ter?a-feira, 20 de agosto de 2019
Colunistas / Miudinhas
Tasso Franco

GOVERNADOR DO MARANHÃO RESPONDE A BOLSONARO: ELE TEM LENTE IDEOLÓGICA

O governador Rui Costa visitou, nesta terça-feira (6), as instalações do Hospital de Câncer de Barretos, em São Paulo
06/08/2019 às 09:40
MIUDINHAS GLOBAIS:

   1. governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), em entrevista ao Estadão rebateu as criticas de Bolsonaro sobre a atuação dos governadores do Nordeste agindo para "dividir o país" afirmou nesta terça-feira, 6, que o presidente usa critérios pessoais e ideológicos ao escolher os governadores do Nordeste como objeto de seus ataques. Segundo ele, Bolsonaro "só avalia as coisas com a lente da sua ideologia" e faz o governo "mais ideológico da história do Brasil."

   2. Em entrevista ao Estado, publicada na edição desta terça-feira, Bolsonaro disse que, em seu entendimento, governadores do Nordeste agem para "dividir o País", enquanto ele trabalharia para unir. Para Dino, Bolsonaro "odeia o pluralismo político". "Só pode ser essa a causa" afirmou o governador do Maranhão.

  3. Segundo Dino, o presidente da República tem se dedicado pouco a acompanhar o que temos no Brasil e por isso mesmo ignora que, na verdade, existem quatro consórcios de governadores funcionando (Brasil Central, Amazônia, Nordeste e Sul-Sudeste). Os consórcios estão previstos na Constituição e a pergunta é: por que apenas o consórcio do Nordeste estaria dividindo o país? 

   4. A resposta é: porque o presidente da República só avalia as coisas com a lente da sua ideologia. É o governo mais ideológico da história do Brasil. Ele usa critérios ideológicos para atacar apenas um dos consórcios, sendo que é lógico que nem o consórcio do Nordeste nem os outros querem dividir o Brasil. Eles querem ajudar o Brasil.

   5. Ainda segundo o governador do Maranhão, Bolsonaro externou que a crítica dele era politiqueira, eleitoreira, ideológica. Ele não faz uma leitura imparcial, mas baseada em seus ódios e sentimentos pessoais. Eu lamento profundamente que seja assim porque nós todos governadores desejamos uma relação de diálogo. Tanto é que nas duas reuniões que ele convidou os nove governadores do Nordeste estiveram presentes. 

   6. Agora, diálogo não é rendição, adesão, submissão. É isso que queremos sublinhar. Estamos prontos a colaborar, manter relações institucionais, mas nenhum governante do País tem o direito de impor a sua vontade.

   7. Em um outro evento o presidente se referiu aos nordestinos como "paraíbas", disse que o senhor é o pior de todos e que o governo não deve dar nada para o Maranhão. Por que ele disse aquilo?

   8. Ele até hoje não explicou essa raiva, esse ódio, e, por isso, eu só posso atribuir ao fato de eu pensar diferente dele. Temos essa novidade inusitada nunca antes vivida no Brasil. Temos um presidente da República que odeia o pluralismo político. Só pode ser essa a causa. Mas o pluralismo e o direito de as pessoas terem opiniões diferentes estão garantidos na Constituição e eu não vou silenciar de modo compulsório na defesa daquilo que eu acredito. Eu jurei defender a Constituição e vou defender.
                                                                          *****
   9. A Prefeitura de Salvador divulgou, no Diário Oficial do Município (DOM) desta terça-feira (6), o resultado da averiguação da autodeclaração para negros que concorrem para vagas de médico no concurso de edital 03/2019. Trinta e dois candidatos continuam concorrendo às 12 vagas destinadas aos negros, conforme prevê a Lei, e podem recorrer do resultado nesta quarta (7) e quinta-feira (8). 

   10. O certame, coordenado pela Secretaria Municipal de Gestão (Semge) e realizado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), engloba 40 vagas para o cargo de Profissional de Atendimento Integrado, na área de qualificação de Médico. As especialidades são de Médico Clínico, Médico Ginecologista, Médico Ortopedista, Médico Pediatra, Médico Psiquiatra, Médico Samu e Médico Generalista.

   11. Para saber mais sobre o andamento do concurso, que foi realizado em junho deste ano e ofertou 368 vagas em 18 carreiras, as informações estão disponíveis no site da FGV, na página fgvprojetos. fgv. br/ concursos/ pms2019 ou no site da Semge, no endereço www. gestaopublica. salvador. ba. gov. br/concurso/

   12.  Em busca de experiências de sucesso para melhorar cada vez mais os serviços de prevenção e tratamento do câncer na Bahia, o governador Rui Costa visitou, nesta terça-feira (6), as instalações do Hospital de Câncer de Barretos, em São Paulo. A unidade, também conhecida como Hospital de Amor, é um dos mais modernos centros de ensino e pesquisa em toda a América Latina. 

   13. Durante a visita, o governador apresentou propostas de parcerias para a ampliação do atendimento oncológico no Hospital Santo Antônio (HSA), ligado às Obras Sociais Irmã Dulce (Osid), em Salvador. 

   14. “Ele veio conhecer o hospital porque somos uma referência nacional no tratamento do câncer e buscar nossa experiência para melhorar os serviços no Hospital Irmã Dulce. Com a construção das policlínicas regionais de saúde, a Bahia hoje possui hoje uma das melhores, senão a melhor, medicinas públicas do país. E isso passa muito por essa constante troca de experiências que o governador vem realizando”, afirmou o diretor do Hospital de Câncer de Barretos, Henrique Prata.

   15. A saúde do profissional de segurança pública será o tema do XXIII Congresso da Associação Brasileira de Saúde das Polícias Militares e Bombeiros Militares, que ocorrerá na cidade de Salvador de 7 a 9 de agosto, no Centro Militar de Convenções e Hospedagens da Aeronáutica (CEMCOHA).

   16. Serão abordados temas específicos de saúde dos policiais e bombeiros como a prevenção ao suicídio e redes de proteção, equoterapia na saúde, perspectiva de uma vida saudável, reflexões sobre estresse, fatores de risco para hipertensão e a relação da atividade com o sofrimento no trabalho. Durante o evento serão apresentados ainda quarenta trabalhos científicos.

   17. O Congresso reunirá profissionais de saúde das duas instituições com objetivo de abordar e discutir estratégias de enfrentamento dos principais problemas nas temáticas apresentadas e, dessa forma, busca oferecer uma melhor qualidade de vida aos PM e BM e, consequentemente, uma maior eficiência na prestação dos serviços para população.

   18. A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) aprovou um Projeto de Lei de autoria da deputada estadual Fabíola Mansur (PSB) que obriga todas as maternidades, casas e centros de parto da Bahia a garantirem o fornecimento de leite materno exclusivo aos recém-nascidos durante todo período de permanência dos bebês na unidade. 

   19. O PL nº 21.470/2015 inclui um conjunto de medidas para promover ações de promoção, proteção e apoio ao aleitamento materno no estado. O projeto recebeu parecer favorável do relator Alan Sanches (DEM) e foi seguido pela unanimidade do colegiado nesta terça-feira (06), na Semana Mundial do Aleitamento Materno.

   20. O deputado estadual Hilton Coelho (PSOL) diz que a Reforma da Previdência é um projeto cruel.

   21. O deputado estadual Robison Almeida (PT) rubro-negro apaixonado disse no plenário da ALBA que, infelizmente, o Vitória há 3 meses não dá uma alegria aos seus torcedores.

   22. A convite da Loja Maçônica 28 de Julho, representada pelo Venerável Mestre Rafael Gama Moreira, o presidente da Câmara de Itabuna, Ricardo Xavier, esteve na noite desta segunda-feira, dia 05, reunido com os membros da Ordem falando a respeito das ações legislativas e realizando um balanço dos projetos aprovados, bem como a expectativa da Mesa Diretora para o segundo período de 2019. 
     
   23. Acompanhado do consultor jurídico da Câmara, Iuri Vanderlei, o presidente objetivou, com a visita, estreitar a relação entre o Poder Legislativo e a sociedade, além de levar os debates referentes às questões municipais para as entidades representativas locais, explanando de forma clara e esclarecedora de que maneira funciona, se organiza e qual o papel do Legislativo. 

   24. Ricardo Xavier pontuou, ainda, a importância da elaboração de ações conjuntas com as representações sociais para o fortalecimento da região cacaueira, a partir do engajamento determinante de cada agente político.