sexta-feira, 14 de agosto de 2020
Colunistas / Miudinhas
Tasso Franco

NÚMERO DE MORTES COVID BA SOBE PARA 72; TAXA DE OCUPAÇÃO UTI SSA 70%

Prefeitura vai publicar segunda-feira, 3, as regras para o faseamento 2 com a abertura dos salões de beleza, bares, restaurantes e outros
31/07/2020 às 19:32
   MIUDINHAS GLOBAIS:

   1. (BRASIL)O Brasil tem 91.607 mortes por coronavírus confirmadas até as 13h desta sexta-feira (31), segundo levantamento do consórcio de veículos de imprensa a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde. Veja os números consolidados: 91.607 mortes confirmadas; 2.625.612 casos confirmados
Às 8h, o consórcio publicou a primeira atualização do dia com 91.416 mortes e 2.614.662 casos.

  2. Na quinta-feira (30), às 20h, o balanço indicou: 91.377 mortes, 1.189 em 24 horas. Com isso, a média móvel de novas mortes no Brasil nos últimos 7 dias foi de 1.024 óbitos, uma variação de -3% em relação aos dados registrados em 14 dias.

  3. Sobre os infectados, eram 2.613.789 brasileiros com o novo coronavírus, 58.271 confirmados no último período. A média móvel de casos foi de 46.263 por dia, uma variação de +33% em relação aos casos registrados em 14 dias.

  4. (BAHIA) Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 4.524 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +2,8%) e 4.052 curados (+2,8%). As 72 mortes (+2,1%) registradas neste boletim não representam o quantitativo de óbitos nas últimas 24 horas.

  5. Mesmo os óbitos que apresentam identificação do vírus em laudo laboratorial e citação de Covid-19 na Declaração de Óbito passam por esse processo de investigação, a fim de minimizar a possibilidade de mascarar a ocorrência de outra causa básica, a exemplo de traumatismo crânio-encefálico (TCE), neoplasia em estágio terminal, dentre outras. 

  6. Para tanto, o grupo técnico de vigilância do óbito por Covid-19 dispõe de uma câmara técnica coordenada por médico infectologista de referência. O referido fluxo foi construído e validado coletivamente, bem como apresentado as regionais de saúde, e encontra-se em operação com os demais municípios da Bahia.

  7. Dos 166.154 casos confirmados desde o início da pandemia, 148.018 já são considerados curados, 14.673 encontram-se ativos e 3.463 tiveram óbito confirmado para Covid-19. Os casos confirmados ocorreram em 407 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (34,77%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram Gandu (3.570,66%), Dário Meira (3.492,06), Almadina (3.367,50), Itajuípe (3.347,81) e Ipiaú (3.067,16).

   8. A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) disponibiliza para acesso público, à base de dados completa dos casos suspeitos, descartados, confirmados e óbitos relacionados ao coronavírus (Covid-19). Para fazer o download, é simples: basta acessar o link bi.saude.ba.gov.br/transparencia/ e clicar no ícone localizado no topo da página. 

   9. A iniciativa amplia transparência e possibilita que qualquer cidadão, em qualquer lugar do mundo, possa acompanhar e analisar a evolução da pandemia na Bahia.

   10. boletim epidemiológico contabiliza ainda 329.928 casos descartados e 84.582 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta sexta-feira (31).

   11. Na Bahia, 15.137 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. 


   12.  Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) contabiliza 3.463 mortes pelo novo coronavírus. Em virtude da disponibilização da base de dados relacionada aos óbitos da Covid-19, os interessados no detalhamento dos perfis podem fazer o download do arquivo completo.
                                                   ******
  13. O município de Vera Cruz, na Ilha de Itaparica, Região Metropolitana de Salvador, ganhou, nesta sexta-feira (31), uma Academia da Saúde. A inauguração foi feita pelo secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, acompanhado do prefeito de Vera Cruz, Marcus Vinícius. Para a entrega do equipamento foram investidos cerca de R$300 mil. A academia está instalada na localidade de Mar Grande.

  14. O novo espaço irá contribuir para a promoção da saúde da população, a partir da implantação de polos com infraestrutura, equipamentos e quadro de pessoal qualificado para a orientação de práticas corporais e atividade física e de lazer e modos de vida saudáveis. “A Academia de Saúde tem a função de estimular que as pessoas pratiquem atividade física, que é importante na prevenção de doenças”, afirmou Fábio Vilas-Boas.

  15. O investimento faz parte do Programa de Fortalecimento do Sistema Único de Saúde na Região Metropolitana de Salvador-PROSUS, e é financiado com recursos do Banco Interamericano de Desenvolvimento-BID, por meio do Contrato firmado entre o Banco e o Governo do Estado da Bahia, sendo executado pela Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

   16. Um grupo de escolas particulares de Lauro de Freitas se comprometeu com o Ministério Público estadual a adotar uma série de medidas para garantir o direito à educação e o respeito aos direitos dos consumidores durante o período de pandemia do coronavírus. Representando 12 escolas locais, o Grupo de Valorização da Educação (GVE) assinou um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) e assumiu os compromissos junto ao MPBA, à Defensoria Pública e à Coordenadoria Municipal de Defesa do Consumidor (Procon- Lauro de Freitas).

   17. Segundo a promotora de Justiça Ivana Moreira, o TAC visa a adequação das cláusulas contratuais da prestação de serviços educacionais por instituições de ensino privadas, relativos à educação infantil, ensino fundamental e ensino médio. Isso, explica ela, em razão da superveniência da pandemia e da consequente impossibilidade da prestação dos serviços conforme originalmente contratados. 

   18. Dentre os compromissos assumidos pelas escolas constam a criação de um canal específico de comunicação para tratar das questões financeiras e pedagógicas apresentadas em razão da pandemia, com ampla e imediata divulgação. 

  19. As escolas também deverão suspender a cobrança de serviços complementares que deixaram de ser oferecidos após o início da pandemia, relacionados a atividades extraclasse, transporte e alimentação, enquanto não puderem ser prestados, retroativo a 01 de abril de 2020. Esses valores, caso cobrados, deverão ser restituídos aos pais e responsáveis sob a forma de abatimento nas prestações mensais da anuidade vincendas.

  20. As escolas se comprometeram também a promover a adequação financeira dos contratos, de modo a conceder uma revisão no valor original das prestações mensais da anuidade, não cumulativa com descontos previamente concedidos e prevalecendo maior entre eles, a partir da parcela com vencimento em agosto/2020 até a parcela com vencimento no mês de retorno das aulas presenciais. 

  21. Os descontos deverão ser no percentual mínimo de 30% em relação à educação infantil (04 a 05 anos de idade) e creche (até 03 anos), desde que fique demostrado que a instituição tem, de alguma forma, ministrado aulas não presenciais; mínimo de 25% em relação ao ensino fundamental I; mínimo de 20% em relação ao ensino fundamental II e ensino médio. 

  22. A promotora de Justiça destaca que, caso a instituição de ensino não esteja prestando serviço em conformidade com os padrões dos Conselhos de Educação na educação infantil-creche até 3 anos deverá facultar ao aluno/responsável cancelar ou suspender o contrato e as cobranças das mensalidades.

  23. Durante a inauguração das obras de requalificação do Jardim Brasil, o prefeito ACM Neto disse que há vários indícios de que Salvador já vive um momento mais tranquilo em relação à pandemia do novo coronavírus. Ele ressaltou, no entanto, que não é tempo de baixar a guarda e pediu que tanto os poderes públicos quanto a sociedade continuem mobilizados contra a doença. 

  24. Ontem, a Prefeitura registrou o melhor dia de altas em internamentos, com um saldo positivo de 35 leitos. Além disso, o número de sepultamentos em cemitérios municipais, neste mesmo dia, foi de nove, bem inferior à média diária de 15. 

  25. "Os sinais comprovam, inclusive através da redução da velocidade de crescimento da doença, que o pior aparentemente já passou. E isso só aconteceu porque a gente não relaxou, porque fomos duros e firmes ao tomar posições, a exemplo de fechar o que tinha de ser fechado, de agir com mais rigor em alguns bairros e de pedir insistentemente o apoio da população. Mas temos que continuar mobilizados para que não aconteça um crescimento da doença", ressaltou. 

  26. O prefeito frisou que ainda não deu para medir o impacto da reabertura da fase um das atividades econômicas, culturais e religiosas da cidade, que teve início no último dia 24. Os técnicos e cientistas dizem que esse fator só deve ser sentido na rede de saúde depois de 15 dias. Justamente por isso que o protocolo elaborado pela Prefeitura e governo do Estado prevê um intervalo de 14 dias entre as fases da retomada. 

   27. "As taxas de ocupação de leitos que registramos essa semana ainda não refletem o impacto da fase um de reabertura, o que só deveremos ter no final da semana que vem. Mas o fato é que essa taxa já chegou a 88%. E, depois disso, começamos um movimento de queda e ontem tivemos o melhor desempenho depois de maio. Não podemos, agora, jogar tudo isso fora. Temos que continuar firmes na luta, fazendo essa reabertura de forma criteriosa e segura". 

   28. ACM Neto informou ainda que até segunda-feira (03) deve ser publicado no Diário Oficial do Município (DOM) os protocolos setoriais para aquelas atividades que reabrem na fase dois da retomada. São elas: academias de ginásticas e similares, barbearias, salões de beleza, centros culturais, museus, galerias de arte, lanchonetes, bares e restaurantes.

   29. Para que Salvador entre na segunda fase de retomada, além dos 14 dias de intervalo da primeira, é necessário que existam, nesse período de tempo, cinco dias com a taxa de ocupação de leitos de UTI exclusivos para Covid-19 em no máximo 70%. Como ontem a taxa foi de 68%, restam quatro dias. Hoje, segundo a SESAB, a taxa subiu para 70%.

  30. O prefeito reforçou ainda que, em relação às praias e escolas, haverá um protocolo específico, que não está ligado a nenhuma das três fases da retomada. "Isso vale também para as etapas da fase um que ainda não tiveram início (a exemplo das áreas de alimentação dos shoppings). Vamos analisar tudo com calma. O que vai acontecer agora é nos prepararmos para a fase dois de reabertura", concluiu.