quarta-feira, 19 de fevereiro de 2020
Colunistas / Miudinhas
Tasso Franco

APLB DIZ QUE VAI À JUSTIÇA PÁRA TENTAR ANULAR VOTAÇÃO PEC 159 DE RUI

Alguns sindicatos seguem na luta para anular votação da PEC da Previdência Estadual da Bahia
09/02/2020 às 10:28
   MIUDINHAS GLOBAIS:

   1. “Vamos pedir na Justiça, a anulação da votação na Assembleia Legislativa da Bahia”,  afirmou Rui Oliveira, coordenador-geral da APLB-Sindicato durante a manifestação erecnete, na Praça da Piedade. O movimento reuniu centenas de servidores públicos e caravanas do interior do estado, em protesto contra a PEC-159 – Reforma da Previdência Estadual. 

   2. Segundo Rui, o objetivo da manifestação é chamar o povo para às ruas contra a truculência do governo do Estado e em solidariedade aos policiais civis e prisionais, ameaçados de demissão. A manifestação ocupou toda a Praça da Piedade e chamou à atenção da população para as faixas, cartazes e alertas, do Fórum Coletivo de Servidores e entidades sindicais presentes ao ato.  

  3. Rui Oliveira informou que na próxima terça-feira (11/02), a direção da APLB-Sindicato terá  uma audiência com o governo do Estado sobre a Tabela. “Já dissemos por diversas vezes ao governo que só aceitaremos a Tabela, se estender o percentual de reajuste para todos os padrões e graus. 

  4. Logo após essa audiência iremos convocar uma assembleia geral da categoria, que corresponde à 18 assembleias regionais em todo o interior do Estado. A responsabilidade pelo início das aulas será do governo”, alerta Rui.  

   5. Sobre às declarações divulgadas na imprensa  do vereador  Kiki Bispo, que repete as falas do prefeito ACM Neto de que a APLB só se manifesta contra a Prefeitura de Salvador, e não apresenta o mesmo posicionamento junto ao  governo do Estado, o coordenador-geral da APLB, Rui Oliveira criticou duramente a postura do vereador. 

   6. “Eu acho que apesar dele ser vereador de Salvador, ele não anda pela cidade. Caso contrário, veria, neste momento, a Praça da Piedade cheia de servidores, indignados, protestando junto com a APLB contra  a aprovação da PEC do Governador Rui Costa. Ele não tem discernimento político e intelectual, repetindo sempre  as mesmas falas do seu chefe, portanto não merece nenhum crédito”, rebateu Rui.
                                                                    ******

   7. A universalização do abastecimento de água e do sistema de esgotamento sanitários foram os maiores desafios debatidos no último final de semana no 1º Fórum de Saneamento Básico da cidade. O evento promovido pela Prefeitura contou com a participação de representantes da Embasa, Conder, Agersa, Cosab, secretários municipais e lideranças comunitárias de todas as regiões do município. 

   8. O gerenciamento de resíduos sólidos, drenagem urbana e macrodrenagem também tiveram destaque nas palestras e debates, organizados pela Secretaria de Infraestrutura.

   9. “Tivemos uma grande aula sobre saneamento básico e mostramos algumas das ações nossas ou em parceria, assim como as obras de macrodrenagem do Rio Ipitanga e do esgotamento sanitário, as intervenções nos Canais Horto e dos Irmãos, a macrodrenagem da Avenida Brigadeiro Mário Epinghaus, que já estamos licitando, a ampliação do abastecimento feito pela EMBASA que acabamos de inaugurar com o governador, a construção do Ecoponto no Miragem, em Buraquinho,  as ações de limpeza dos nossos rios, entre outras atividades. Todo um trabalho que temos realizado e que continuará sendo feito de forma integrada”, destacou a prefeita Moema Gramacho.

   10. Além de apresentar os principais desafios ambientais e propostas da gestão, o Fórum foi um espaço para a população se manifestar e apresentar sugestões para a revisão do Plano Municipal de Saneamento Básico.  

   11. Os dois dias do evento foram marcados por muita troca de conhecimento. Na sexta-feira (07), a programação foi diversificada, contando com apresentação de quatro dos órgãos e secretarias ligadas à temática. No sábado (08), o evento contou com uma maior interatividade com o público. Foi disponibilizado um espaço para que os participantes pudessem sugerir ideias para o saneamento.

   12. Entre os temas mais debatidos, a revitalização do Rio Sapato foi abordada em palestra do professor Pedro Ornelas. O especialista enfatizou a importância da parceria das atividades voluntárias com entidades públicas.

   13.  “Eu achei fantástica a iniciativa deste evento, que outros tantos como este se repitam. É uma oportunidade que nós temos de apresentar as ideias para a população. As sugestões mais interessantes a gente coloca à disposição da Prefeitura para discutir mais amplamente e quem sabe daí surja um projeto e este projeto se torne realidade”.
                                                                          *****
  14. Agora é lei: as operadoras de telefonia móvel com cobertura na Bahia não podem fixar validade nos créditos de celulares pré-pagos. O projeto de autoria do líder do PSD na Assembleia Legislativa, deputado Alex da Piatã (PSD), aprovado no Plenário da Casa, foi promulgado pelo presidente da ALBA, deputado Nelson Leal (PP). 

  15. A lei 14.228/2020 foi publicada no Diário Oficial do Legislativo da sexta-feira, dia 8 de fevereiro, com vigência imediata. 

   16. A norma, segundo Alex da Piatã, visa beneficiar um número significativo de consumidores do ramo de telefonia. “O público que usa pré-pago é formado principalmente por pessoas de baixa renda. Tendo em vista que são milhões de pré-pagos na Bahia, estão, com certeza, arrecadando milhões de reais que esse público perde para as companhias telefônicas. Não faz sentido ter vencimento: não é algo perecível. É injusto!”, argumentou. 

   17. Na vida política há mais de 20 anos, o deputado estadual, Samuel Júnior (PDT) coloca o nome à disposição para concorrer à Prefeitura de Salvador nas eleições municipais deste ano, caso Leo Prates, atualmente principal nome para representar o partido no futuro pleito, desista da candidatura.

   18. Samuel já apresentou o interesse ao presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, em uma reunião em Brasília. “Minha vontade de trabalhar e minha dedicação pela vida das pessoas só aumentam a cada dia. Desejo avançar cada vez mais na responsabilidade de cuidar da cidade que nasci e conheço as necessidades, pois morei a vida toda em regiões carentes. Se Deus quiser, não darei passos para trás firme na confiança que a população de Salvador quer mudanças”, afirmou.

  19. O deputado ainda destaca que “muitas conversas devem acontecer até a convenção partidária”. “A base do governador Rui Costa tem muitas opções e quero ser uma alternativa em meio a essa pluralidade. Conseguiria agregar, além do conhecimento da gestão que eu tenho, pois aqui mesmo aqui na ALBA as necessidades da capital baiana”.

   20. Foi um fiasco a apresentação de Jauperi no Carnaval antecipado de Serrinha com poucos foliões à frente de um imenso trio elétrico.