ter?a-feira, 20 de agosto de 2019
Colunistas / Miudinhas
Tasso Franco

BOSLONARO atende pedido de alunos de matemática do CPM de Manaus

Bem diferente do que aconteceu na Bahia, o presidente Bolsonaro esteve no Colégio da PM de Manaus
25/07/2019 às 09:49
  MIUDINHAS GLOBAIS:

   1. Os alunos do Colégio Militar da Polícia Militar 5 (CMPM) chamaram a atenção do presidente da República, Jair Bolsonaro, ao gravarem um vídeo em Fukuoka, no Japão, local foi realizada a competição internacional de matemática, a World Mathematics Invitational. Eles mostraram, no vídeo, os resultados obtidos na competição e convidaram o presidente para conhecer a escola em Manaus (AM). O presidente aceitou o convite e nesta quinta-feira (25) participou da Solenidade de Entrega de Medalhas da Olimpíada Internacional de Matemática Sem Fronteiras 2019. 

   2. “É impossível não se emocionar em um momento como esse. O que liberta um  homem e uma mulher, é o conhecimento. É o estudo e vocês estão dando esse exemplo no momento. Não existe maior satisfação para um pai ou para uma mãe, em a ter a certeza que seu filho ou sua filha, será melhor do que ele”, disse Bolsonaro.

   3. Entre os alunos brasileiros que se destacaram na competição, Álvaro Pena, de 14 anos, que recebeu a medalha de prata em sua categoria e, ainda, levou para casa o troféu de melhor aluno brasileiro da delegação. Apesar de ter se dedicado bastante semanas antes da prova, ele não acreditava que poderia sair do Japão com um resultado tão positivo. 

   4. "Eu senti muito medo na hora de fazer a prova porque caiu muito assunto que eu não era experiente. Eu achei que eu ia me sair mal na prova e quando eu que vi que só tinha uma medalha de prata na delegação, eu fiquei pensando: quem será que ganhou essa medalha?"

   5. O CMPM 5 e o CMPM 3, ambos de Manaus, foram as únicas escolas públicas que tiveram representantes na competição internacional. Os alunos receberam ajuda do Estado para poderem viajar e ultrapassaram barreiras geográficas e de idioma para conseguirem competir. 

   6. A aluna Maria Beatriz de Alencar, de 15 anos, foi uma das medalhistas de bronze. Ela é aluna do 9º ano do Ensino Fundamental II e contou que só após chegar ao país asiático que a "ficha caiu" e percebeu que o estudo a tinha levado ao outro lado do mundo. 

   7. "A prova foi bastante complicada e além de ser em outra língua, em uma língua que eu não domino, tinham questões que eram em um nível muito mais avançado que o meu. Foi bastante complicado, mas foi uma experiência incrível e animadora". Além de Maria Beatriz, o aluno Vitor Hugo de Oliveira, do 8º ano, também ficou na terceira colocação em sua categoria. 

   8. O coordenador de matemática do CMPM 5, professor Breno Enrique, destacou a importância do apoio da gestão escolar e do Estado na contribuição para os bons resultados obtidos pelos alunos. "Sem a gestão e o estado nós não conseguiríamos ir até onde nós chegamos. É muito importante os meus alunos participarem [da competição], até porque serviu de incentivo para os outros alunos que ficaram, para que eles possam estudar cada dia mais, porque eles viram na prática onde o estudo leva", comentou. 

   9. O presidente chegou ao Colégio Militar da PM de helicóptero, acompanhado do governador do Estado, de ministros e parlamentares e foi recebido pelo secretário de Educação do Amazonas, prof. Luiz Castro, pelo comandante da Polícia Militar, Cel Ayrton Norte, pela diretora do CMPM 5, Ten Cel Jadna Barros e pelo diretor do CMPM 3, Ten Cel Alisson Lima. 

   10. Ele acompanhou a apresentação de cerca de mil alunos, recebeu um quadro de presente e participou das homenagens aos alunos. 

   11. A tenente-coronel Jadna Barros, comandante do Colégio Militar da PM, ressaltou a importância da presença do presidente no local. "Estamos felizes por receber o presidente Jair Bolsonaro em nossa escola. Os preparativos começaram há dois anos atrás. Era um sonho nosso recebê-lo, mesmo quando ainda era deputado", comemorou. 
                                                                            ******
   12. De acordo com as informações do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), sistematizadas pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), a Bahia gerou 2.362 postos de trabalho com carteira assinada em junho de 2019. O resultado decorre da diferença entre 46.922 admissões e 44.560 desligamentos.

   13. Setorialmente, em junho, sete segmentos contabilizaram saldos positivos: Construção Civil (+1.563 postos), Serviços (+934 postos), Comércio (+470 postos), Indústria de Transformação (+194 postos), Extrativa Mineral (+67 postos), Serviços Industriais de Utilidade Pública (+25 postos) e Administração Pública (+9 postos). Por outro lado, apenas a Agropecuária (-900 postos) registrou saldo negativo. 

   14. No primeiro semestre, sete setores de atividade registraram saldos positivos: Construção Civil (+10.055 postos), Serviços (+8.830 postos), Agropecuária (+7.706 postos), Indústria de Transformação (+3.754 postos), Extrativa Mineral (+526 postos), Administração Pública (+417 postos) e Serviços Industriais de Utilidade Pública (+252 postos).

   15. “Mais uma vez, a Bahia lidera o Nordeste na geração de empregos formais, dessa vez ocupando a quarta posição nacionalmente. Este resultado comprova as políticas públicas acertadas do Governo do Estado como indutor do desenvolvimento, com a realização de grandes obras de infraestrutura, com apoio à agricultura e a atração de novos empreendimentos. Vale ressaltar que no acumulado deste ano a Bahia gerou 29.406 novos empregos, o maior saldo da região Nordeste”, destaca o secretário estadual do Planejamento, Walter Pinheiro.

   16. No Nordeste, cinco estados geraram postos com carteira assinada. A Bahia (+2.362 postos) foi seguida por Maranhão (+2.001 postos), Piauí (+1.308 postos), Rio Grande do Norte (+1.237 postos) e Sergipe (+265 postos). Os outros estados da região apresentaram desempenho negativo: Alagoas (-861 postos), Paraíba (-795 postos), Pernambuco (-253 postos) e Ceará (-122 postos). 

   17. O governador Rui Costa se reuniu nesta quinta-feira (25), em Brasília, com o embaixador da Alemanha no Brasil, Georg Witschel, para discutir ações que possam colaborar com o Consórcio Nordeste, entidade que reúne todos os governadores da região e da qual Rui é presidente.

   18. Rui explicou ao embaixador a formação do Consórcio e disse que pretende ir, junto com os outros governadores, à Alemanha para captar investimentos para o Nordeste. “Queremos eventualmente que fornecedores alemães passem a participar das nossas licitações e, quem sabe, empresários tenham interesse em se implantar no Nordeste”, disse.

   19. A estratégia de trabalho em conjunto é buscar investidores internacionais para parcerias em saúde; infraestrutura - ferrovias, portos, aeroportos; saneamento; energia renovável; ciência e meio ambiente. “O Nordeste tem o maior potencial do Brasil de geração de energia solar e eólica”, exemplificou Rui. 

   20. Acontece na próxima segunda-feira (29), a partir das 19 horas, no Centro Cultural da Câmara de Salvador, localizado na Praça Municipal, uma sessão solene para posse da mesa diretora da Associação dos Ministros Evangélicos do Brasil – Seção Bahia. 

   21. Na oportunidade, o apóstolo Tenisson Rodrigues que é presidente da Igreja Esperança e Vida e bacharel em Teologia com especialização em Programação de Neuro-Linguística, será empossado como presidente da instituição. 

   22. Além do presidente, a comissão gestora será formada por quatro diretores e outros quatro conselheiros de ética.

   23. A Ame BRASIL é uma entidade estruturada para dar suporte à ação ministerial de pastores e líderes evangélicos de todos o país com a promoção de cursos de capacitação pastoral, assessoria jurídica, mentoria, consultoria psicológica e familiar, dentre outros benefícios. Tendo a diginidade, confiança e excelência como missão, a organização credencia o ministro a cumprir o seu papel da melhor forma.

   24. Salvador registrou a criação de 10.051 mil empregos formais em 12 meses, segundo dados divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), nesta quinta-feira (25). O número é referente a junho de 2018 até o mesmo mês passado e coloca a metrópole soteropolitana como a cidade que mais gerou postos de trabalho com carteira assinada entre as capitais do Nordeste.

   25. Esse índice do Caged é o saldo de admissões e desligamentos contabilizados. Os setores de destaque na criação dos novos postos foram Serviços (6.283), Construção Civil (4.108) e Serviços Industriais de Utilidade Pública (341). Na contramão, tiveram baixas as áreas de Indústria de Transformação (-571), Comércio (-58) e Agropecuária (-25), Administração Pública (-19) e Extrativa Mineral (-8).

   26. No primeiro semestre deste ano, o saldo de empregos formais foi de 3.159. Já em junho passado o saldo foi de 113 postos.

   27. “Salvador tem se destacado na geração de emprego porque a Prefeitura vem atuando de forma precisa na promoção do desenvolvimento econômico e social através das ações do  programa Salvador 360. É com muita satisfação que acompanhamos o crescimento desses números e continuaremos trabalhando para vê-los subir ainda mais”, afirma o titular da Sedur, Sérgio Guanabara.