ter?a-feira, 02 de junho de 2020
Saúde

EPIDEMIA DO CONVID NA FRANÇA: 2.523 MORTOS E 499 NAS ÚLTIMAS 24 HORAS

Com Le Monde informações
Tasso Franco , da redação em Salvador | 31/03/2020 às 17:36
Covid na França
Foto: EFE

O Covid-19 causou 3.523 mortes em hospitais franceses, incluindo 499 desde segunda-feira, o maior aumento diário observado até agora. A avaliação francesa excede, terça-feira, os números oficiais comunicados por Pequim, que declara 3.305 mortos na China. Foram mais 499 mortes nas últimas 24 horas.

22.757 pessoas estão hospitalizadas, incluindo mais de 5.565 casos pesados ​​admitidos em terapia intensiva - 458 pacientes a mais do que ontem. 52.128 pessoas testaram positivo por PCR no Covid-19, ou 7.578 desde a última avaliação de Jérôme Salomon, diretor geral de saúde, na segunda-feira.

Para lidar com essa epidemia, remessas de máscaras continuam chegando na França da China. No final de sua visita a uma fábrica perto de Angers, terça-feira, Emmanuel Macron queria "total e completa independência" da França "até o final do ano" na produção de máscaras .

Gérald Darmanin, Ministro da Ação e Contas Públicas, anunciou o atraso de uma semana na declaração de impostos. Para aqueles que fizerem sua declaração em papel, também terão direito a "um mês adicional, especialmente aqueles que precisam ir a centros públicos de finanças", segundo o ministro.

O gendarme do medicamento alerta sobre os possíveis "efeitos colaterais graves" dos tratamentos testados contra o coronavírus e indica que em nenhum caso eles devem ser usados ​​para automedicação.