quinta-feira, 19 de setembro de 2019
Colunistas / Miudinhas
Tasso Franco

POLÍTICA BOLSDONARO anuncia privatizações Telebras, Correios e mais 7 empresas


Brasil tem 130 estatais que, a maioria delas, só serve para consumir divisas sem produtividade adequada
21/08/2019 às 20:55
 MIUDINHAS GLOBAIS:

    1. O governo federal anunciou hoje (21) um plano para privatizar nove empresas estatais. O anúncio foi feito no Palácio do Planalto após uma reunião do presidente Jair Bolsonaro com o conselho do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI).

   2. Segundo a secretária especial do PPI, Martha Seillier, e o secretário de Desestatização, Salim Mattar, o plano do governo envolve as seguintes empresas:

Telecomunicações Brasileiras S/A (Telebras);
Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (Correios);
Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp);
Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social (Dataprev);
Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro);
Empresa Gestora de Ativos (Emgea);
Centro de Excelência em Tecnologia Eletrônica Avançada (Ceitec);
Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp);
Agência Brasileira Gestora de Fundos Garantidores e Garantias (ABGF).
A viabilidade do plano, contudo, ainda depende de análise do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).
                                                                         ******
    3. Lamentável que o governo não tenha colocado no conjunto dessas medidas a TV Brasil.

    4. Na Carta de Teresina, divulgada após reunião nesta quarta-feira (21), os governadores do Nordeste demonstram preocupação com o anúncio do governo federal sobre a privatização de 17 empresas estatais. O documento foi elaborado em encontro do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável do Nordeste.

   5. "Essa carta resume o posicionamento dos estados do Nordeste. Entre eles, nos preocupa bastante que esse anúncio de privatizações realizado hoje não venha endossado com estudos que demonstram o que será feito de prestação de serviços nessas áreas", afirmou o governador da Bahia e presidente do consórcio, Rui Costa, em entrevista coletiva. 

   6. No documento, os governadores dão atenção especial aos Correios e à Eletrobras. "Sem estudos técnicos aprofundados e a necessária compreensão de todos os impactos, tais vendas poderão trazer consequências negativas para a soberania nacional e um possível retrocesso à integração regional", diz trecho da carta.

   9. A nota dos governadores fala em 17 estatais, mas, o governo só anunciou nove, por enquanto. Número baixo considerando que existem 130 estatais no Brasil.
                                                                       ******
    10. Os 30 anos de morte do cantor, compositor e um dos maiores ídolos da música e do rock brasileiro, o "maluco beleza" Raul Seixas, foram lembrados pelo deputado estadual Jacó (PT) em sessão plenária na Assembleia Legislativa da Bahia. No dia 21 de agosto, aos 44 anos em São Paulo, morria o autor de sucessos como "Gita", "Tente", "Eu Nasci há dez Mil Anos Atrás", "Ouro de Tolo", entre outros. 

   11. Em sua fala, o parlamentar pinçou momentos da carreira do artista baiano, como o encontro transformador com o radialista Waldir Serrão, e a gravação do primeiro disco com banda, "Raulzito e os Panteras" (1968). Dono de uma inteligência rara, místico, rebelde e revolucionário, deixou uma obra que se mantém "vivíssima" e atual, comentou Jacó.

   12. Em função dos avanços das obras do BRT, mudanças de trânsito mais impactantes irão acontecer a partir de agora na Avenida ACM. Todos os detalhes sobre as novas intervenções, que envolvem bloqueios parciais e mudanças de fluxo viário, serão detalhadas nesta quinta-feira (22), às 15h, em coletiva no Palácio Thomé de Souza. Participarão da coletiva o secretário de Mobilidade, Fábio Mota, e o superintendente da Transalvador, Fabrizzio Muller.

   13. Questões políticas e econômicas estão sempre em debate no cenário social brasileiro e nos eventos do LIDE-BA as discussões seguem a mesma linha, visando a colaborar para o desenvolvimento econômico do estado. Nesse sentido, a organização recebe na próxima segunda-feira (26), das 12h às 14h30, no Fera Palace Hotel, a economista-chefe da XP Investimentos, Zeina Latif.

    14. Formada em economia pela Universidade de São Paulo (USP), Zeina é um dos grandes nomes da economia brasileira. Em 2006, foi eleita pela revista Forbes como uma das mulheres mais influentes do Brasil na categoria economia. “A intenção de trazer Zeina para o nosso almoço é justamente entender os possíveis cenários para o país a partir da ótica econômica”, destaca o Presidente do LIDE-BA, Mário Dantas.

   15. Esta quinta-feira (22) será marcada por debates que abordarão os temas relacionados às mudanças climáticas durante o penúltimo dia da Semana do Clima, evento que acontece no Salvador Hall. Às 9h, o prefeito ACM Neto, o presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia, e ministros de meio ambiente de diversos países como Brasil, Argentina, Guatemala e Trinidad e Tobago estarão presentes na plenária “Segmento ministerial: rumo à COP-25 e esforços para alcançar as metas do Acordo de Paris”. 

   16. A Estação da Lapa vai receber no sábado (24) a seletiva para o Campeonato Brasileiro de Futebol Digital, a partir das 13h, no primeiro andar do terminal. Ao todo, serão 64 partidas disputadas por 32 jogadores classificados pelo Ranking Baiano. 

   17. Os dois primeiros colocados vão disputar a etapa nacional, que vai acontecer nos dias 13, 14 e 15 de setembro em Brasília, organizado pela Confederação Brasileira de Futebol. A inscrição, a passagem aérea e a hospedagem serão pagas pela organização do Campeonato Baiano de Futebol Digital.  

   18. A vereadora Marcelle Moraes afirmou que o protesto da plateia ao ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, durante a Semana do Clima da Organizações das Nações Unidas (ONU), em Salvador, nesta quarta-feira (21), é o resultado da frágil política ambiental implantada pelo atual Governo Federal.

   19. De acordo com a parlamentar, as medidas defendidas ou atribuídas pelo Poder Executivo como fim de demarcações de terras e permissão para mineração em áreas indígenas, flexibilização de licenciamentos ambientais e sucateamento de órgãos de defesa ambiental levarão o país a um retrocesso sem precedentes.

   20. “As vaias foram fruto do desmonte deliberado de um legado de 30 anos de governança ambiental no Brasil. O que esperamos dos entes público são políticas mais enérgicas que freiem o processo acelerado de desmatamento da Amazônia e valorizem o bem comum de todos os brasileiros que é o nosso meio ambiente. ”, declarou a parlamentar.

   21. A tecelagem é uma das mais antigas técnicas de artesanato e, apesar da industrialização, a prática manual continua atraindo aprendizes. Um curso de tecelagem está sendo oferecido gratuitamente pela Coordenação de Fomento ao Artesanato (CFA), vinculada à Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre). 

   22. Com duração de quatro meses, carga horária de 192 horas e aulas três vezes por semana, de quarta a sexta-feira, no turno da tarde, a formação tem o objetivo de proporcionar qualificação e geração de renda. 

   23. Novas turmas serão abertas futuramente. "Este curso faz parte da retomada dos cursos promovidos pelo Estado através da CFA. O intuito é justamente gerar trabalho e renda para artesãs e artesãos com esta arte milenar, que é tão bem aceita nos salões nacionais e em outros espaços de comercialização", explica a coordenadora de Fomento ao Artesanato, Luciana Embilina.

  24. As aulas são ministradas pelo artesão Joselito Pinto, o Mestre Zelito, que tece há 43 anos. "As alunas vão aprender a lidar com o tear, fazer enfiação, alguns pontos, produção, como armar o tear e preparar a combinação de cores do trabalho que elas vão fazer", afirma o professor. Segundo ele, a duração do curso é suficiente para que os alunos já saiam tecendo.

   25. O vereador Sabá (PP) apresentou uma emenda ao Projeto de Lei Nº 258/2018, que regulamenta o transporte por aplicativos. O projeto foi aprovado em março deste ano na Comissão de Constituição, Justiça e Redação Final (CCJ) da Câmara de Vereadores. Atualmente, o PL está na Comissão de Finanças, Orçamento e Fiscalização, onde Sabá é um dos membros.

   26. A proposta de emenda do autor é que as operadoras de aplicativo deverão destinar o valor de 2% do lucro mensal para fundo de amparo aos motoristas de aplicativos e taxistas.

   27. “Os taxistas passam por um momento de paradigma e concorrência com os mais diversos meios de transporte. Dessa forma, o fundo de amparo fornecido pelas operadoras de aplicativo vem oferecer o auxílio aos motoristas, buscando equilibrar as posições no cenário”, disse.

   28.  “O fundo de amparo aos motoristas viabiliza auxiliar na compra de insumos essenciais, uma vez que as despesas com o carro são diversas e os motoristas ficam sem o devido amparo”, concluiu Sabá.