segunda-feira, 13 de julho de 2020
Shows

Beth Goulart e Nicette Bruno participam de live do Balé Folclórico BA

Dia 2 de junho
Carolina Campos , Salvador | 02/06/2020 às 15:56
Beth Goulart e Nicette Bruno
Foto: Divulgação

A atriz, bailarina e cantora Beth Goulart e sua mãe, a atriz Nicette Bruno, são as próximas convidadas do projeto  “BFB on live”, série de transmissões ao vivo promovidas pelo Balé Folclórico da Bahia. Na terça-feira, dia 2 de junho, às 20 horas, Vavá Botelho, fundador e diretor geral do Balé, recebe as duas atrizes brasileiras para um bate papo sobre a cultura e o momento atual. Em seguida, na quinta-feira, dia 4, o BFB on live terá como convidados dois ex-bailarinos do Balé Folclórico da Bahia: Rafael Leal, que também é coreógrafo, ator e cantor e hoje atua em São Paulo, e a bailarina Edilene Alves, coreógrafa de Leo Santana e Ivete Sangalo e produtora artística.

 

Tendo como convidados grandes nomes da dança no Brasil e no mundo e personalidades do universo artístico-cultural, as transmissões do BFB on live acontecem sempre às terças e quintas-feiras, no insta do Balé Folclórico da Bahia @bfdabahia

 

“As lives são um meio de nos mantermos, de alguma forma, em movimento e próximos do nosso público, além de promovermos um diálogo sobre o momento atual da cultura, neste período da pandemia do Covid-19”, afirma Vavá Botelho. “Somos, seguramente, um dos principais embaixadores da cultura popular brasileira e afro-baiana para o mundo e, além do trabalho artístico, temos uma importante função social, é fundamental nos mantermos em movimento e em evidência”, explica o diretor geral da companhia.

 

O premiado Balé, única companhia profissional de dança folclórica no país, completa 32 anos no dia 7 de agosto, e já se apresentou em mais de duzentas cidades e 24 países, incluindo Estados Unidos, Itália, Inglaterra, Bélgica, Canadá, Dinamarca, Nova Zelândia, Austrália, Alemanha, França, Holanda, Suíça, México, Chile, Colômbia, Finlândia, Suécia e África do Sul, dentre outros.

 

O grupo, que já foi reconhecido  pela Associação Mundial de Críticos como a melhor companhia de dança folclórica do mundo, arrebatou a admiração da poderosa Anna Kisselgoff, crítica de dança do The New York Times. "O prazer dos dançarinos, músicos e cantoras em fazer o que eles fazem sobre o palco é tão obviamente parte da vida deles que contagia todo o teatro”, escreveu Kisselgoff. “Eu já assisti seus maravilhosos bailarinos em diferentes países, sempre se comunicando com o público. Crianças e adultos são tomados de imediato pelos ritmos e encantos de sua arte", declarou a jornalista numa das suas criticas para o jornal norte-americano.

 

 

 

Programação BFB on live

 

 

A programação do BFB On Live nas próximas semanas contará com a participação da atriz e bailarina Claudia Raia (RJ); do cantor e compositor,  Caetano Veloso (BA);  da diretora artística do Teatro Castro Alves (BA), Rose Lima; da atriz e bailarina, Ângela Vieira (RJ);  da bailarina,  coreógrafa e professora de dança, Tereza Cintra Monteiro (Ba);  do bailarino e coreógrafo  Anselmo Zola, diretor artístico da Studio3 Cia de Dança e da Semana Paulista de Dança (SP);  do criador e diretor artístico da Bienal de Dança de Lyon (França), Guy Darmet;  da bailarina, coreógrafa e professora de dança, Vânia Oliveira (Ba); Beth Rangel, bailarina, coreógrafa e professora de dança da Escola de Dança da UFBa;  Paulo Dutra, bailarino, coreógrafo, fundador e diretor artístico do Festival Internacional de Folclore de Passo Fundo (RS); Edeise Gomes, bailarina, coreógrafa e professora de dança (BA);  do bailarino, Jorge Silva, professor de dança e coreógrafo (BA); Rosângela Silvestre, bailarina, coreógrafa internacional, professora de dança e criadora da técnica “silvestre” em dança afro (para o Balé Folclórico da Bahia criou as coreografias “Fêmeas”, “Ginga” e “Afixirê”, sendo esta última o carro-chefe da companhia, aclamada no mundo inteiro pela crítica internacional) e Hugo Martins, bailarino do BFB e coreógrafo (MG).

 

Em seus 32 anos de atuação, o Balé Folclórico da Bahia já formou mais de 700 bailarinos. A maioria deles de origem muito simples, que aprenderam os primeiros passos de dança no Balé e hoje brilham em grandes companhias internacionais do mundo.

 

Dentre os ex-bailarinos do Balé, que ganharam o mundo, e já confirmaram presença nas lives: Slim Mello, do Ballet Bolshoi e solista do Alvin Ailey Dance Theater , em Nova York; Alan Eufor , atualmente professor de dança e de capoeira em Moscou, na Rússia; Edilene Alves, bailarina e coreógrafa de Ivete Sangalo e Leo Santana; Hugo Cortez, bailarino do musical Rei Leão na Alemanha, Holanda e Londres, músico do grupo STOMP em Londres; Rafael Leal, bailarino, ator e cantor em São Paulo; Carlos Santos, coreógrafo e professor de dança em Nova York; Guilherme Duarte,  bailarino do musical Rei Leão na Alemanha e Holanda, ator e artista plástico (Alemanha);  Joaquim Santana, do Complexions Dance Group (Inglaterra); Jean Salomão, bailarino do musical Rei Leão na Alemanha, Espanha e Inglaterra;  E também, o ex-percussionista do Balé Folclórico da Bahia, José Luís Nascimento, que atualmente é músico atuante em diversas bandas musicais na Europa.

 

Dentre os nomes que já participaram do BFB on live nas últimas semanas, estão as atrizes Gloria Pires e Marisa Orth, a coreógrafa Lia Robatto, fundadora da Escola de Dança da UFBa e Escola de Dança da FUNCEB (BA);  Ingrid Silva, bailarina principal do Ballet of Harlem (Nova York); a bailarina Ana Botafogo, do Theatro Municipal do Rio de Janeiro;  a coreógrafa e professora de dança afro, Nildinha Fonseca, primeira bailarina do Balé Folclórico da Bahia e Tainara Cerqueira, professora de dança afro, idealizadora e coreógrafa da Cia. de Dança AfroOyá (SP).  

 

Para ficar por dentro da programação, datas e horários das lives, siga a página do Balé Folclórico da Bahia no Instagram @bfdabahia