quinta-feira, 02 de abril de 2020
Saúde

CORONAVIRUS: NA ITÁLIA, EM 24H, AUMENTAM NUMERO DE MORTOS E DE CURADOS

Com Il Manifesto informações
Tasso Franco , da redação em Salvador | 25/03/2020 às 19:28
Os heróis anônimos na Itália
Foto: IM
Mais 3.612 infecções (ontem 3.780) que atingiram um total de 54.030 (ontem houve 50.418). As vítimas são 743 (ontem 601), totalizando 6.820 mortes desde o início da epidemia.

Os curados são 894 (ontem 408), no total são 8.326. Finalmente, as internações em UTI aumentaram 192 unidades (ontem 195) nas últimas 24 horas, elevando o número total de hospitalizados para 3.396. Na Itália, houve 69.176 casos no total de Covid-19 desde o início da epidemia.

PEQUENO ALENTO
Após dois dias em que o número de mortes por dia havia caído, aqui está um banho meio frio. O número de ontem é de 743 vítimas, 141 a mais do que no dia anterior, e próximo ao recorde registrado no sábado (793). No entanto, assim como as gotas dos últimos dias deveriam ser tomadas com um alicate, o número de vítimas não é suficiente para cancelar a tendência de longo prazo.

As outras questões do boletim comunicadas pelo chefe da proteção civil Borrelli, de fato, estão alinhadas com as positivas timidamente dos últimos dias. As internações na UTI aumentaram "apenas" em 192 unidades, mais ou menos como segunda-feira. Atualmente, existem pouco mais de 54.000 pessoas doentes (ou seja, excluindo as que foram curadas e as que morreram). 

O último grupo continua a crescer em número, mas pelo terceiro dia o aumento está diminuindo. No entanto, a queda não depende da desaceleração da infecção, mas do aumento das mortes já mencionadas e das pessoas curadas em 24 horas: 894 contra 408 no dia anterior. Os casos positivos registrados ontem, por outro lado, cresceram 5300 unidades, 500 a mais que as 4800 do dia anterior. No total, foram quase 70 mil exames positivos desde o início da epidemia.