segunda-feira, 03 de agosto de 2020
Colunistas / Miudinhas
Tasso Franco

NÚMERO DE MORTOS NA BAHIA PELO CORONAVIRUS SOBE PARA 2.535

No que se refere ao total de leitos de UTI adulto, dos 926 leitos dedicados à Covid-19, 732 possuem pacientes internados, compreendendo uma taxa de ocupação de 79%
13/07/2020 às 09:31
MIUDINHAS GLOBAIS:

   1 (BRASIL): O Brasil tem 72.234 mortes por coronavírus confirmadas até as 13h desta segunda-feira (13), segundo levantamento do consórcio de veículos de imprensa a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde.

  2. (BAHIA)Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 1.128 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +1,1%), 52 óbitos (+2,1%) e 405 curados (+0,5%). Dos 106.891 casos confirmados desde o início da pandemia, 74.135 já são considerados curados, 30.221 encontram-se ativos e 2.535 tiveram óbito confirmado.

   3. Os casos confirmados ocorreram em 398 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (40,73%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram Gandu (2.709,63), Itajuípe (2.337,61), Ipiaú (2.012,08), Lauro de Freitas (1.760,23) e Itabuna (1.713,70).

   4. O boletim epidemiológico contabiliza ainda 212.884 casos descartados e 95.589 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta segunda-feira (13).

  5. Na Bahia, 11.385 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Todos os dados estão disponíveis no Painel Epidemiológico. Para acessar o boletim completo, clique aqui.

   6. Taxa de ocupação: Na Bahia, dos 2.378 leitos disponíveis do Sistema Único de Saúde (SUS) exclusivos para coronavírus, 1.522 possuem pacientes internados, o que representa uma taxa de ocupação de 64%. 

   7. No que se refere ao total de leitos de UTI adulto, dos 926 leitos dedicados à Covid-19, 732 possuem pacientes internados, compreendendo uma taxa de ocupação de 79%. A região Extremo-Sul da Bahia possui a maior taxa de ocupação, com 96% dos leitos de UTI ocupados, seguida da região Sul, com 88%.

   8. Cabe ressaltar que o número de leitos é flutuante, representando o quantitativo exato de vagas disponíveis no dia. Intercorrências com equipamentos, rede de gases ou equipes incompletas, por exemplo, inviabilizam a disponibilidade do leito. Ressalte-se que novos leitos são abertos progressivamente mediante o aumento da demanda.

   9. A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) contabiliza 2.535 mortes pelo novo coronavírus.

2484º óbitos – homem, 84 anos, residente em Salvador, portador de diabetes mellitus. Internado dia 23/06, foi a óbito dia 07/07, em hospital da rede pública, em Salvador;

2485º óbito – mulher, 71 anos, residente em Ipiaú, portadora de diabetes mellitus e hipertensão arterial. Sem informação acerca da data de internação, foi a óbito dia 10/07, em unidade da rede pública, em Ipiaú;

2486º óbito – mulher, 72 anos, residente em Valença, portadora de diabetes mellitus. Internada dia 07/07, foi a óbito dia 10/07, em hospital da rede pública, em Salvador;

2487º óbito – homem, 76 anos, residente em Catu, portador de diabetes mellitus. Sem informação acerca da data de internação, foi a óbito dia 09/07, em hospital da rede privada, em Salvador;

2488º óbito – mulher, 84 anos, residente em Porto Seguro, portadora de hipertensão arterial. Sem informação acerca da data de internação, foi a óbito dia 12/07, em hospital da rede pública, em Porto Seguro;

2489º óbito – homem, 70 anos, residente em Mucugê, sem comorbidades. Sem informação acerca da data de internação, foi a óbito dia 26/06, em hospital da rede pública, em Seabra;

2490º óbito – homem, 58 anos, residente em Lauro de Freitas, portador de diabetes mellitus. Sem informação acerca da data de internação, foi a óbito dia 02/07, em unidade da rede pública, em Lauro de Freitas;

2491º óbito – homem, 62 anos, residente em Iguaí, portador de hipertensão arterial e doença renal crônica. Sem informação acerca da data de internação, foi a óbito dia 11/07, em hospital da rede pública, em Vitória da Conquista;

2492º óbito – homem, 92 anos, residente em Presidente Tancredo Neves, sem informações acerca de comorbidades. Também sem informação acerca da data de internação, foi a óbito dia 25/06, em hospital da rede pública, em Santo Antônio de Jesus;

2493º óbito – mulher, 68 anos, residente em Ruy Barbosa, portadora de diabetes mellitus e hipertensão arterial. Sem informação acerca da data de internação, foi a óbito dia 10/07, em hospital da rede pública, em Salvador;

2494º óbito – homem, 94 anos, residente em Salvador, portador de diabetes mellitus, doença cardiovascular e outras comorbidades. Internado dia 15/06, foi a óbito dia 04/07, em hospital da rede pública, em Salvador;

2495º óbito – mulher, 72 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e doença cardiovascular. Internada dia 17/06, foi a óbito dia 06/07, em hospital da rede pública, em Salvador;

2496º óbito – mulher, 60 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e diabetes mellitus. Sem informação acerca da data de internação, foi a óbito dia 04/07, em hospital da rede pública, em Salvador;

2497º óbito – mulher, 58 anos, residente em Salvador, portadora de diabetes mellitus e hipertensão arterial, além de obesidade. Internada dia 02/06, foi a óbito dia 04/07, em hospital da rede pública, em Salvador;

2498º óbito – homem, 71 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial, diabetes mellitus e doença cardiovascular. Internado dia 03/06, foi a óbito dia 03/07, em hospital da rede pública, em Salvador;

2499º óbito – homem, 80 anos, residente em Ilhéus, sem informações acerca de comorbidades. Também sem informação acerca da data de internação, foi a óbito dia 24/06, em hospital da rede privada, em Ilhéus;

2500º óbito – homem, 78 anos, residente em Ilhéus, sem informações acerca de comorbidades. Internado dia 13/06, foi a óbito dia 18/06, em hospital da rede privada, em Ilhéus;

2501º óbito – mulher, 43 anos, residente em Ilhéus, portadora de obesidade. Sem informação acerca da data de internação, foi a óbito dia 30/06, em hospital da rede privada, em Ilhéus;

2502º óbito – homem, 54 anos, residente em Salvador, portador de diabetes mellitus. Internado dia 30/06, foi a óbito dia 02/07, em hospital da rede pública, em Salvador;

2503º óbito – mulher, 65 anos, residente em Itaparica, portadora de hipertensão arterial, diabetes mellitus, doença cardiovascular e doença renal crônica. Internada dia 02/07, foi a óbito dia 08/07, em hospital da rede pública, em Salvador;

2504º óbito – homem, 77 anos, residente em Barreiras, portador de doença cardiovascular, além de outras comorbidades. Internado dia 30/06, foi a óbito dia12/07, em hospital da rede pública, em Barreiras;

2505º óbito – homem, 57 anos, residente em Jaguaquara, portador de diabetes mellitus e doença renal crônica. Internado dia 20/06, foi a óbito dia 11/07, em hospital da rede pública, em Jequié;

2506º óbito – homem, 90 anos, residente em Queimadas, portador de doença respiratória crônica. Internado dia 01/07, foi a óbito dia 05/07, em hospital da rede pública, em Salvador;

2507º óbito – homem, 71 anos, residente em Barro Preto, portador de hipertensão arterial e diabetes mellitus. Sem informação acerca da data de internação, foi a óbito dia 12/07, em hospital da rede privada, em Ilhéus;

2508º óbito – mulher, 95 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e diabetes, foi internada dia 17/06 e foi a óbito dia 05/07, em unidade da rede pública, em Salvador;

2509º óbito – homem, 72 anos, residente em Salvador, portador de imunodeficiências, foi internado dia 02/07 e foi a óbito dia 06/07, em unidade da rede pública, em Salvador;

2510º óbito – mulher, 72 anos, residente em Simões Filho, portadora de doença cardiovascular, foi internada dia 27/06 e foi a óbito dia 02/07, em unidade da rede pública, em Salvador;

2511º óbito – mulher, 82 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial, foi internada dia 20/06 e foi a óbito dia 09/07, em unidade da rede filantrópica, em Salvador;

2512º óbito – mulher, 99 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e demências, incluindo Alzheimer, foi internada dia 25/06 e foi a óbito dia 10/07, em unidade da rede filantrópica, em Salvador;

2513º óbito – mulher, 39 anos, residente em Porto Seguro, portadora de neoplasias e doenças autoimunes, data de admissão não informada, foi a óbito dia 30/04, em unidade da rede pública, em Barretos, São Paulo;

2514º óbito – mulher, 79 anos, residente em Feira de Santana, portadora de doença respiratória crônica, doença cardiovascular e doenças do sistema nervoso, foi internada dia 22/06 e foi a óbito dia 30/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

2515º óbito – mulher, 54 anos, residente em Salvador, portadora de obesidade, foi internada dia 03/07 e foi a óbito dia 06/07, em unidade da rede pública, em Salvador;

2516º óbito – homem, 73 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial, foi internado dia 20/06 e foi a óbito dia 28/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

2517º óbito – mulher, 75 anos, residente em Itabuna, sem comorbidades, data de admissão não informada, foi a óbito dia 11/06, em unidade da rede pública, em Itabuna;

2518º óbito – mulher, 72 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e diabetes, foi internada dia 19/06 e foi a óbito dia 11/07, em unidade da rede filantrópica, em Salvador;

2519º óbito – mulher, 66 anos, residente em Itapetinga, portadora de diabetes e doença renal crônica, data de admissão não informada, foi a óbito dia 09/07, em unidade da rede privada, em Vitória da Conquista;

2520º óbito – mulher, 80 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e neoplasias, foi internada dia 17/06 e foi a óbito dia 03/07, em unidade da rede pública;

2521º óbito – mulher, 74 anos, residente em Camaçari, portadora de diabetes, foi internada dia 13/06 e foi a óbito dia 18/06, em unidade da rede pública, em Camaçari;

2522º óbito – homem, 45 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial e diabetes, foi internado dia 16/06 e foi a óbito dia 05/07, em unidade da rede filantrópica, em Salvador;

2523º óbito – bebê, 1 mês e 11 dias, residente em Porto Seguro, sem informação de comorbidade, data de admissão não informada, foi a óbito dia 10/07, em unidade da rede pública, em Itabuna;

2524º óbito – mulher, 62 anos, residente em Camaçari, portadora de diabetes e doença cardiovascular, foi internada dia 13/05 e foi a óbito dia 26/05, em unidade da rede pública, em Salvador;

2525º óbito – homem, 71 anos, residente em Caetité, portador de hipertensão arterial, diabetes e neoplasias, foi internado dia 02/07 e foi a óbito dia 05/07, em unidade da rede pública, em Salvador;

2526º óbito – mulher, 61 anos, residente em Candeias, portadora de diabetes e doença renal crônica, data de admissão não informada, foi a óbito dia 11/07, em unidade da rede privada, em Salvador;

2527º óbito – homem, 51 anos, residente em Santo Antônio de Jesus, portador de hipertensão arterial, diabetes e obesidade, foi internado dia 14/06 e foi a óbito dia 02/07, em unidade da rede pública, em Salvador;

2528º óbito – homem, 77 anos, residente em Santo Antônio de Jesus, portador de diabetes e doença cardiovascular, foi internado dia 26/06 e foi a óbito dia 10/07, em unidade da rede pública, em Santo Antônio de Jesus;

2529º óbito – mulher, 87 anos, residente em São Francisco do Conde, portador de hipertensão arterial, doença cardiovascular e doença respiratória crônica, foi internado dia 24/06 e foi a óbito dia 04/07, em unidade da rede pública, em Salvador;

2530º óbito – homem, 55 anos, residente em Valença, portador de diabetes, foi internado dia 02/07 e foi a óbito dia 12/07, em unidade da rede pública, em Vitória da Conquista;

2531º óbito – mulher, 80 anos, residente em Campo Formoso, portadora de hipertensão arterial, foi internada dia 10/07 e foi a óbito na mesma data (10/07), em unidade da rede pública, em Campo Formoso;

2532º óbito – homem, 65 anos, residente em Santo Antônio de Jesus, portador de diabetes e doença cardiovascular, foi internado dia 20/06 e foi a óbito dia 02/07, em unidade da rede pública, em Salvador;

2533º óbito – mulher, 65 anos, residente em Camaçari, portadora de diabetes, data de admissão não informada, foi a óbito dia 09/06, em unidade da rede pública, em Camaçari;

2534º óbito – mulher, 55 anos, residente em Camaçari, portadora de hipertensão arterial e diabetes, data de admissão não informada, foi a óbito dia 03/06, em unidade da rede pública, em Camaçari;

2535º óbito – mulher, 57 anos, residente em Salvador, portadora de doença respiratória crônica, foi internada dia 08/07 e foi a óbito dia 11/07, em unidade da rede filantrópica, em Salvador.
                                                                   *****
   9. O prefeito ACM Neto apresenta nesta terça-feira (14), às 10h, no Centro de Logística do Município (Estrada Campinas de Pirajá, 1068, com acesso pela BR-324), novos respiradores que serão utilizados para ampliar o atendimento de urgência para pacientes com a Covid-19. 

  10. Além de reforçar o suporte à saúde, os equipamentos serão fundamentais na estratégia de retomada das atividades econômicas em Salvador. Na mesma ocasião, o prefeito apresenta outras medidas contra a pandemia na capital baiana.

   11. Quem trafega pela Avenida Luiz Viana Filho, a Paralela, uma das mais movimentadas da capital baiana, já passa a ter mais uma opção de acesso à orla. Construída pela Prefeitura, a via de ligação que complementa a Avenida Tamburugy, com saída para os bairros de Patamares, Piatã e Pituaçu, foi entregue nesta segunda-feira (13) com as presenças do prefeito ACM Neto, do vice Bruno Reis, e dos titulares da Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob), Fábio Mota, e da Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador), Fabrizzio Muller, respectivamente.

   12. O prefeito salientou que a via é mais um exemplo da iniciativa da administração municipal em buscar soluções para a melhoria do trânsito na cidade. No caso da Avenida Luiz Viana Filho, a medida ocorre pelo fato de a região estar em franca expansão comercial e residencial, com aumento da circulação de pessoas e veículos.

   13. Como será a volta ao trabalho nas agências publicitárias pós-pandemia da Covid-19. Esse é o tema que será debatido na próxima live #TamoJunto, promovida pelo Sindicato das Agências de Propaganda do Estado da Bahia (Sinapro-Bahia). O convidado será o presidente da Associação Brasileira de Agências de Publicidade - Capítulo Bahia (ABAP-BA) e CEO da agência Morya Comunicação, Claudio Carvalho. 

   14. O protocolo que libera a volta do trabalhos nos escritórios das agências de publicidade segue rigorosas regras de prevenção contra a Covid-19, estabelecidas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pelas autoridades sanitárias do Governo do Estado da Bahia e da Prefeitura Municipal de Salvador.

   15. Mediado pela presidente do Sinapro-Bahia, Vera Rocha, o bate-papo acontece nesta terça-feira (dia 14), excepcionalmente às 16h, com transmissão no perfil do Sinapro-Bahia no Instagram (@sinaprobahia). Claudio Carvalho, que já havia presidido a ABAP-BA entre 2001 e 2003, é filho do fundador e primeiro presidente da seccional baiana, Fernando Carvalho.

   16. Claudio já foi diretor da Associação dos Dirigentes de Vendas do Brasil (ADVB), na Bahia, e atuou como conselheiro da Federação Nacional das Agências de Propaganda (Fenapro) e do Sinapro-Bahia.

   17. Nos próximos dias, o desembargador federal Jirair Aram Merguerian, da 6ª turma do  Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) vai analisar o pedido de reconsideração dos pedidos da Prefeitura Municipal de Salvador e do Hospital Salvador em relação ao embargo dos leitos de COVID-19 feito pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). 

   18. O impasse entre prefeitura, governo da Bahia e a Universidade acontece desde a última semana, quando a justiça embargou a abertura de leitos no Hospital Salvador, que abriga, temporariamente, pacientes da Maternidade Climério de Oliveira, que está em obras desde 2017.

Tasso Franco Tasso Paes Franco é jornalista formado pela UFBA, 1971. É também escritor com vários livros publicados sobre a Bahia.