segunda-feira, 03 de agosto de 2020
Colunistas / Miudinhas
Tasso Franco

SESAB MUDA FORMA DE DIVULGAR TAXA OCUPAÇÃO LEITOS PACIENTES COVID: 77%

Cada dia mais longe abrir o comércio de Salvador. As atividades turísticas, então, nem pensar.
14/07/2020 às 18:48
MIUDINHAS GLOBAIS:

  1. (BRASIL): O Brasil tem 73.161 mortes por coronavírus confirmadas até as 13h desta terça-feira (14), segundo levantamento do consórcio de veículos de imprensa a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde. Veja os números consolidados: 73.161 mortes; 1.895.555 casos.

  2. (BAHIA) A partir desta terça-feira (14), o Business Intelligence da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia disponibiliza para acesso público, a taxa de ocupação dos leitos Covid-19 por unidade hospitalar. As informações estão disponíveis em https://bi.saude.ba.gov.br/transparencia/. Progressivamente novas funcionalidades e filtros serão implementados. Taxa de ocupação é de 77%.

   3. Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 3.138 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +2,9%), 49 óbitos (+1,9%) e 8.016 curados (+10,8%). Dos 110.029 casos confirmados desde o início da pandemia, 82.151 já são considerados curados, 25.294 encontram-se ativos e 2.584 tiveram óbito confirmado.

   4. Os casos confirmados ocorreram em 399 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (40,64%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram Gandu (2.721,97), Itajuípe (2.435,22), Ipiaú (2.020,80), Lauro de Freitas (1.786,43) e Itabuna (1.746,06).

   5. O boletim epidemiológico contabiliza ainda 220.920 casos descartados e 94.807 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta terça-feira (14).

  6. Na Bahia, 11.574 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Todos os dados estão disponíveis no Painel Epidemiológico. Para acessar o boletim completo, clique aqui, ou acesse o Business Intelligence (https://bi.saude.ba.gov.br/transparencia/).

  7. Óbitos:  A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) contabiliza 2.584 mortes pelo novo coronavírus.

2536º óbito – mulher, 80 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e doença respiratória sistêmica, foi internada dia 06/06 e foi a óbito dia 10/07, em unidade da rede privada, em Salvador;

2537º óbito – mulher, 67 anos, residente em Jacobina, portadora de hipertensão arterial e diabetes, foi internada dia 30/06 e foi a óbito dia 05/07, em unidade da rede pública, em Salvador;

2538º óbito – homem, 85 anos, residente em São Francisco do Conde, portador de hipertensão arterial, foi internado dia 04/07 e foi a óbito dia 05/07, em unidade da rede pública, em Salvador;

2539º óbito – mulher, 69 anos, residente em Mascote, portadora de doença cardiovascular, data de admissão não informada, foi a óbito dia 07/07, em unidade da rede pública, em Camacan;

2540º óbito – mulher, 64 anos, residente em Cachoeira, sem comorbidades, foi internada dia 01/07 e foi a óbito dia 03/07, em unidade da rede pública, em Salvador;

2541º óbito – homem, 78 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial, foi internado dia 02/07 e foi a óbito dia 11/07, em unidade da rede pública, em Salvador;

2542º óbito – homem, 76 anos, residente em Uauá, portador de hipertensão arterial, foi internado dia 04/07 e foi a óbito dia 11/07, em unidade da rede pública, em Juazeiro;
                                                        
2543º óbito – homem, 43 anos, residente em Itapetinga, portador de doença renal crônica, data de admissão não informada, foi a óbito dia 12/07, em unidade da rede pública, em Vitória da Conquista;

2544º óbito – homem, 65 anos, residente em Camaçari, sem comorbidades, foi internado dia 22/06 e foi a óbito na mesma data (22/06), em unidade da rede pública, em Camaçari;

2545º óbito – mulher, 61 anos, residente em Salvador, portadora de doenças autoimunes, foi internada dia 19/06 e foi a óbito dia 01/07, em unidade da rede privada, em Salvador;

2546º óbito – mulher, 78 anos, residente em Alagoinhas, portadora de hipertensão arterial, foi internada dia 09/07 e foi a óbito dia 10/07, em unidade da rede pública, em Alagoinhas;

2547º óbito – mulher, 80 anos, residente em Alagoinhas, portadora de hipertensão arterial e diabetes, foi internada dia 04/07 e foi a óbito dia 07/07, em unidade da rede pública, em Alagoinhas;

2548º óbito – homem, 43 anos, residente em Ituberá, sem informação de comorbidades, data de admissão não informada, foi a óbito dia 09/07, em unidade não informada, em Ituberá;

2549º óbito – mulher, 48 anos, residente em Catu, portadora de doença renal crônica, foi internada dia 03/07 e foi a óbito dia 05/07, em unidade da rede pública, em Alagoinhas;

2550º óbito – homem, 85 anos, residente em Nova Ibiá, sem comorbidades, data de admissão não informada, foi a óbito dia 12/06, em unidade da rede pública, em Nova Ibiá;

2551º óbito – mulher, 84 anos, residente em Salvador, portadora de demências, incluindo Alzheimer, foi internada dia 26/06 e foi a óbito dia 08/07, em unidade da rede privada, em Salvador;

2552º óbito – homem, 70 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial e diabetes, foi internado dia 03/06 e foi a óbito dia 12/07, em unidade da rede privada, em Salvador;

2553º óbito – mulher, 59 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e diabetes, foi internada dia 01/07 e foi a óbito dia 12/07, em unidade da rede privada, em Salvador;

2554º óbito – homem, 41 anos, residente em Itapetinga, sem comorbidades, data de admissão não informada, foi a óbito dia 27/06, em unidade da rede pública, em Itapetinga;

2555º óbito – mulher, 77 anos, residente em Itanhém, portadora de hipertensão arterial e diabetes, foi internada dia 30/06 e foi a óbito dia 08/07, em unidade da rede pública, em Teixeira de Freitas;

2556º óbito – mulher, 24 anos, residente em Salvador, portadora de doenças autoimunes, foi internada dia 12/06 e foi a óbito dia 13/07, em unidade da rede filantrópica, em Salvador;

2557º óbito – homem, 74 anos, residente em Iguaí, portador de hipertensão arterial e diabetes, data de admissão não informada, foi a óbito dia 12/06, em unidade da rede pública, em Iguaí;

2558º óbito – mulher, 56 anos, residente em Itapetinga, portadora de doença cardiovascular e doença respiratória crônica, data de admissão não informada, foi a óbito dia 12/06, em unidade da rede pública, em Itapetinga;

2559º óbito – homem, 71 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial, foi internado dia 10/06 e foi a óbito dia 11/07, em unidade da rede privada, em Salvador;

2560º óbito – homem, 87 anos, residente em Nova Viçosa, sem comorbidades, foi internado dia 0907 e foi a óbito dia 13/07, em unidade da rede pública, em Teixeira de Freitas;

2561º óbito – homem, 72 anos, residente em Itamaraju, portador de doença cardiovascular, data de admissão não informada, foi a óbito dia 11/07, em unidade da rede pública, em Itamaraju;

2562º óbito – homem, 49 anos, residente em Jequié, sem comorbidades, data de admissão não informada, foi a óbito dia 12/07, em unidade da rede pública, em Jequié;

2563º óbito – mulher, 82 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial. Internada dia 08/06, foi a óbito dia 09/07, em hospital da rede pública, em Salvador;

2564º óbito – homem, 47 anos, residente em Teixeira de Freitas, portador de hipertensão arterial e diabetes mellitus. Internado dia 02/07, foi a óbito dia 12/07, em hospital da rede pública, em Teixeira de Freitas;

2565º óbito – homem, 56 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial. Internado dia 23/06, foi a óbito dia 07/07, em hospital da rede pública, em Salvador;

2566º óbito – homem, 64 anos, residente em Juazeiro, portador de hipertensão arterial. Internado dia 08/07, foi a óbito dia 11/07, em hospital da rede pública, em Juazeiro;

2567º óbito – mulher, 79 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e diabetes mellitus. Internada dia 27/06, foi a óbito dia 08/07, em hospital da rede pública, em Salvador;

2568º óbito – homem, 49 anos, residente em Juazeiro, portador de tuberculose e doenças do sistema nervoso. Internado dia 04/07, foi a óbito dia 07/07, em hospital da rede pública, em Juazeiro;

2569º óbito – mulher, 35 anos, residente em Feira de Santana, portadora de diabetes mellitus e obesidade. Sem informação acerca do dia de internação, foi a óbito dia 04/07, em hospital da rede pública, em Feira de Santana;

2570º óbito – homem, 77 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial, diabetes mellitus e doença renal crônica, Internado dia 30/06, foi a óbito dia 08/07, em hospital da rede pública, em Salvador;

2571º óbito – homem, 59 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial, diabetes mellitus e doença renal crônica. Internado dia 12/06, foi a óbito dia 13/07, em hospital da rede pública, em Salvador;

2572º óbito – homem, 79 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial. Internado dia 26/06, foi a óbito dia 06/07, em hospital da rede pública, em Salvador;

2573º óbito – homem, 71 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial e doença cardiovascular. Internado dia 04/06, foi a óbito dia 08/07, em hospital da rede privada, em Salvador;

2574º óbito – mulher, 50 anos, residente em Jequié, portadora de hipertensão arterial. Internada dia 05/06, foi a óbito dia 13/07, em hospital da rede pública, em Jequié;

2575º óbito – mulher, 79 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial. Internada dia 16/06, foi a óbito dia 04/07, em Hospital da rede privada, em Salvador;

2576º óbito – mulher, 82 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial, diabetes mellitus e obesidade. Internada dia 19/06, foi a óbito dia 10/07, em hospital da rede pública, em Salvador;

2577º óbito – mulher, 67 anos, residente em Camaçari, portadora de diabetes mellitus, doença cardiovascular e neoplasias. Internada dia 18/06, foi a óbito dia 19/06, em hospital da rede privada, em Camaçari;

2578º óbito – homem, 65 anos, residente em Camaçari, portador de diabetes mellitus e doença renal crônica. Internado dia 31/05, foi a óbito dia 19/06, em unidade da rede pública, em Camaçari;

2579º óbito – homem, 57 anos, residente em Camaçari, sem informações acerca da existência de comorbidades. Internado dia 28/05, foi a óbito dia 21/06, em unidade da rede pública, em Camaçari;

2580º óbito – homem, 84 anos, residente em Nova Ibiá, sem comorbidades. Internado dia 27/06, foi a óbito dia 12/07, em hospital da rede pública, em Salvador;

2581º óbito – homem, 52 anos, residente em Barreiras, portador de hipertensão arterial, doença cardiovascular e doenças hematológicas. Internado dia 08/07, foi a óbito dia 13/07, em hospital da rede pública, em Barreiras;

2582º óbito – homem, 58 anos, residente em Salvador, portador de doença cardiovascular e doenças do sistema nervoso. Internado dia 27/05, foi a óbito dia 02/06, em hospital da rede pública, em Salvador;

2583º óbito – mulher, 52 anos, residente em Porto Seguro, portadora de hipertensão arterial, diabetes mellitus e obesidade. Internada 03/07, foi a óbito dia 13/07, em hospital da rede pública, em Porto Seguro;

2584º óbito – homem, 90 anos, residente em Teixeira de Freitas, sem informações acerca da existência de comorbidades. Também sem informação da data de internação, foi a óbito dia 10/07, em unidade da rede pública, em Teixeira de Freitas.
                                                                    *****
   8. O prefeito ACM Neto declarou, em coletiva realizada na manhã desta terça-feira (14), que a Prefeitura de Salvador “só perde” com a suspensão das atividades econômicas na cidade em decorrência da pandemia.

  9. “Fica parecendo às vezes que é o governador ou o prefeito que não quer liberar as atividades econômicas. A Prefeitura só perde. Perde arrecadação. Ao perder arrecadação, fica mais difícil de tocar o seu projeto”, disse.

  10. “Aqueles que têm os seus negócios também saem perdendo. Não existe nenhum desejo da minha equipe ou do governo de manter as atividades econômicas suspensas por vontade. A decisão de suspender foi para preservar a vida das pessoas”, justificou.

  11. Segundo ele, “seriam registrados mais óbitos se não fossem as medidas”. “Não fui eu que produzi o coronavírus, mas coube a mim adotar as medidas necessárias para preservar a vida das pessoas”, ressaltou.

  12. “Não abriremos mão. Não tenho dúvidas de que passamos da fase mais crítica. Se não aconteceu um colapso na saúde é fruto das medidas duras, porém necessárias. O colapso iria acontecer em maio”, lembrou.

   13. Na manhã desta quarta-feira (15), às 10h, o Instituto Redemar promove debate sobre o projeto de lei que institui a Política Estadual de Desenvolvimento Sustentável da Pesca e das Mulheres
Marisqueiras no Estado da Bahia, de autoria do deputado Osni Cardoso. 

   14. A discussão acontece por meio da plataforma zoom, com participação confirmada de Osni, do diretor-presidente da Bahia Pesca/Seagri, Marcelo Oliveira, do superintendente de Políticas e Planejamento Ambiental da Secretaria do Meio Ambiente do Estado da Bahia (Sema), Claudemir Nonato, e do presidente do Redemar, William Freitas.

  15. De acordo com o deputado, é necessário valorizar e capacitar todos os que têm na natureza sua fonte de renda. "Há uma necessidade urgente de promover o desenvolvimento sustentável para que possamos vislumbrar um futuro em que ainda tenhamos recursos naturais para abastecer a humanidade. Para isso, precisamos dar qualificação, condições de trabalho e dignidade a quem vive da terra, do mar", afirma Osni.

  16. Com o objetivo de modernizar e dar celeridade no processo de aquisição de bens e na contratação de serviços, a Prefeitura estabeleceu, através de decreto publicado no Diário Oficial do Município (DOM), novas normas e procedimentos para o pregão eletrônico em todo o âmbito municipal.

   17. As novas regras, que entram em vigor de imediato, também visam dar maior transparência, assim como estipulam sanções mais severas para as empresas que descumpram as regras de participação no certame. 

  18. Uma das principais mudanças nas novas regras de licitação é a obrigatoriedade de o licitante apresentar a proposta de preço junto a documentação de habilitação de forma eletrônica, além da possibilidade de os lances serem feitos de forma aberta e fechada, o que favorece a obtenção de propostas mais vantajosas para a administração municipal.

   19. “Num momento tão complicado que estamos vivendo em todo país, Salvador mais uma vez sai na frente e mostra o seu comprometimento em aprimorar a gestão das compras públicas”, destacou o secretário municipal de Gestão, Thiago Dantas.

   20. O gestor também ressaltou que todos os servidores passarão por treinamentos e reciclagem para atender as novas regras, que valerão para todos os órgãos da administração direta e indireta e os servidores.