ter?a-feira, 17 de setembro de 2019
Colunistas / Miudinhas
Tasso Franco

VENEZUELA A BEIRA DE UMA GUERRA: presidentes disputam forças armadas

O presidente Jair Bolsonaro está reunido com nove ministros de Estado em Brasília diante crise com Venezuela
22/02/2019 às 18:53
   MIUDINHAS GLOBAIS:

    1. O apoio dos militares está em disputa na Venezuela pelo líder chavista, Nicolás Maduro, o qual publicou vídeo nas redes sociais para demonstrar respaldo à Força Armada Nacional Bolivariana; e do outro lado, Juan Guaidó, que tenta se impor como presidente interino venezuelano, deu ultimato aos combatentes para que passassem a apoiar a entrada da ajuda humanitária retida nas fronteiras do país.

    2. Os carregamentos de comida, remédios e itens de higiene deveriam chegar neste sábado (23) à Venezuela, do Brasil e da Colombia, conforme Guaidó anunciou. O regime de Maduro, no entanto, rejeita a ajuda por considerá-la um pretexto para invasão militar ao país.

   3. Segundo El Diario de Caracas, o Presidente da Assembleia Nacional (AN), Juan Guaidó fez um chamado o Nacional Forças Armadas Bolivariana (fãs) e todos os venezuelanos que estão dispostos a ser parte de uma solução para a crise que dar um passo como o general Hugo Carvajal, Ele também condenou os eventos que ocorreram em Kumarakapay.

   4. Presidente Guaidó expressa através da rede social Twitter "Apelo ao #FANB e todos os venezuelanos que estão dispostos a ser parte de uma solução para a crise sem violência, a dar um passo como o general @ hugocarvajal4F .. Só então haverá garantias e reconhecimento para o seu futuro e o de todos "

   5. Juan Guaidó:  Como presidente (E) eu faço uma chamada para o #FANB e todos os venezuelanos que estão dispostos a ser parte de uma solução para a crise sem violência, a dar um passo como o general @ hugocarvajal4F

   6. Juan GUIADA relatou que, na comunidade de Kumarakapay, 2 tropas dispararam rajadas de armas de fogo contra os cidadãos que estavam no posto de controle Pemon da GNB.

   7. Os ferimentos de bala índios em abordar esta madtugada eram do Hospital de Santa Elena de Uairen para o Brasil por falta de remédios e falta de insumos para servi-los.

   8. Juan Guaidó perguntou o M / G Jesus Mantilla Oliveros, G / D Alberto Bermúdez Mirtiliano: eles capturaram e entregou os responsáveis ​​pela repressão e assassinato do Pemon em Kumarakapay que apoiou a ajuda humanitária.

   9. Ainda segundo El Diario de Caracas, dnde quer que você coloquem seus ouvidos na fronteira entre a Venezuela e a Colômbia, você ouve um comentário sobre a ajuda humanitária. Às vésperas da eventual entrada dessas doações no país governado por Nicolás Maduro, abundam especulações nesta terra climática e politicamente quente.

   10. Em pontes que ligam estas nações a expectativa de transeuntes se traduz em uma redundância fatalista ou romântico, depende de quem você ouve, mas sempre pintado pelo jocularity desses cidadãos como iguais movimento de um país para outro.

   11. Quando só faltam horas para a entrada programada para ajuda Venezuela que se acumulam na cidade colombiana de Cucuta, potenciais primeiros beneficiários que residem nos municípios fronteiriços de Táchira estado venezuelano de incerteza e esperam um ambiente parcialmente militarizada.

   12. Esta semana aumentou o número de policiais, militares, serviço de inteligência ou de homens mascarados que monitoram veículos que passam em vários pontos e andando áreas a bordo de tanques e comboios ou andando na moto com armas nas mãos.
                                                              *****
   13. Para inibir a venda irregular de credenciais de moradores, que dão acesso a áreas restritas durante o Carnaval 2019, a Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador) tem monitorado redes sociais e sites de compra e venda de produtos, a fim de identificar aqueles que estiverem comercializando os adesivos. Os proprietários que forem flagrados pela autarquia terão as credenciais canceladas para este ano, e o acesso às áreas restritas estará proibido.
 
   14. Os moradores das zonas de restrição que forem flagrados comercializando os adesivos também não receberão as credenciais no próximo ano. Para que possam adquiri-las novamente, deverão comparecer à autarquia para prestar esclarecimentos. “Estes adesivos devem ser utilizados apenas pelos moradores da região, sendo irregular a comercialização dos mesmos”, afirmou o superintendente do órgão, Fabrizzio Muller.

    15. A Transalvador alerta que, geralmente, quem compra estes adesivos não são foliões com intenção apenas de curtir a festa, mas sim pessoas com outros interesses – como motoristas de transporte clandestino, que colocam em risco a vida dos passageiros no trânsito. As credenciais que forem identificadas durante a festa terão o acesso proibido e o adesivo será retirado do veículo.

   16. O presidente da Câmara Municipal de Salvador, vereador Geraldo Júnior (SD), afirmou que vai criar um cronograma para a convocação dos aprovados no concurso público realizado em fevereiro de 2018. Em uma visita de cortesia ao Ministério Público, nesta quinta-feira (21), o presidente reforçou que o chamamento será definido em uma reunião no dia 14 de março.

   17. Participaram ainda do encontro, o diretor administrativo, André Ferraz, e a procuradora-geral da Casa, Mila Humildes Pinheiro.  “Apresentamos a direção jurídica e administrativa da Câmara à promotora Rita Tourinho. Reforçamos a parceria com o Ministério Público com suas recomendações de legalidade, moralidade e responsabilidade no trato com a coisa pública. 

   18. Além disso, reforçamos o compromisso de convocar os concursados e vamos criar um cronograma”, salientou o gestor do Legislativo.

   19. O cronograma para convocação dos aprovados no concurso será definido em reunião com a Diretoria Administrativa e a Procuradoria Jurídica da Câmara juntamente com a comissão de concursados. Na reunião, também foram discutidos cursos de capacitação para servidores e vereadores.

   20. O receptivo especial da Secretaria do Turismo da Bahia, durante o Carnaval, terá 220 profissionais. Além de Salvador, o projeto Guias e Monitores também será realizado em Porto Seguro e Praia do Forte. O objetivo da ação é oferecer a turistas e baianos informações turísticas precisas e com qualidade.

   21. Os atendimentos serão realizados por profissionais qualificados em português e outros 10 idiomas: inglês, espanhol, italiano, francês, alemão, grego, japonês, holandês, mandarim e russo. Um dos destaques do projeto é a presença de intérpretes da Língua Brasileira de Sinais (Libras). A operação será iniciada às 7h de quinta-feira (28) e seguirá até a meia-noite da terça-feira (6 de março).

   22. Na capital, haverá guias e monitores nos portões de entrada (aeroporto, estação rodoviária, porto, terminal náutico e ferry-boat), nos três circuitos do Carnaval (Dodô, Osmar e Batatinha), pontos turísticos e hotéis.

   23. Quatro postos provisórios do Serviço de Atendimento ao Turista (SAT) serão montados na Praça Municipal, Campo Grande, Barra e Ondina, com oferta de informações sobre o Carnaval e roteiros para passeios turísticos próximos de Salvador. As estruturas terão Wi-Fi, pontos para carregamento de celular, lounge e cenários para fazer fotos e divulgar nas redes sociais.