segunda-feira, 25 de maio de 2020
Colunistas / Miudinhas
Tasso Franco

PREFEITO ACM NETO DECIDE NESTA SEGUNDA SE REABRE COMÉRCIO DE SALVADOR

Prefeito ACM Neto, presidente do DEM, diz no twitter diz que é preciso respeito às regras do jogo
03/05/2020 às 10:42
MIUDINHAS GLOBAIS:

   1. (GLOBO.COM) Ao comparecer a um ato de apoio a seu governo e de ataques ao STF, ao Congresso e ao ex-ministro Sergio Moro, o presidente Jair Bolsonaro declarou neste domingo, na rampa do Palácio do Planalto, que não vai mais "admitir interferência" em seu governo e que chegou "ao limite". 

   2. O presidente disse ainda ter o apoio das Forças Armadas, sem detalhar a que se referia. Bolsonaro foi ao encontro de manifestantes que fizeram uma carreata que percorreu a Esplanada dos Ministérios.

   3. Depois da crise aberta com a demissão do ex-ministro Sergio Moro, que o acusou de interferir na Polícia Federal por causa de investigações que o incomodam, o presidente nomeou o diretor-geral da Abin, Alexandre Ramagem, para dirigir a PF. Na quarta-feira, o ministro do STF Aleaxandre de Moraes barrou a nomeação por considerar que ela fere princípios constitucionais. Bolsonaro havia dito a Moro em uma mensagem que a investigação de parlamentares aliados a ele era um motivo para a troca na direção da PF.

   4. Na fala aos manifestantes, transmitida em suas redes sociais, Bolsonaro afirmou que não vai mais "admitir interferência" em seus atos no governo. E disse que "acabou a paciência".

  5. - Nós queremos o melhor para o nosso país. Queremos a independência verdadeira dos três poderes, e não apenas uma letra da Constituição, não queremos isso. Chega de interferência. Não vamos admitir mais interferência. Acabou a paciência. Vamos levar esse Brasil para frente.
                                                      ******
   6. O presidente nacional do Democratas e prefeito de Salvador, ACM Neto, afirmou neste domingo, 3, que a democracia é “inegociável”. A declaração não chega a citar diretamente Jair Bolsonaro, mas foi dada após o presidente da República dizer, em tom intimidatório, que chegou “no limite”, que tem o apoio das Forças Armadas e que espera não ter “problemas nesta semana” com os outros Poderes.

   7. Em publicação no Twitter, Neto disse que é preciso respeito às regras do jogo para que a democracia funcione. “Evidentemente, as pessoas podem ter opiniões divergentes. E é sempre possível discutir para chegar a consensos. A própria democracia é permitir que isso aconteça”, defendeu o prefeito nesta tarde.

  8. Na semana passada, houve escalada na tensão entre o Palácio do Planalto e o Supremo, após o ministro Alexandre de Moraes suspender a nomeação de Alexandre Ramagem para diretor-geral da Polícia Federal. A suspeita é de que Bolsonaro escolheu Ramagem, amigo de sua família, como forma de interferir politicamente na corporação e ter acesso a informações de inquéritos. Na decisão, Moraes apontou possível desvio de finalidade na nomeação.

   9. Prefeito ACM Neto deve decidir hoje se os shoppings reabrem ou não. Há uma informação (não confirmada) de que haverá prolongamento do fechamento.

                                                      ******
   10. Um total de 220.571 mil estudantes já receberam o vale-alimentação, até essa quinta-feira  (30), em Salvador e mais 21 cidades do interior que têm as redes Assaí e Cesta do Povo com lojas credenciadas. O benefício, no valor de R$ 55 por estudante, está sendo entregue pelo Governo do Estado desde o dia 20 de abril, podendo ser retirado em qualquer dia da semana e enquanto durar o período de suspensão das aulas.

  11. A estudante Renata Santos Pereira, do Centro Estadual de Educação Profissional (CEEP) do Chocolate Nelson Schaun, em Ilhéus, contou como o benefício vai ajudar a sua família. "Ter esta ajuda é muito bom porque acaba substituindo a alimentação na escola que é importante para muitos estudantes. Ainda ganhei uma máscara durante a distribuição do vale-alimentação", ressaltou.

  12. O vale-estudantil é destinado, exclusivamente, para a compra de gêneros alimentícios, como feijão, arroz, macarrão, carne, frango, frutas, verduras, café e leite, sendo a aquisição dos alimentos de livre escolha dos estudantes.

   13. Em virtude do feriado desta sexta-feira (1), algumas lojas têm o horário de funcionamento alterado ou estão fechadas como, por exemplo, Jequié e Juazeiro, onde os supermercados não abrem. 

   14. A Secretaria da Educação do Estado reforça a orientação para que vá ao supermercado (Assaí ou Cesta do Povo e suas lojas credenciadas) apenas uma pessoa: o estudante, o pai, a mãe ou o responsável, cujo CPF está cadastrado na escola. É preciso apresentar o CPF e um documento de identidade com foto do estudante. Se a retirada for feita por outra pessoa, a mesma deve apresentar um documento de identidade e, se tiver, o CPF.

   15. Outra recomendação é para que, antes de ir ao supermercado, seja confirmado se o CPF já está cadastrado. Para isto, basta ligar para a escola onde o estudante está matriculado; para o número 0800 284 0011; ou verificar pelo Sistema Siadiante no Portal da Educação. Por esses meios, também é possível saber se é para ir na Rede Assaí ou na Cesta do Povo e suas lojas credenciadas.

  16. Devem ser empregados com empenho todos os esforços jurídicos e administrativos para determinar que, em caso de morte ou redução da capacidade laboral decorrente do contágio do vírus Covid-19, de agentes de segurança pública e profissionais de saúde será considerada acidente em serviço ou ato de serviço para fins de reflexos previdenciários, financeiros e trabalhistas. 

   17. Indicações apresentadas pelo deputado Hilton Coelho (PSOL) na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA) endereçadas à Presidência da República, Governo do Estado da Bahia e Prefeitura de Salvador querem assegurar esses direitos.

   18. “Os agentes de segurança pública e os profissionais de saúde são os mais expostos, nesta conjuntura de pandemia, porque seu local cotidiano de trabalho está direta ou indiretamente ligado ao tratamento dos infectados pelo Coronavírus e mesmo nas unidades de saúde não voltadas exclusivamente para o atendimento dos portadores da Covid-19, continuam a realizar atendimento público, expondo-se aos assintomáticos.

   19.  Merecem e necessitam de ampla proteção jurídica em defesa de seus direitos ou em caso de falecimento, de seus familiares”, detalha o parlamentar.

 
   20. O vereador Odiosvaldo Vigas (PDT) opinou hoje (03) que a população de Salvador deve apoiar mais o prefeito ACM Neto e as ações do secretário da Saúde Léo Prates, seguindo as recomendações das autoridades municipais para que não ocorram mil ou mais de mil óbitos na cidade. 

   21. O edil reforça a defesa da sua proposta para uma campanha institucional por parte do poder público alertando que pode ocorrer em Salvador a mesma situação nas cidades dos estados de SP, RJ, AM, CE e PE. Propõe ainda que, semanalmente, os epidemiologistas da Secretaria Municipal da Saúde informem publicamente sobre a real situação da circulação do vírus na cidade.

   22. O vereador reforça ainda a utilização dos carros de som nas comunidades, participação de líderes comunitários,  templos religiosos e associações de bairros na divulgação da campanha “Fique em casa”. “Esses segmentos devem divulgar mensagens educativas de promoção e prevenção à saúde para estimular os moradores, despertando a sua alta estima e mostrar que apesar das grandes dificuldades, não deixaremos que a cidade tenha mais de mil óbitos. Teremos que reduzir significativamente o número de mortes, pois é uma luta coletiva”.