quinta-feira, 24 de setembro de 2020
Colunistas / Miudinhas
Tasso Franco

PANDEMIA NÃO DÁ TRÉGUA E ÁGUAS CLARAS E CASTELO BRANCO TÊM RESTRIÇÕES

O terceiro faseamento em Salvador ainda sem nada marcada pela PMS mesmo com taxa de ocupação de leitos UTI adulto em 52%
28/08/2020 às 20:50
1. A pandemia do coronavirus não dá trégua. Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 3.124 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +1,3%) e 2.794 curados (+1,2%). Dos 250.977 casos confirmados desde o início da pandemia, 233.947 já são considerados curados e 11.787 encontram-se ativos. A base de dados completa dos casos suspeitos, descartados, confirmados e óbitos relacionados ao coronavírus está disponível em https://bi.saude.ba.gov.br/transparencia/.

  2. Para fins estatísticos, a vigilância epidemiológica estadual considera um paciente recuperado após 14 dias do início dos sintomas da Covid-19. Já os casos ativos são resultado do seguinte cálculo: número de casos totais, menos os óbitos, menos os recuperados. Os cálculos são realizados de modo automático.

  3. Os casos confirmados ocorreram em 415 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (30,71%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Almadina (5.655,20), Ibirataia (5.361,81), Dário Meira (4.808,59), Itabuna (4.673,04) e Salinas da Margarida (4.608,41).

  4. O boletim epidemiológico contabiliza ainda 466.325 casos descartados e 86.998 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta sexta-feira (28).

  5. Na Bahia, 20.339 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

  6. O boletim epidemiológico de hoje contabiliza 65 óbitos que ocorreram em diversas datas, conforme tabela abaixo. A existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19. 
                                                                                    ****
   7. Os bairros de Águas Claras e Castelo Branco voltarão a passar por medidas de restrição para combate ao coronavírus a partir deste domingo (30), pelo prazo inicial de sete dias. O anúncio foi feito pelo prefeito ACM Neto na manhã de hoje (28), durante a entrega da requalificação da Prainha do Lobato.

  8. O prefeito comunicou ainda a prorrogação das operações regionalizadas em Plataforma e Santa Cruz. Já Pernambués, São Cristóvão e Nordeste de Amaralina ficarão com o horário do comércio reduzido. As ações terão duração de pelo menos mais uma semana.

   9. “Estabelecemos no Nordeste de Amaralina uma regra que testamos ao longo da última semana e que consideramos que deu certo. Além de ações de proteção à vida da Prefeitura, delimitamos no bairro o horário de funcionamento das atividades econômicas, das 10h às 16h, para não proibir o dia inteiro. Só que a localidade ainda não reduziu o número de casos de Covid-19 e tem registrado 33% de casos positivos todos os dias através dos testes rápidos realizados”, afirmou ACM Neto.

   10. “Agora, vamos incluir nesse padrão, nessa nova metodologia testada e aprovada no Nordeste de Amaralina, os bairros de São Cristóvão, onde o índice de casos positivos chegou a 32% dos testes rápidos, e Pernambués , que registrou 28% de casos positivo. Essas duas regiões, que estavam com comércio inteiramente fechados, passarão a ter abertura das atividades econômicas das 10h às 16h”, acrescentou o chefe do Executivo municipal.

   11. Vale reforçar que o funcionamento do comércio no Nordeste de Amaralina, São Cristóvão e Pernambués deve respeitar também o que determinado pelos protocolos gerais e setoriais. Por exemplo, bares e restaurantes continuarão abrindo a partir de meio-dia. Só que, ao invés de encerrar o expediente às 23h, esses espaços terão que fechar às 16h.

  12. Águas Claras e Castelo Branco novamente entrarão nas medidas de apoio e proteção à vida, devido ao grande aumento de casos de contaminação de coronavírus. “Nos últimos sete dias, o bairro que mais teve casos da doença em Salvador foi Águas Claras, que ficou à frente de Pernambués. Castelo Branco está na terceira posição”, explicou o prefeito.

   13. Águas Claras soma 1.385 casos da Covid-19, sendo 830 somente em agosto. Nos últimos 30 dias, foram contabilizados 861 casos e, nos últimos sete dias, 108. Castelo Branco, por sua vez, alcançou a marca de 919 casos da doença, sendo 386 apenas neste mês. Nos últimos 30 dias, a localidade obteve 403 casos confirmados e, nos últimos sete dias, 88.

  14. Quase 264,3 mil kg de sucatas ferrosas, ou seja, que servem para a siderurgia, serão disponibilizados no leilão promovido pela Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador) no dia 17 de setembro. Por conta da pandemia, o pregão será realizado exclusivamente na modalidade on-line, às 10h, pelo endereço www. hastaleiloes. com. br .

   15. Poderão participar desta licitação apenas pessoas jurídicas que operem no ramo de siderurgia e fundição, nos termos exigidos pela legislação vigente para aquisição de sucatas e material inservível. Estas empresas deverão apresentar a documentação exigida entre os dias 7 e 9 de setembro, das 9h às 12h e das 14h às 17h. A lista de documentos pode ser encontrada no edital do certame, publicado no Diário Oficial do Município (DOM) de ontem (27).

   16. Serão oferecidos três lotes de sucatas sendo de motocicletas e similares, de automóveis de passeio e de veículos pesados. Informações e fotos dos lotes podem ser conferidas no site onde ocorrerá o certame. A visitação pública poderá ser feita nos dias 14 e 15 de setembro, das 8h às 12h, na Gerência de Trânsito da Transalvador, na Avenida Vale dos Barris, s/n, nos Barris, e na Limpurb, na BR-324. 

   17. A direção do Instituto Nacional de Reforma Agrária (Incra) informa que a Polícia Federal já está investigando o ataque ao Projeto de Assentamento Jacy Rocha, localizado no município de Prado-BA, no qual dois lotes, uma moto e um trator foram incendiados; duas casas foram destruídas e oito pessoas ficaram feridas.
 
   18. A ação criminosa ocorreu na madrugada desta sexta-feira (28) e a Polícia Federal, com o apoio do Incra, está trabalhando na identificação dos responsáveis.

  19. Em respeito às famílias dos nossos assentados que vivem no local e para assegurar a defesa ao patrimônio público, caso fique comprovado o envolvimento de beneficiários da reforma agrária no crime, o Incra  adotará as providências administrativas e judiciais necessárias -respeitando o devido processo legal - a fim de promover o  cancelamento dos contratos de concessão de uso dos assentados envolvidos e a exclusão dos mesmos no Programa Nacional de Reforma Agrária, independente das demais medidas legais eventualmente cabíveis contra os acusados.

  20.  Os contribuintes do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) cujos veículos têm placas que terminam em 7, 8, 9 e 0 ainda podem quitar o imposto dentro do prazo estabelecido pelo calendário anual publicado pela  Secretaria da Fazenda do Estado da Bahia (Sefaz-Ba). Para as placas de final 7, o prazo se encerra nesta segunda, dia 31, quando vence a cota única  ou  a terceira cota mensal para quem optou pelo parcelamento desde junho.

   21. Na terça-feira, dia 1º, é a vez dos veículos com placas de final 8 quitarem a terceira cota ou a cota única. Os prazos para os veículos  com placas de finais 9 e 0 ainda se estendem, respectivamente, para 30 de setembro e 1º de outubro.

  22. Para efetuar o pagamento, o contribuinte deve dirigir-se a uma agência ou caixa eletrônico do Banco do Brasil, do Bradesco ou do Bancoob, com o número do Renavam em mãos. O pagamento também pode ser feito via aplicativos do Banco do Brasil e do Bradesco, informando-se o número do Renavam. Todas as informações poderão ser consultadas no site da Sefaz-Ba ou por meio do call center da secretaria (0800 071 0071).

  23. Os débitos referentes à taxa de licenciamento e às multas de trânsito deverão ser pagos até a data de vencimento da terceira parcela. Os débitos anteriores do IPVA ainda não notificados também podem ser divididos em três vezes, juntamente com o IPVA 2020. No entanto, o proprietário que perder o prazo da primeira cota deixa de ter o direito ao parcelamento em três vezes.