segunda-feira, 30 de mar?o de 2020
Colunistas / Miudinhas
Tasso Franco

BRASIL TEM 904 CASOS DE CORONAVIRUS E 11 MORTOS. BAHIA TEM 34 CASOS.

Veja medidas adotadas pela Prefeitura de Salvador para conter o coronavirus
20/03/2020 às 17:37
 MIUDINHAS GLOBAIS:

   1. Os casos confirmados de Covid-19, doença infecciosa causada pelo coronavírus Sars-Cov-2, aumentaram 45% entre quinta (19) e esta sexta-feira (20), de acordo com dados do Ministério da Saúde. O mais recente balanço federal aponta que o Brasil tem 904 casos e 11 mortes. Os dados consideram informações repassadas pelas secretarias estaduais até as 16h.

   2. De janeiro até as 17h desta sexta-feira (20), a Bahia registrou 1311 casos notificados com suspeita clínica de infecção pelo novo coronavírus. Destes, 34 foram confirmados, 533 foram descartados e 744 aguardam análise laboratorial. O último caso foi registrado em Camaçari. É uma mulher de 32 anos, que encontra-se em isolamento domiciliar, adotando as medidas de precaução respiratória e de contato.

  3. Do total de confirmações, 18 foram em Salvador; 6 em Feira de Santana; 4 em Porto Seguro; 3 em Lauro de Freitas; 1 em Prado; 1 em Itabuna; e 1 em Camaçari.

  4. Ressalta-se que os números são dinâmicos e na medida em que as investigações clínicas e epidemiológicas avançam, os casos são reavaliados, sendo passíveis de reenquadramento na sua classificação.

   5. É importante pontuar que o paciente com diagnóstico positivo para o novo coronavírus pode cursar com grau leve, moderado ou grave. A depender da situação clínica, pode ser atendido em unidades da atenção básica, unidades secundárias ou precisar de internação. Mesmo definindo unidades de referência, não significa que ele só pode ser atendido em hospital.

   6. Os casos graves devem ser encaminhados a um hospital de referência para isolamento e tratamento. Os casos leves devem ser acompanhados pela Atenção Primária em Saúde (APS) e instituídas medidas de precaução domiciliar. Outras informações podem ser obtidas no link: www.saude.ba.gov.br/coronavirus.

  7. O diagnóstico do coronavírus é feito com a coleta de materiais respiratórios (aspiração de vias aéreas ou indução de escarro). Na suspeita de coronavírus, é necessária a coleta de uma amostra que será encaminhada para o Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen-BA). 

   8. Para confirmar a doença, é necessário realizar exames de biologia molecular que detecte o genoma viral. O diagnóstico do coronavírus é feito com a coleta de amostra, que está indicada sempre que ocorrer a identificação de caso suspeito.

   9. O Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (TJBA) mandou, por meio de ação proposta pela Aspra, o Estado especificar a entrega efetiva de equipamentos e produtos disciplinados pelas diretrizes e normativas do Comando Geral da PM que garantam proteção aos servidores da segurança pública em decorrência do risco de contágio dos PMs e BMs por Convid-19.

   10. A demanda foi provocada pela advogada da Aspra, Marcele Maron, após solicitação dos diretores da Entidade, que denunciam o fato dos PMs e BMs trabalharem sem qualquer Equipamento de Proteção Individual (EPI) nas ruas da cidade, onde ocorre risco de contágio. “O estado agora tem 48 horas para dizer quais medidas preventivas foram adotadas assim como especificar a entrega efetiva de equipamentos e produtos disciplinados pela diretriz”, afirmou o coordenador geral da Aspra, deputado estadual soldado Prisco.

   11. (MEDIDAS ADOTADAS PELA PMS): As ações iniciais contra a proliferação do coronavírus em Salvador foram tomadas pela Prefeitura antes mesmo da confirmação dos primeiros casos na cidade. Diante do potencial de transmissão da doença e dos efeitos que ela pode causar, principalmente em grupos de risco, o Executivo municipal começou a se preparar desde as primeiras notícias de casos fora da China.

   12. Nessa fase, a Prefeitura deu início à implantação de um protocolo para o enfrentamento à doença e a elaborar o Plano Municipal de Contingência Covid-19. As medidas previstas nesse protocolo começaram a ser anunciadas e decretadas, de fato, a partir último sábado (14), com vigência desde a segunda-feira (16), visando principalmente o isolamento social. Novas determinações devem ser anunciadas no início da próxima semana. 

   13. Confira abaixo, em resumo, as determinações anunciadas e decretadas até aqui pela Prefeitura:

  14. - Proibição de qualquer evento com mais de 500 pessoas na cidade, que começou a valer na segunda-feira (16) e está mantida por tempo indeterminado; 

  15. - Proibição de viagens internacionais para os servidores da Prefeitura, bem como, dentro do Brasil, aos estados do Rio e São Paulo. Aqueles colaboradores que retornarem de viagens internacionais vindos de países com focos da doença devem ficar em isolamento residencial por sete dias, além de fazer o teste para coronavírus;

  16. - Suspensão das aulas na rede pública e privada de ensino – medida vale por 15 dias, contados a partir da última quarta-feira (18). As universidades privadas também estão incluídas no decreto, bem como autoescolas;  

  17. - Distribuição de cestas básicas para todos os alunos da rede municipal, inclusive de creches conveniadas, a partir da próxima segunda-feira (23). Serão mais de 143 mil cestas, inicialmente;   

  18. - Suspensão do funcionamento das academias de ginástica, cinemas, teatros, casas de espetáculo e parques infantis públicos (mantidos pelo município) e privados, iniciativa que começou a valer na última quarta-feira (18) e será mantida por 15 dias; 

  19. - Interdição total de seis praias a partir deste sábado (21), inicialmente por um período de 15 dias. As praias fechadas são as do Porto da Barra, Farol da Barra, Rio Vermelho, Itapuã, Piatã e Ribeira;

  20. - Suspensão das atividades nos clubes sociais, recreativos e esportivos a partir deste sábado (21), pelo período de 15 dias; 

  21. - Redução em até 30 % da frota de ônibus a partir deste sábado (21), valendo por 15 dias. A medida exclui os horários de pico, para não gerar maiores prejuízos aos trabalhadores;   

  22. - Determinação de que 30% do total dos trabalhadores de cada central de call center e telemarketing atuem em casa. Além disso, funcionários com idade a partir dos 65 anos, gestantes e pessoas que utilizam medicamentos imunossupressores devem ser dispensados da ida ao trabalho nessas empresas. Medida vale por 15 dias, contados a partir de segunda-feira (23);

  23. - Suspensão das férias e licenças dos funcionários das secretariais municipais de Saúde (SMS) e de Promoção Social e Combate à Pobreza (Sempre), além da Guarda Civil Municipal (GCM) e Defesa Civil (Codesal);   

  24. - Suspensão da exigência de recadastramento dos servidores públicos municipais aposentados ou pensionistas;

  25. - Trabalho remoto para colaboradores acima de 65 anos (exceto aqueles cujas atividades sejam consideradas essenciais ou estratégicas), assim como para mulheres gestantes e pessoas com doenças crônicas. Além disso, foi determinado o fechamento parcial ou total de algumas repartições e órgãos públicos, com ampliação do home office. Serviços essenciais, a exemplo da área de saúde, segurança e promoção social, seguem normalmente;

  26. - Reforço da limpeza e higienização das estações de transbordo e dos ônibus;

  27. - Revalidação do Salvador Card deixa de ser feita presencialmente e começa a ser feita pelo aplicativo Kim;    

  28. - Decretação de situação de emergência na cidade e fechamento dos shopping centers e centros comerciais pelo período de 15 dias, contados a partir deste sábado (21), com exceção de clínicas médicas que funcionam dentro desses estabelecimentos; 

   29. - Suspensão do funcionamento do Elevador Lacerda e do Mercado Modelo;  

  30. - Transalvador suspende restrição de circulação de caminhões de grande porte em horários de picos nas vias da capital baiana, além de limitar atendimento presencial;   

  31. - Inaugurações oficiais da Prefeitura passam a ser realizadas sem a presença de púbico; 

  32. - Suspensão do Castramóvel; 

  33. - Ampliação de doação de alimentos a pessoas em situação de rua, idosos e pessoas com deficiência. Asilos são beneficiados;  

   34. - Ampliação do horário de funcionamento do Restaurante Popular em São Tomé de Paripe. Equipamento passa a funcionar das 11h às 13h30, priorizando idosos e pessoas com deficiência; 

   25. - Proibição de visitas em grupo aos idosos que estão no Abrigo Dom Pedro II; 

  36. - Atividades de permanência estão suspensas temporariamente no Centro Dia. As famílias estão recebendo o suporte de maneira remota – medida adotada desde a última terça-feira (17) e por tempo indeterminado; 

  37. - Álcool em gel e máscaras são distribuídos para os assistentes sociais e funcionários de todos os setores da Sempre; 

  38. - Doação de colchões, materiais de limpeza e cestas básicas para 47 instituições que cuidam de idosos na cidade.

  39. A Secretaria de Comunicação Social (Secom) informa que o governador Rui Costa visitará as instalações do Fazendão, antigo Centro de Treinamento do Esporte Clube Bahia, às 10h deste sábado 

   40. Cedido pelo clube ao Governo do Estado, o local receberá pacientes de enfermidades diversas que não precisam de tratamentos complexos. Assim, as unidades hospitalares estaduais vão ampliar a capacidade de atendimento a pessoas com o novo coronavírus (Covid-19).