segunda-feira, 09 de dezembro de 2019
Saúde

Serviço de Psicologia do HAM comemora 30 anos

a programação aconteceu nos dias 29 e 30 de novembro
Diniz , Salvador | 02/12/2019 às 17:52
Serviço de Psicologia do HAM comemora 30 anos
Foto: divulgação
O serviço de Psicologia do Hospital Aristides Maltez (HAM) comemorou no final de semana 30 anos de funcionamento. Foram realizadas várias atividades  como cursos, palestras, rodas de conversas e uma apresentação especial do coral Viva Vida do Grupo Gama, regido pelo maestro Paulo Emilio.
Contando com palestrantes nacionais, além de ex-colaboradores do setor, a programação aconteceu nos dias 29 e 30. recebeu o nome de “Psico-oncologia em Pauta’. A psicóloga Suzane Bandeira, coordenadora do serviço disse que promover um evento como esse é ratificar a importância da psicologia hospitalar e seus resultados positivos.
“O serviço de Psicologia do HAM tradicionalmente faz muitos eventos, não só de Psicologia como também de Psico-oncologia, o que com certeza contribui para a formação de estudantes que vão se aprimorar na área hospitalar. Muitos deles passam por aqui, seja como estagiários ou residentes, e isso nos dá muito orgulho e satisfação”, disse Suzane.
A psicóloga Martha Castro, durante o curso de “Instrumento de avaliação da ansiedade e depressão na dor oncológica”, falou sobre a relação da tecnologia com o mal do século: a ansiedade. “O homem está se perdendo nas fragilidades dessas relações: da tecnologia, do investimento pessoal, do pensamento… Essa ansiedade de viver está nos deixando doentes, é uma eterna corrida contra o tempo. E eu vejo essa ansiedade tomando conta de nós por todas as vias. Como a gente fica muito ansioso em relação às perspectivas do tempo, aí vem os demais sentimentos: medo, angústia… É uma busca desenfreada para viver tudo e uma sensação de vazio por achar que não viveu o que queria. A tecnologia vem corroborar para toda essa ansiedade. Precisamos nos cuidar e ser atentos conosco e com o próximo”, ressalta.
As psicólogas do HAM, Fernanda Brain e Rocío Quintana, como colaboradoras da unidade hospitalar, ministraram o segundo mini-curso do evento, apresentando a atuação da Psicologia na Oncopediatria, bem como a importância do trabalho em equipe multiprofissional para uma melhor assistência ao paciente.
Já o segundo dia começou  presença de Belkiss Wilma Romano, fundadora e primeira presidente da Sociedade Brasileira de Psicologia Hospitalar e autora de uma das “bíblias” da Psicologia Hospitalar: “Manual de Psicologia Clínica para Hospitais”. O evento seguiu com mesas e apresentações das atualidades do serviço de Psicologia e de trabalhos de doutorado, residência e estágio de atuais e antigos membros.
O encerramento ficou por conta de Maria do Carmo Mendes, que coordenou o serviço por muitos anos e por um momento emocionante, que reuniu as atuais e antigas integrantes do setor de Psicologia. Houve também uma confraternização, quando os presentes cantaram parabéns pelos os 30 anos do serviço, acompanhada por um pocket show do voluntário Felipe Bandeira.