempre) e tem a missão de articular, propor e acompanhar políticas públicas que favoreçam a inclusão social da pessoa Com deficiência, o cumprimento dos seus direitos e a igualdade de oportunidades. 

  13. Entre as ações, foram realizadas distribuição de cestas básicas, kits de higiene e materiais de limpeza através do apoio a entidades parceiras. Além disso, há a divulgação de cartilhas com informações gerais e específicas para pessoas com deficiência e com doenças raras, além de ações interativas nas redes sociais. De março a agosto deste ano, foram realizadas mais de 320 publicações acessíveis nas nossas redes sociais pela unidade. 

  14. Em média, mais de seis mil pessoas com deficiência já foram beneficiadas pelas ações durante a pandemia. Para o diretor da UPCD, Wagner Andrade, o início da crise sanitária foi um desafio para as pessoas com deficiência, familiares e cuidadores, que já estavam habituados à rotina de atendimentos presenciais. 

   15. “A atuação do poder público na divulgação de informações e cuidados, através da adoção de medidas de apoio às famílias, foi fundamental para a compreensão deste momento”. 

   16. Os moradores de Salvador devem realizar o recadastramento obrigatório do cartão do Sistema Único de Saúde (SUS) até a próxima segunda-feira (31). 

  17. A medida segue determinação do Governo Federal que instituiu um novo modelo de financiamento para a Atenção Primária, sendo o cadastramento a principal estratégia de transferência de recursos da União para as prefeituras. 

  18. Assim, o recadastramento (que inclui a atualização e novos registros) será fundamental para o município enfrentar situações como a pandemia do novo coronavírus, além de garantir o cuidado contínuo realizado por diversos profissionais na prevenção de doenças crônicas como hipertensão e diabetes, bem como na oferta de vacinas, medicamentos, realização de curativos entre outros serviços.

   19. Essa atualização e/ou cadastramento pode ser preferencialmente através do formulário online acessando o link: http://www.recadastramento.saude.salvador.ba.gov.br. Além disso, o usuário poderá realizar o recadastramento de forma presencial em uma das 152 Unidades Básicas da rede municipal mais próxima da residência com o Agente Comunitário de Saúde da Unidade de Saúde. 

   20. Os moradores da capital baiana deverão informar o RG ou certidão de nascimento; CPF ou cartão SUS e o comprovante de residência em nome do usuário ou de algum parente de primeiro grau. É possível também que uma pessoa da família realize o cadastro dos demais moradores, caso apresente toda documentação. A validação do cadastro será realizada após acesso à unidade de saúde.

  21. Toda a população deve ser cadastrada, até mesmo as pessoas que possuem plano de saúde e aqueles usuários que não utilizam com frequência as unidades de saúde. As pessoas que já possuem cadastro realizado pelo agente comunitário não precisam realizar novamente.