quarta-feira, 21 de abril de 2021
Colunistas / Miudinhas
Tasso Franco

HOSPÍCIO BRASUELA: GILMAR, GABEIRA, OLAVO E FLERTE COM A DITADURA (TF)

As questões fundamentais para o Brasil estão ficando de lado
07/06/2020 às 10:36
   MIUDINHAS GLOBAIS:

   1. O Brasil iniciou neste domingo, 7, o seu momento "Brasuela" (mistura de Brasil com Venezuela) com manifestações contra o governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e a favor do presidente. Idêntico ao que vem acontecendo na Venezuela, desde Hugo Chaves e permanece com Nicolás Maduro, há alguns anos.

   2. A Venezuela já se transformou numa ditadura e o bolsonarismo namora com esse regime incentivado pelo presidente Bolsonaro que vai a manifestações de "patriotas" que defendem uma intervenção militar com ele na presidência.

   3. Duas entrevistas chamaram a atenção nesta semana que se encerra neste no domingo, 7, a primeira do Gilmar Mendes, ministro do STF, destacando a necessidade de parar de brincar de ditadura; e a segunda de Fernando Gabeira, colunista do Estado, o qual disse Bolsonaro não teria apoio das Forças Armadas como instituição para um golpe de Estado e está a incentir o armamento de pessoas fazendo ele próprio as mudanças golpistas. 

   4. Veja o que disse Gilmar: O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), disse que, se houver “silêncio” e “inércia” das pessoas à postura antidemocrática do grupo do presidente Jair Bolsonaro, “daqui a pouco pode ser tarde” para a preservação das instituições do Estado. 

   5. Em entrevista ao Estadão, ele considerou um “alerta” a comparação feita pelo decano da Corte, Celso de Mello, entre o Brasil atual e a Alemanha de Hitler – numa mensagem de WhatsApp, Celso de Mello acusou bolsonaristas de odiar a democracia e pretender instaurar “desprezível e abjeta ditadura”.

   6. Na avaliação de Gilmar, a radicalização da crise “despertou a brasilidade”. As “forças civis”, segundo ele, têm uma mensagem clara: “Vamos parar de brincar de ditadura”. Sobre a reunião de Bolsonaro com ministros em 22 de abril, no Palácio do Planalto, marcada por ofensas e ataques a instituições, o magistrado disse que o encontro revela um meio de governar. 

   7. “Quem tinha ilusões que não as tenha mais e, portanto, eu acho que ali nos ensinaram como não se fazer uma reunião governamental”, disse o ministro.

   8. E o que disse Gabeira: Um ano atrás, o jornalista Fernando Gabeira tinha críticas ao presidente Jair Bolsonaro, mas avaliava que as instituições eram suficientes para contê-lo, como expressou em junho de 2019 em entrevista ao Estadão, onde é colunista. 

   9. Não pensa mais assim. A pregação em favor de armar a população, seus movimentos para atrair as Forças Armadas e sua aproximação das polícias militares foram decisivos para o jornalista mudar de ideia. Para ele, a ação do presidente sugere o espectro de uma guerra civil ou um golpe de Estado, sem, necessariamente, participação direta das Forças.

  10. "Muito possivelmente ele pode estar articulando um golpe usando polícias militares e neutralizando as Forças Armadas", disse Gabeira, em nova conversa com o Estadão.

   11 Agora, surge mais uma novidade: o guru de Bolsonaro, Olavo de Carvalho, mandou enviar as comendas oferecidas a ele no cú. Em vídeo nas redes, desde a madrugada deste domingo (7), de um trecho de uma aula, onde Olavo manda Bolsonaro enfiar uma condecoração que recebeu dele no cu, reclama de ter sido atacado nas redes e não ter sido defendido. Além disso, afirma que vai derrubar o governo do até então aliado e chama o empresário Luciano Hang de "palhaço".

   12. "O gabinete do ódio foi inventado contra mim e não contra Bolsonaro", diz. A seguir, ele pergunta, furioso: "O que este Bolsonaro fez pra me defender? Chega lá e me dá uma condecoraçãozinha. Enfia a condecoração no seu cu. Se você não é capaz de me defender contra essa gente toda, eu não quero a tua amizade", diz.

   13. "Porque eu fui seu amigo, mas você nunca foi meu amigo. Você foi tão meu amigo quanto a Peppa. Você só tira proveito. E devolve o quê? É que nem o Weintraub. Dá uma condecoração. Tá brincando com isso, porra. Só essas multas que os caras tão cobrando de mim, é pra me arruinar totalmente. Como é que eu vou sobreviver nos EUA sem um tostão furado, não dá pra fazer isso. 

   14. Se eu não posso ser remunerado pelo meu trabalho, vou viver do quê? Tão chegando nisso e agora ainda tão juntando a Peppa, o Felippe ?Feto?. É óbvio, se você estuda um pouco a linguagem desse pessoal, que sai no Diário do Cu do Mundo, que sai no Brasil 171 ou 247, a linguagem é a mesma, os temas são os mesmos, é claro que isso está articulado há décadas. Há décadas existe esse gabinete do ódio contra o Olavo, porra! 

   15. E vem esse presidente dizer que é meu amigo? Não é meu amigo não. Ele simplesmente se aproveitou. E vai me dar uma condecoração? Enfia a condecoração no cu. Não quero mais saber", repete Olavo.

   16. A seguir, ele acusa Bolsonaro de prevaricação: "E outra coisa, você não está agindo contra os bandidos. Você vê o crime, eles cometem o crime, você os presencia em flagrante e não faz nada contra eles. Isso chama-se prevaricação. Quer levar um processo de prevaricação da minha parte? E o pessoal não consegue derrubar o seu governo? Eu derrubo. Continue inativo, continue covarde, eu derrubo esta merda deste teu governo aconselhado por generais covardes ou vendidos. Eu não sei se são covardes ou vendidos. Eu não sei o que é pior".

   17. Ao final, Olavo de Carvalho apela para o esquema presidencial e chama o empresário Luciano Hang de "palhaço": "Então o que que tem que fazer, você quer me ajudar? Podia ter processado esses filhos das putas há dez anos. Esperou que eles me processassem, agora decidiram agir, sempre tardiamente. Tá fazendo o serviço tarde e porcamente. Mas querem fazer alguma coisa, então é o seguinte, vocês têm que se juntarem entre si (Sic), vocês têm que começar a pesquisar os crimes que foram cometidos contra mim. 

   18. Eu não tenho condição pessoal de fazer isso. Eu não tenho nem visão suficiente pra ficar catando essas coisas na internet. Quantos assessores você acha que eu tenho? Não tenho nenhum na verdade. Tenho lá uma pessoa amiga que às vezes vem aqui e me ajuda um pouco. É isso. Não tenho sequer uma secretária. Agora o presidente não tem assessores pra fazer isso? 

   19. Quantos crimes contra o Olavo você investigou, seu Bolsonaro? Nenhum, você nem se interessou. Esse seu Havan vem aqui dizer: ?ah, vou ajudar?. Vai ajudar o caralho, você vai comprar aviãozinho e se vestir de Zé Carioca, você é um palhaço. Isso que você é, eles têm toda razão. É por causa de empresário como você que o Brasil tá nessa merda. Gente que não tem cultura e não gosta de quem tem. Bando de invejosos filhos da puta", encerra.
                                                                          ****
   20. Enquanto isso, a Covid vai matando os brasileiros e a pandemia parece descontrolada.