quinta-feira, 22 de agosto de 2019
Colunistas / Miudinhas
Tasso Franco

PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA E DEPUTADOS REPUDIAM OFENSA A BAHIA

Veja o que disseram o presidente Nelson Leal e os parlamentares baianos da base do governador Rui Costa
23/05/2019 às 19:36
MIUDINHAS GLOBAIS:

   1. As declarações do líder do PSL na Câmara, deputado Waldir (GO) chamando a Bahia de "lixo" governado pelo PT causaram revolta entre parlamentares aliados da base do governador Rui Costa. Veja o que disseram o presidente da Assembleia e deputados. Foi uma declaração, realmente, sem sentido, uma vez que a Bahia está entre os estados da Federação que se destacam pela correção e todas as instituições e órgãos públicos funcionam regularmente.

   2. O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, deputado Nelson Leal, reagiu ao comentário preconceituoso do deputado federal e líder do PSL na Câmara, Delegado Waldir (GO). Para Leal, só o descontrole absoluto e o desconhecimento das regras mais comezinhas do jogo democrático explicam o ataque feito a nosso estado e a nossa gente.

   3. A espantosa e vergonhosa afirmação de que a “Bahia é um lixo governado pelo PT” não pode passar incólume. “Exijo respeito à Bahia e aos baianos. Em mais de 20 anos de vida pública nunca assisti a uma cena como a protagonizada por esse deputado de Goiás, investido da condição de líder partidário”. 

   4. Nelson Leal diz ainda que “a agressão chula, imotivada, ofendeu a todos nós que temos sim, o privilégio de nascer na Bahia, a mesma de Castro Alves, Ruy Barbosa, Anísio Teixeira e tantos baianos notáveis nos mais variados campos da ação humana”, acrescentou o presidente da Assembleia Legislativa.

   5. Ainda de acordo com o presidente da ALBA, o Delegado Waldir deveria encontrar outro bode expiatório para a derrota sofrida em votação democrática, na Câmara que, “sequer”, “tenho certeza, é respaldada pela bancada do PSL, tratando-se de uma manifestação pessoal e infeliz do líder. A Bahia é destaque em gestão e responsabilidade fiscal, a despeito da longa crise que engolfa o Brasil, com reflexo em todos os estados”, concluiu.
                                                              *****
   6. O deputado federal Marcelo Nilo (PSB-BA) rebateu seu colega de Casa, Delegado Waldir (PSL-GO), que chamou a Bahia de "lixo" em uma sessão da Comissão de Educação na Câmara dos Deputados.

   7. "Pedi que ele respeitasse a Bahia, que é terra de povo íntegro, os baianos não aceitam essas colocações. Sempre fomos bem tratados pelos goianos e sempre tratamos bem os goianos. Ele deve no mínimo pedir perdão", declarou Marcelo Nilo. 

   8. Mais cedo, no plenário da Câmara, o parlamentar também bradou contra Waldir."Talvez ele não conheça nosso estado. Nascer na Bahia é uma dádiva de Deus. Não somos lixo, porque a Bahia é um dos estados mais importantes do Brasil. Vossa excelência foi no mínimo infeliz. A Bahia é um celeiro de escritores, cientistas, de grandes homens públicos", discursou.

   9. Vice-líder da bancada do PT na Assembleia Legislativa da Bahia, o deputado estadual Jacó também reagiu indignado às grosserias do deputado Delegado Waldir (PSL), que se referiu à Bahia e aos baianos como "lixo". 

   10. "O Estado da Bahia é o que mais gera empregos e um dos que mais mantém investimentos, tudo isso pagando salários em dia. O  governador Rui Costa é um grande gestor e lidera no Nordeste uma unidade a favor do desenvolvimento regional, que inspirou diversos outros estados em outras regiões do Brasil. Como diz o ditado popular, 'na boca de quem não presta, o que é bom não vale nada', e Bolsonaro e seus aliados não prestam para o Brasil", afirmou Jacó.

   11. Na quarta-feira (22), durante uma discussão com parlamentares na Câmara Federal, o líder do PSL na Câmara dos Deputados chamou a Bahia de "lixo", por ser governado por um governador do PT. Menos de 24 horas depois, o deputado bolsonarista rapidamente divulgou um vídeo em que se retrata perante os baianos e diz que tudo não passou de uma "polêmica", e que sua fala foi adulterada em forma de fake news.

   12. Após o líder do governo Bolsonaro na Câmara dos Deputados, Delegado Waldir (PSL/GO), chamar a Bahia de “lixo”, a deputada estadual Neusa Cadore (PT) defendeu os baianos e disse que o deputado precisa respeitar a população do Estado. “Ele não tem condições mínimas para ser um parlamentar. Não respeita as pessoas. Aliás, a política bolsonarista é feita com ódio e desrespeito. A maioria é fascista e desequilibrada”, avalia Neusa.

   13. As ofensas do líder do PSL ocorreram durante discussão na Comissão de Educação na quarta-feira (22). Além de chamar a Bahia de lixo, o deputado disse que “a Bahia é um lixo governado pelo PT”.

   14. A deputada afirmou que o grupo de Bolsonaro está afundando o país, vendendo as riquezas naturais e sucateando as empresas públicas. Segundo a parlamentar todos estão calados diante da corrupção que envolve a família Bolsonaro e o PSL. “O deputado precisa lavar a boca suja de laranja e dizer onde está Queiroz”, rebateu Neusa.

   15.  O deputado estadual Robinson Almeida (PT-BA), em post no Twitter, rebateu, com indignação, o que considerou "absurda, agressiva e desrespeitosa" declaração do líder do PSL na Câmara Federal, deputado delegado Waldir, que chamou a "Bahia de lixo governado pelo PT". O parlamentar do Estado de Goiás, um dos principais representantes do presidente Jair Bolsonaro no Congresso Nacional, expressa, na avaliação do deputado baiano, “o preconceito explícito do seu chefe, Bolsonaro”.

   16. "Deputado Waldir, líder do PSL, lixo é o governo do qual o senhor faz parte, que tanto mal faz ao Brasil e ao povo brasileiro. Respeite a Bahia, os baianos e o Nordeste", escreveu o parlamentar baiano, que destacou a gestão do governador Rui Costa como "referência nacional de gestão, de formulação e execução de políticas públicas que mudam, pra melhor, a vida dos baian@s".

    17. A declaração foi feita durante discussão em reunião da Comissão de Educação, em que o deputado goiano também chamou estudantes de escolas e universidades públicas de "maconheiros". A polêmica acontece dias antes do presidente cumprir agenda institucional no Nordeste, quando está prevista, na sexta-feira (24), a entrega de casas populares em Petrolina, Estado de Pernambuco, que faz divisa com a baiana Juazeiro, no Vale do São Francisco.

   18. O deputado federal Joseildo Ramos (PT) rebateu, nesta quinta-feira (23), no plenário da Câmara dos Deputados, a fala do líder do partido do Governo Bolsonaro que afirmou que a "Bahia é um lixo governado pelo PT". Para o parlamentar, a fala do deputado Delegado Waldir ainda é uma retaliação retardada à baixa votação do atual presidente no estado durante as eleições de 2018, quando venceu em apenas 4 dos 417 municípios baianos, e perdeu em todas as zonas eleitorais da capital.

   19. "Waldir expôs a face cega, ignorante e fascista do ódio e do preconceito contra o povo nordestino. Essa fala seria inaceitável independente de quem a tivesse dito, mas neste contexto se torna ainda mais grave e pavorosa porque vem de alguém que representa o governo e, portanto, todo o povo brasileiro", afirmou.

   20. Ainda de acordo com Joseildo, a fala do parlamentar "é uma atitude que só inspira pena", principalmente diante da comparação dos progressos entre os governos petistas na Bahia e o governo bolsonarista na presidência. 

   21. "Nós, baianos, temos o estado comandado por Rui Costa, um dos melhores governadores do país que, em 2018, foi também apontado como o governador que mais cumpriu as promessas feitas em campanha. Já esse presidente ainda não disse a que veio. Deve ser frustrante ser líder de uma coisa assim porque nem mesmo dá pra fazer uma comparação", disse.