ter?a-feira, 25 de junho de 2019
Colunistas / Miudinhas
Tasso Franco

PRESIDENTE BOLSONARO teme que o Brasil vire uma Grécia sem a RP

Ora, ninguém nasce para ser presidente, mas, já que chegou ao cargo tem assumir a missão com responsabilidade e não dando essas declarações estapafúrdias
05/04/2019 às 19:03
MIUDINHAS GLOBAIS:

   1. Brincadeira tem hora. O presidente Jair Bolsonaro fez uma espécie de desabafo e um 'mea culpa' diante das dificuldades que o cargo impõe. "Desculpem as caneladas. Não nasci para ser presidente, nasci para ser militar", disse em discurso no Palácio do Planalto para inauguração do Espaço de Atendimento de Ouvidoria da Presidência da República. 

   2. Na quinta, o presidente também se desculpou pelas "caneladas" em reunião com presidentes de alguns partidos, segundo o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni. E, por citado, recentemente, que não praticaria a Política Velha.

   3. Nesta sexta, em tom de brincadeira, ele também afirmou que às vezes se pergunta o que fez para "merecer isso". "Às vezes me pergunto, meu Deus, o que fiz para merecer isso? É só problema", afirmou sobre a função de presidente da República, rindo, ao finalizar sua fala no evento de inauguração. Ele deu a declaração ao falar que não possui qualquer ambição e que não lhe "sobe à cabeça" o fato de ser presidente.

   4. Depois do evento, ao ser questionado se o cargo é mais difícil do que pensava, o presidente negou e falou que "sabia das dificuldades por ser um País grande". Ele justificou que existem "muitos vícios no Brasil". Citou como fatores de preocupação a violência, a empregabilidade e a educação. Sobre a fala de que "não nasceu para presidente", disse, aos risos, que "tem que se virar para não ser engolido".

   5. Questionado se os problemas mencionados no discurso estariam relacionados também às dificuldades no diálogo com parlamentares e partidos políticos, respondeu que "cada um vai defender seus interesses" e que "isso é natural". 

   6. "Temos que convencer o pessoal para mostrar a questão da (reforma) da Previdência. Se não aprovar agora, pelo menos grande parte, daqui dois a três anos vai faltar dinheiro para pagar quem está na ativa, vamos virar uma Grécia", declarou na coletiva de imprensa.

   7. O presidente voltou a admitir que a proposta de capitalização na reforma da Previdência poderá não ser aprovada pelo Congresso e deixar a proposta para outra oportunidade. Ele já havia falado sobre a possibilidade em café da manhã com jornalistas, pela manhã.
                                                                     *****
   8. Mais uma obra de mobilidade urbana será entregue pelo governador Rui Costa em Salvador. Desta vez, será a Avenida 29 de Março, que liga a BR-324 à orla da capital baiana, em Piatã. O ato de entrega será às 9h deste sábado (6) e o acesso ao local do evento deve ser feito exclusivamente pela Via Regional (através da BR-324).
 
   9. No local do evento, o governador participa da Feira Cidadã, uma ação da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), em parceria com as Voluntárias Sociais da Bahia. A feira disponibiliza diversos serviços gratuitos de saúde e cidadania, além de atividades de lazer para moradores da região.
 
   10. O assessor de imprensa Daniel Senna estará no local para mais informações, disponível pelo telefone (71) 99983-6001. Link da localização do ponto de chegada do Governador ao evento: https://maps.app.goo.gl/kPoRV    

   11. Essa avenida foi idealizada no Governo Municipal de Antonio Imbassay e sabem quem colocou o nome: o jornalista Tasso Franco.

   12. Em janeiro de 2019, o Índice de Movimentação Econômica de Salvador (IMEC-SSA), cresceu 2,3% frente ao mês imediatamente anterior, na série livre de influências sazonais.

   13. O resultado exibido neste indicador em relação a janeiro foi determinado, principalmente, pela manutenção do dinamismo da atividade econômica na capital baiana, motivado pelo aumento do fluxo turístico e a antecipação das liquidações do comércio varejista.

   14. Seguindo a mesma trajetória, o indicador apontou expansão 3,9% quando comparado com o mês de fevereiro de 2018, acumulando no ano ampliação de 2,2%. Nos últimos 12 meses o índice marcou expansão de 1,3%.

   15. A Câmara Municipal de Salvador e a Assembleia Legislativa da Bahia receberam projetos de lei de autoria do vereador Marcos Mendes (PSOL) e do deputado estadual Hilton Coelho (PSOL) proibindo o batismo de escolas, logradouros, praças, prédios, repartições públicas e bens da administração pública com nomes de pessoas que constem no relatório final da Comissão Nacional da Verdade como responsáveis por violações dos direitos humanos durante a ditadura militar.
 
   16. Os projetos, cada um em seu âmbito, estabelecem o prazo de um ano, a partir da publicação da lei, para a mudança de nome dos bens públicos que enalteçam quem constar no documento mencionado anteriormente. Proíbe também a utilização de bens ou recursos públicos para eventos em comemoração ao golpe de 1964 e determina a cassação de eventuais honrarias estaduais e do município de Salvador concedidas.

    17. O vereador Marcos Mendes acredita que é preciso se instaurar uma cultura de defesa de Direitos Humanos no Brasil. “O projeto que elaboramos e que foi também apresentado por Hilton Coelho no âmbito da ALBA, tem por finalidade introduzir a Bahia e Salvador, em especial, no rol das legislações de promoção do direito à memória e à verdade em sua dimensão simbólica, coibindo homenagens aos violadores dos Direitos Humanos no âmbito da administração Pública direta e indireta”.

   18. Na próxima terça-feira (9), às 15h30, no Salão Nobre da Câmara de Salvador, será apresentada a planilha referente ao reajuste da tarifa de ônibus. O presidente do Legislativo Municipal, vereador Geraldo Júnior (SD), convidou o diretor presidente da Agência Reguladora e Fiscalizadora dos Serviços Públicos de Salvador (ARSAL), Almir Melo Júnior, que é responsável por fiscalizar e calcular o valor da passagem. O pedido de esclarecimentos foi feito pelos vereadores da bancada de oposição.   

   20. O Escritório das Nações Unidas de Serviços para Projetos (Unops) e a Rede Intergovernamental para o Desenvolvimento das Parcerias Público-Privadas (RedePPP), liderada pela Bahia, renovaram acordo para troca de informações sobre experiências na área de parcerias público-privadas (PPPs). A renovação do acordo é destaque na primeira página do site das Nações Unidas no Brasil (https://nacoesunidas.org/).

   21. O acordo, conforme o site, visa à promoção dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), da sustentabilidade e da igualdade de gênero nas políticas públicas relativas às PPPs. Também impulsiona a cooperação para realização de eventos e intercâmbios de boas práticas e o trabalho conjunto para aprimorar o marco legal e as capacidades do setor público na área de PPPs.

   22. Claudia Valenzuela, representante do Unops no Brasil, explica que as PPPs são importantes para o alcance dos ODS. “O ODS 17 trata exatamente sobre a promoção deste tipo de parceria e sua importância para todos os outros objetivos”, disse. Assim, colaborar com a rede que reúne estados e municípios brasileiros é uma ótima forma de apoiar os governos para que alcancemos juntos os ODS”, salientou.

   23. A Diretoria de Ações de Proteção e Defesa do Consumidor (Codecon), órgão ligado à Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop), notificou, nesta sexta-feira (05), a empresa aérea Avianca (Oceanair Linhas Aéreas) e a Vinci Airport, concessionária que administra o Aeroporto Internacional Deputado Luís Eduardo Magalhães, por conta da suspensão de voos anunciada já a partir desta segunda-feira (08). 

   24. Ambas deverão, no prazo de 72 horas, apresentar esclarecimentos sobre os procedimentos adotados para garantir os direitos de consumidores que adquiram passagens aéreas previamente. Em caso de descumprimento, a Codecon pode multar as empresas em valores que variam de R$650,00 e R$ 9,5 milhões.

   25. Dois fiscais do órgão irão acompanhar, a partir desta segunda-feira (08), o embarque de passageiros no terminal do aeroporto. De acordo com Roberta Caires, diretora da Codecon, o órgão já acompanha as atividades do setor aéreo em Salvador há bastante tempo. 

   26. A Avianca tá falida e não vai adiantar nada.

   27. Em reconhecimento aos serviços prestados, à fibra e à coragem dessas mulheres de farda, o deputado estadual Dr. David Rios quer instituir o “Dia Estadual a Mulher Policial Militar” . Pelo projeto encaminhado à Assembleia Legislativa da Bahia, a data pode ser comemorada todo 30 de Abril, quando também se celebra o Dia Nacional da Mulher.

   28. Segundo o parlamentar, ao longo dos anos, as policiais militares femininas se superam, enfrentando diversos perigos no cumprimento do dever e demonstrando à sociedade que zelar pela segurança e pela patrimônio, público e privado, é também uma ação que pode ser desempenhada, com dedicação, destemor e eficiência pelas mulheres. "As policiais militares são verdadeiras guerreiras que enchem de orgulho a centenário corporação da Polícia Militar da Bahia”, observou Dr. David Rios.