segunda-feira, 24 de junho de 2019
Colunistas / Miudinhas
Tasso Franco

TAPETE BRANCO DA PAZ vira TAPETE AMARELO e gera criticas no Gandhy

Mexer numa tradição de 70 anos como o Afoxé Filhos de Gandhy não é coisa fácil e a mudança da cor para o Carnaval 2019 não agradou
28/02/2019 às 19:00
  MIUDINHAS GLOBAIS:

   1. Com tradição cultural não se deve mexer sem uma consulta prévia à populaçaão ainda mais quando se trata do Afoxé Filhos de Gandhy que completa 70 anos neste Carnaval. Ora, tradicionalmente, a veste dos associados durante o momo era uma fantasia nas cores azul e branco, com mais destaque para o branco. incluindo o turbante no modelo indiano. Daí veio a expressão "tapete branco da paz" quando o afoxé desfila e forma um imenso conjunto de pessoas vestidas nessas cores.

   2. Com a divulgação nas redes sociais da nova fantasia do afoxé com destaque para o amarelo sombreado pelo azul e branco as críticas foram imediatas. Mais para desgosto do que para gosto. Ficou uma coisa esquisita e dourada o que sepulta a principal marca do afoxé, o tapete branco da paz. Como a imprensa vai citar a passagem do Gandhy, especialmente as redes de TV com esse modelo fora do contexto?  

   3. Em A Tarde, o vice-reitor da Universidade Federal da Bahia (UFBA), Paulo Miguez, especialista em Carnaval, a inovação na roupa do bloco pode estar associada a uma mudança pontual.

   4. "Não enxergo como pode ser ruim qualquer forma de mudança de tradições. Tudo precisa do novo, da transformação e da experimentação. O Gandhy coloca o dourado este ano, mas ano que vem volta a sair com o branco e azul. Não encaro como uma descaracterização, mas uma mudança pontual por algo que esteja acontecendo. Resta perguntar para o responsável para saber o motivo dessa mudança", comentou Miguez.
                                                            ***** 

   5. Em delação premiada, homologada pelo Supremo Tribunal Federal (STF), o executivo da empreiteira OAS, Adriano Santana, afirmou ter montado um esquema para pagamentos de Caixa 2 e propina para o então governador da Bahia, Jaques Wagner (PT), segundo o jornal O Globo.

   6. Na delação, Adriano Santana, revela entre 2012 e 2013 Wagner teria recebido propina no valor de R$ 1 milhão. No documento também são citados repasses de Caixa 2 associados a Wagner, entre 2010 e 2012, mas o valor não foi informado. O intermediário de Wagner para o recebimento da propina e no caixa era, conforme Santana, o empresário Carlos Daltro, ex-funcionário da OAS.

  7. Em nota enviada pela assessoria, o atual senador da Bahia afirmou que não irá comentar a delação. “A defesa do senador Jaques Wagner informa que não comentará uma informação que desconhece, sobre uma suposta delação premiada à qual sequer teve acesso”, disse.

   8. Além de Wagner, o delator também afirmou que o deputado federal Nelson Pelegrino (PT-BA) teria recebido R$ 1 milhão da OAS, via Caixa 2, em 2012, ano em que disputou e perdeu a eleição para a Prefeitura de Salvador. 

   9. O também deputado federal Marcelo Nilo (PSB-BA) também foi citado por Santana, que afirmou que ele recebeu “vantagem indevida” da OAS. Os valores teriam sido pagos entre 2012 e 2013 e variavam de R$ 50 mil a R$ 400 mil. Nilo também negou as acusações.
                                                                                  *****
  10. Os secretários municipais de Saúde, Luiz Galvão, e de Mobilidade, Fábio Mota, fazem o balanço do primeiro dia oficial de folia momesca nesta sexta-feira (29), a partir das 10h, na Sala de Imprensa Oficial Paulo Gaudenzi, na Praça Dois de Julho, no Campo Grande. Também participa da coletiva o inspetor-geral da Guarda Civil Municipal, Alysson Carvalho. Na ocasião, eles irão divulgar os números da folia e estarão à disposição da imprensa. 

   11. A Procuradoria Geral do Estado da Bahia atuará, durante o carnaval 2019 (1º a 06 de março), em regime de plantão para atender as demandas emergenciais da Administração Pública. O órgão prestará consultoria e assessoramento jurídico às Secretarias Estaduais através de um grupo de procuradores definido pelo procurador geral.

   12. Estarão à disposição para atendimento das demandas emergenciais, além da procuradora geral adjunta, representantes das Procuradorias Administrativa, Judicial, Fiscal, de Controle Técnico e Procuradoria do Interior.

   13. Na Procuradoria Administrativa, os núcleos que terão procuradores de plantão são: Previdenciário, Pessoal, de Controle Administrativo Disciplinar, Licitações e Contratos, Parcerias, Setorial de Segurança Pública e de Saúde, o de atuação junto ao Tribunal de Contas e o de Patrimônio e Meio Ambiente (consultoria e contencioso).

   14. Vai rolar um forrozinho dos bons durante o Carnaval de Salvador. Quem aterriza na capital baiana é o paraibano Ranniery Gomes. O cantor, compositor e sanfoneiro estreia na folia e já tem apresentações marcadas nesta quinta-feira (28 de fevereiro) no Camarote Mirante, no Circuito Barra/Ondina; na sexta-feira (1º de março) também no Camarote Mirante e participação no trio com a banda Papazone no Circuito Barra/Ondina e no sábado (2 de março) participação no Camarote Vila Mix, no Circuito Barra/Ondina.  

    15. No mercado musical desde os 12 anos quando começou a tocar em barzinhos, Ranniery foi descobrindo o prazer e a complexidade da sanfona por grandes nomes do forró como o Rei do Baião Luiz Gonzaga e Dominguinhos. “A sanfona me encantou, um instrumento complexo e completo, eu ficava em casa sozinho trancado no meu quarto tentando decifrá-lo.”, diz o artista. 

   16. Segundo dados divulgados pela RedeTV! ao Estado, a média de audiência da partida do Corinthians foi de dez pontos. Os números são do Kantar Ibope. O canal registrou com o jogo a sua melhor audiência desde 2011. A transmissão foi uma parceria com a empresa italiana DAZN e contemplou também plataformas como redes sociais e a internet, inclusive no site do Estado.

   17. O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira, durante café da manhã com jornalistas, que está disposto a negociar alguns pontos da sua proposta de reforma da Previdência, entre eles baixar a idade mínima de aposentadoria para mulher, de 62 para 60 anos. Bolsonaro também admitiu mudanças no Benefício de Prestação Continuada (BPC), que é pago para idosos e deficientes de baixa renda, e na pensão por morte. 

   18. Até a tarde desta quinta-feira (28), o Departamento Estadual de Trânsito ( Detran) já tinha registrado a vistoria de quase 200 trios elétricos, no Parque de Exposições de Salvador. O serviço foi acompanhado pelo novo diretor-geral do órgão, Rodrigo Pimentel. 

   19. A avaliação técnica dos veículos segue nesta sexta-feira (1°) de Carnaval, até às 18h. "Estamos com a equipe de prontidão para atender os retardatários. Tivemos alguns casos da necessidade de ajustes em equipamentos obrigatórios, para garantir a segurança dos trios na avenida", relatou Pimentel.

   20. O diretor também visitou a Central de Trânsito, instalada na Avenida Ademar de Barros, em Ondina, que iniciou o atendimento aos foliões na noite de quinta-feira (28). O espaço vai funcionar nos dias de folia, das 8h às 22h, com uma equipe de servidores das áreas de habilitação, veículos, fiscalização, informática e comunicação e da Ouvidoria do Detran.

   21. No local, será possível tirar a segunda via da carteira de habilitação e do documento do veículo, além da liberação de carros e motos removidos das vias, mediante identificação e pagamento de taxas. "Foi uma preocupação do Governo do Estado oferecer comodidade ao folião que tiver o transtorno de perder documentos ou ficar sem carro. Se isso acontecer, ele vai resolver o problema com rapidez, aqui na nossa Central", afirmou Pimentel.

  22. O Programa Primeiro Emprego, que visa ampliar a capacidade de inserção no mercado de trabalho de egressos do ensino técnico da Rede Estadual de Educação Profissional, chega a dois anos de contratos em vigor no Estado. Atualmente, há 4.847 jovens atuando em diversas instituições públicas pela Bahia e mais de dois mil em empresas privadas. Ao todo, são mais de sete mil contratos nesse período.

   23. Atualmente, há 4.847 jovens atuando em diversas instituições públicas pela Bahia e mais de dois mil em empresas privadas. Ao todo, são mais de sete mil contratos nesse período.

   24. Uma das beneficiárias é Grasiele Portugal, 20, que está no programa desde julho de 2017. Moradora do bairro de Plataforma, no subúrbio ferroviário de Salvador, Grasiele estudou no Colégio Estadual Democrático Bertholdo Cirilo dos Reis, em São João do Cabrito, onde cursou o Ensino Médio Profissionalizante – Técnico em Administração, e concluiu em dezembro de 2016.

   25. Quando soube da publicação do seu nome no Diário Oficial do Estado, ela agilizou a documentação para iniciar no trabalho. "Para mim foi um motivo de muita alegria, pois eu já tinha participado de várias seleções de emprego, e não havia nenhum retorno positivo. Estar trabalhando hoje na Saeb é motivo de crescimento pessoal e profissional e eu só tenho a agradecer pela oportunidade", destacou.