quarta-feira, 14 de abril de 2021
Colunistas / Miudinhas
Tasso Franco

COVID BR: 48.954 MORTES; 1.032.913 INFECTADOS; BA 43.922; ÓBITOS 1.305

Número de mortos na Bahia só cresce e não estabiliza. Hoje foram mais 42 óbitos.
19/06/2020 às 10:17
 MIUDINHAS GLOBAIS:

  1. (BRASIL): Neste sexta-feira, 19, o Brasil registra 1.032.913 casos confirmados da doença, sendo 54.771 registrados nas últimas 24h segundo o Ministério da Saúde. Em relação aos óbitos, são 48.954 confirmações até o momento. Nas últimas 24h, foram registrados 1.206 mortes nos sistemas oficiais do Governo do Brasil, sendo que a maior parte aconteceu em outros períodos. Do total de registros, 551 óbitos ocorreram, de fato, nos últimos três dias. Outros 3.948 casos seguem em investigação.

   2. O número de pessoas curadas do coronavírus superou o número de casos ativos no Brasil. Nesta sexta-feira (19), o Ministério da Saúde registrou 507.200 pessoas curadas, enquanto outros 476.759 pacientes seguem em acompanhamento médico. As informações estão atualizadas até as 17h30 e foram enviadas pelas Secretarias Estaduais e Municipais de Saúde.

 
  3. (BAHIA)Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 2.345 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +5,6%), 42 óbitos (+3,3%) e 2.238 curados (+12,2%). Dos 43.922 casos confirmados desde o início da pandemia, 20.589 já são considerados curados, 22.028 encontram-se ativos e 1.305 tiveram óbitos confirmados. 

   4. Ressalte-se que o boletim epidemiológico desta sexta-feira (19) apresenta dados acumulados devido à instabilidade ocorrida no sistema e-SUS, do Ministério da Saúde, no dia de ontem (18), que afetou o levantamento e catalogação dos casos ambulatoriais de Covid-19 em todo o Brasil.

   5. As confirmações ocorreram em 357 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (53,61%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram Ipiaú (1.113,95), Itajuípe (1.005,32), Uruçuca (1.003,95), São José da Vitória (901,54) e Salvador (771,32).

   6. O boletim epidemiológico contabiliza 43.922 casos confirmados, 88.429 casos descartados e 99.033 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas de hoje.

   7. Na Bahia, dos 2.120 leitos disponíveis do Sistema Único de Saúde (SUS) exclusivos para coronavírus, 1.314 possuem pacientes internados, o que representa uma taxa de ocupação de 62% No que se refere aos leitos de UTI adulto e pediátrico, dos 872 leitos exclusivos para o coronavírus, 668 possuem pacientes internados, compreendendo uma taxa de ocupação de 77%.

   8. Cabe ressaltar que o número de leitos é flutuante, representando o quantitativo exato de vagas disponíveis no dia. Intercorrências com equipamentos, rede de gases ou equipes incompletas, por exemplo, inviabilizam a disponibilidade do leito. Ressalte-se que novos leitos são abertos progressivamente mediante o aumento da demanda.

   9. Óbitos: A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) contabiliza 1.305 mortes pelo novo coronavírus.

1264º óbito – homem, 46 anos, residente em Feira de Santana, portador de diabetes, foi internado dia 10/05 e veio a óbito dia 17/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1265º óbito – homem, 49 anos, residente em São Paulo, portador de diabetes, foi internado dia 22/05 e veio a óbito dia 23/05, em unidade da rede pública, em Jequié;

1266º óbito – mulher, 90 anos, residente em Salvador, portadora de demências, incluindo Alzheimer, foi internada dia 26/05 e veio a óbito dia 14/06, em unidade da rede filantrópica, em Salvador;

1267º óbito – homem, 79 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial, foi internado dia 21/05 e veio a óbito dia 10/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1268º óbito – mulher, 80 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial, foi internada dia 02/06 e veio a óbito dia 09/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1269º óbito – homem, 76 anos, residente em Lauro de Freitas, portador de hipertensão arterial, diabetes e obesidade, foi internado dia 02/06 e veio a óbito no dia 07/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

1270º óbito – homem, 63 anos, residente em Juazeiro, portador de neoplasias e doença renal crônica, foi internado dia 10/06 e veio a óbito dia 14/06, em unidade da rede pública, em Juazeiro;

1271º óbito – homem, 67 anos, residente em Salvador, sem comorbidades, foi internado dia 31/05 e veio a óbito dia 17/06, em unidade da rede filantrópica, em Salvador;

1272º óbito – homem, 84 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial, foi internado dia 11/06 e veio a óbito dia 13/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1273º óbito – homem, 81 anos, residente em Itabuna, portador de hipertensão arterial e diabetes, data de admissão não informada, veio a óbito dia 14/06, em unidade da rede pública, em Itabuna;

1274º óbito – mulher, 71 anos, residente em Salvador, sem informação de comorbidades, goi internada dia 03/06 e veio a óbito dia 16/06, em unidade da rede filantrópica, em Salvador;

1275º óbito – homem, 44 anos, residente em Ubaitaba, sem comorbidades, foi internado dia 02/06, e veio a óbito na mesma data (02/06), em unidade da rede pública, em Itabuna;

1276º óbito – homem, 60 anos, residente em Salvador, portador de tabagismo, foi internado dia 01/06 e veio a óbito dia 13/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1277º óbito – homem, 62 anos, residente em Salvador, portador de doença cardiovascular, foi internado dia 14/05 e veio a óbito dia 03/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1278º óbito – homem, 67 anos, residente em Vitória da Conquista, portador de diabetes e doença cardiovascular, data de admissão não informada, veio a óbito dia 14/06, em unidade da rede filantrópica, em Vitória da Conquista;

1279º óbito – homem, 59 anos, residente em Itamaraju, portador de doença cardiovascular, foi internado dia 25/05 e veio a óbito na mesma data, em unidade da rede pública, em Itamaraju;

1280º óbito – homem, 89 anos, residente em Itabuna, sem informação de comorbidades, veio a óbito dia 03/06, em domicílio, em Itabuna;

1281º óbito – mulher, 86 anos, residente em Itacaré, sem informação de comorbidades, foi internado dia 10/06 e veio a óbito dia 14/06, em unidade da rede pública, em Itacaré;

1282º óbito – mulher, 83 anos, residente em Salvador, sem informação de comorbidades, data de admissão não informada, veio a óbito dia 16/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

1283º óbito – mulher, 80 anos, residente em Salvador, portadora de doenças endócrinas e nutricionais, foi internada dia 26/05 e veio a óbito dia 17/06, em unidade da rede filantrópica, em Salvador;

1284º óbito – mulher, 42 anos, residente em Salvador, portadora de diabetes, doença respiratória crônica e doenças hematológicas, foi internada dia 19/05 e veio a óbito dia 21/05, em unidade da rede pública, em Salvador;

1285º óbito – homem, 66 anos, residente em Ibicaraí, portador de diabetes e doença cardiovascular, foi internado dia 12/05 e veio a óbito dia 16/05, em unidade da rede pública, em Ilhéus;

1286º óbito – mulher, 94 anos, residente em Salvador, portadora de neoplasias, foi internada dia 08/06 e veio a óbito dia 12/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1287º óbito – homem, 80 anos, residente em Itabuna, sem informação de comorbidades, data de admissão não informada, veio a óbito dia 01/06, em unidade da rede pública, em Itabuna;

1288º óbito – mulher, 62 anos, residente em Dias D’Ávila, portadora de hipertensão arterial, foi internada dia 23/05 e veio a óbito dia 06/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1289º óbito – mulher, 65 anos, residente em Salvador, portadora de neoplasias, foi internada dia 02/06 e veio a óbito dia 15/06, em unidade da rede filantrópica, em Salvador;

1290º óbito – homem, 77 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial e diabetes, foi internado dia 29/05 e veio a óbito dia 30/05, em unidade da rede pública, em Salvador;

1291º óbito – homem, 62 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial, diabetes e doença cardiovascular, foi internado dia 15/06 e veio a óbito na mesma data (15/06), em unidade da rede pública, em Salvador;

1292º óbito – homem, 69 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial, foi internado dia 29/04 e veio a óbito dia 12/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1293º óbito – mulher, 43 anos, residente em Salvador, portadora de diabetes, doença cardiovascular e doença renal crônica, foi internada dia 24/05 e veio a óbito dia 12/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1294º óbito – homem, 80 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial e doença cardiovascular, foi internado dia 02/06 e veio a óbito dia 14/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1295º óbito – homem, 77 anos, residente em Salvador, sem comorbidades, foi internado no dia 13/05 e veio a óbito dia 15/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1296º óbito – mulher, 87 anos, residente em Salvador, portadora de doenças endócrinas e nutricionais, foi internada dia 07/06 e veio a óbito dia 14/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1297º óbito – homem, 87 anos, residente em Sobradinho, sem informação de comorbidades, data de admissão não informada, veio s óbito dia 05/06, em unidade da rede pública, em Sobradinho;

1298º óbito – mulher, 80 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial, diabetes, doença cardiovascular e doença respiratória crônica;

1299º óbito – mulher, 68 anos, residente em Salvador, portadora de doença cardiovascular, data de admissão não informada, veio a óbito dia 12/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1300º óbito – mulher, 78 anos, portadora de hipertensão arterial e diabetes, data de admissão não informada, veio a óbito dia 14/06, em unidade da rede privada, em Lauro de Freitas;

1301º óbito – homem, 59 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial e doença cardiovascular, foi internado dia 07/05 e veio a óbito dia 06/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

1302º óbito – mulher, 85 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e doença cardiovascular, foi internada dia 06/06 e veio a óbito na mesma data (06/06), em unidade da rede privada, em Salvador;

1303º óbito – mulher, 53 anos, residente em Valente, portadora de diabetes e doença cardiovascular, data de admissão não informada, veio a óbito dia 11/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1304º óbito – homem, 84 anos, residente em Salvador, portador de doença cardiovascular. Internado dia 02/05, veio a óbito dia 13/06, em hospital da rede particular, em Salvador;

1305º óbito – mulher, 71 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e doença renal crônica. Internada dia 25/05, veio a óbito dia 12/06, em hospital da rede particular, em Salvador.
                                                             *****
  10. Pacientes que dão entrada no Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus (HRSAJ) com suspeita de Covid-19 (novo coronavírus) recebem assistência qualificada, em fluxos estabelecidos exclusivamente para os casos.

   11. Entre as medidas adotadas com o objetivo de assegurar a transparência dos processos e aproximar os familiares dos pacientes, o Serviço Social e equipe médica da unidade disponibilizam, diariamente, a partir das 15h, boletins médicos constando a evolução de cada paciente.

  12. O contato entre os profissionais e familiares é feito via telefone. “Em entrevista realizada durante a admissão do paciente, o Serviço Social identifica quem são as pessoas que podem ser contatadas. Nesse momento, também é abordada a questão da transferência, quando o médico deixa a família ciente sobre a realização de regulação para Centros de Referência Covid-19 em Salvador, caso necessário”, explica o diretor médico do HRSAJ, Antônio Carlos Assunção Neto.

  13. Todos os processos são realizados conforme protocolo estabelecido pelo Governo do Estado e obedecem a critérios técnicos definidos pelo Centro de Operações de Emergência da Secretaria da Saúde do Estado.

   14. Devido à necessidade de isolamento, o Serviço Social da unidade vem adotando estratégias para amenizar a saudade entre familiares e pacientes internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

   15. Com o apoio de equipe multidisciplinar, são realizadas atividades com a utilização de recursos audiovisuais, nas quais os familiares têm a oportunidade de escrever ou gravar mensagens para o paciente. “Estudos mostram que ao reproduzir mensagem ou vídeo feitos por um familiar próximo ao paciente, provoca-se um estímulo de valor cognitivo e emocional, contribuindo para minimizar a instabilidade emocional”, afirma a coordenadora de Serviço Social, Fernanda Macedo.

  16. A acompanhante Maria José Vieira, de 50 anos, apoia a iniciativa. “Desde que a minha filha entrou na UTI, através desse trabalho dos boletins, a gente fica informado direitinho. A chamada de vídeo também foi muito boa. Gostei muito do trabalho que vocês vêm fazendo, porque aproxima a gente”, contou.

  17. De acordo com a coordenadora do Serviço de Psicologia, Márcia Aquino, a iniciativa une qualidade do tratamento técnico à qualidade do relacionamento entre paciente, familiares e equipe multiprofissional. “Este contato com qualidade do tratamento técnico à qualidade do relacionamento entre paciente, familiares e equipe multiprofissional. “Este contato com certeza gera impactos importantes na saúde emocional do paciente e também da família”, conclui.

    18. 13. As metas e prioridades para o exercício financeiro do ano de 2021 em Salvador foram apresentadas hoje através da Lei de Diretrizes Orçamentárias em uma audiência pública virtual na Câmara Municipal de Salvador, nesta sexta-feira (19). A sessão online foi comandada pelo vereador e presidente da Comissão de Finanças e Orçamento, Joceval Rodrigues (Cidadania).

  19. O prazo para apresentação de emendas à LDO 2021, de autoria do Executivo municipal, está aberto e vai até o dia 3 de julho, até às 17h.

  20. “A ocasião é muito importante para definir as prioridades a serem executas pelo município e aplicação do dinheiro público”, salientou Joceval.

   21. A LDO estabelece as metas e prioridades para o exercício financeiro seguinte; orienta a elaboração do Orçamento; dispõe sobre alteração na legislação tributária; estabelece a política de aplicação das agências financeiras de fomento. Também organiza os objetivos do Plano Plurianual (PPA), que tem duração de quatro anos, para que sejam posteriormente realizados por meio da Lei Orçamentária Anual (LOA).

   22. O bairro de Brotas acaba de ganhar drive-thru para testagem de Covid-19. Em parceria com a Escola Bahiana de Medicina, desde o dia 15 de junho, o DNA Laboratório opera neste formato no campus da universidade localizado na Avenida D. João VI.  

   23. A coleta é realizada pela equipe técnica da Bahiana e o processamento, acompanhamento, análise e resultado dos exames são conduzidos pelo DNA. Com toda a segurança para os clientes, que não precisam sair do carro, e alinhado aos padrões de higiene e proteção, o drive-thru funciona de segunda a sexta-feira das 07h às 11h. 

   24. Considerado principal mecanismo para identificar a presença do vírus no organismo e iniciar as medidas de saúde e tratamento, a expectativa é de que cerca de 30 exames possam ser realizados por turno no local. Estarão disponíveis os dois métodos existentes para detectar se uma pessoa está infectada com o novo coronavírus: o teste PCR, cujos resultados são entregues pelo DNA até dois dias úteis após a coleta; ou por sorologia (IGG/IGM).