quarta-feira, 18 de setembro de 2019
Saúde

Liraa aponta que SSA segue em alerta para possível epidemia de dengue

A Prefeitura promoverá nesta sexta-feira (23) mutirões simultâneos em quatro bairros da cidade
SMS ASCOM , Salvador | 22/08/2019 às 20:13
Liraa aponta que SSA segue em alerta para possível epidemia de dengue
Foto: divulgação
O Levantamento de Índice Rápido para o Aedes aegypti (LIRAa), realizado entre 08 a 12 de julho, revelou que a capital baiana segue em alerta para uma possível epidemia das arboviroses (dengue, zika vírus e chikungunya). O estudo apontou que o Índice de Infestação Predial (IIP) no município se manteve estável em relação ao levantamento anterior (abril/2019) com o índice de 2,7%, ou seja, a cada 100 imóveis visitados, aproximadamente três apresentaram focos mosquito.
Apesar do índice de infestação permanecer estável comparado ao último estudo, o novo LIRAa apontou que Salvador reduziu o número de bairros com alto risco endêmico, passando de 28 de para 14 localidades com indicador acima de 4%.
"É um resultado muito tímido levando em conta todos os esforços da gestão em manter a cidade livre das doenças que são causadas pelo mosquito. É importante que a população também faça o seu papel e nos ajude nesse trabalho ininterrupto limpando seus respectivos quintais, ficando atentos aos vasos de plantas e mudando hábitos como deixar de jogar lixo nas ruas. Se todos não fizerem a sua parte, fragiliza o nosso trabalho” pontuou Isolina Miguez, subcoordenadora de Controle das Arboviroes.
A Lagoa da Paixão e Valéria foram os bairros que apresentaram maior índice de infestação (9,9%), seguido da Coutos e Vista Alegre (7,3%), além de Lobato, Plataforma e São João do Cabrito (7,0%). Já a localidade da Boca do Rio apresentou o indicador mais baixo da cidade com 0,2%.
Mutirões de limpeza - Nesta sexta-feira (23), a partir das 08 horas, as equipes do Centro de Controle de Zoonoses em conjunto com a LIMPURB realizarão mutirões simultâneos em quatro bairros da cidade. Durante a ação, os agentes de combate ás endemias visitarão as comunidades de Vila Canária, Vale dos Lagos, Pituba e Amaralina. Na mobilização, os moradores deverão colaborar com a iniciativa descartando entulhos e materiais inservíveis que podem ser colocados em frentes as suas casas para recolhimento. Além disso, os profissionais vão atuar com visitas casa a casa para identificação e eliminação dos criadouros do vetor, além do tratamento de focos em terrenos baldios e busca ativa de indivíduos com sintomas dos agravos.
Armadilhas – Mais uma linha de atuação para o enfrentamento ao Aedes aegypit na cidade foi implantada pela gestão nesta semana. Os agentes de combate às endemias iniciaram a instalação de armadilhas contra o mosquito em localidade do Distrito Sanitário São Caetano/Valéria. Durante a iniciativa que visa expandir os modos de controle do índice de infestação predial na capital baiana, cerca de 120 produtos do modelo Loc ovitramp foram colocados em pontos estratégicos da região.

 

Programação das ruas beneficiadas pelos mutirões de limpeza nesta sexta-feira (23):

 

TRAVESSA CLEMILDA/ TRAVESSA. IPITANGA/ 1ª TRAVESSA SÃO PEDRO/ 2ª TRAVESSA SÃO PEDRO/3º TRAVESSA SÃO PEDRO – BAIRRO DE VILA CANÁRIA 

ESTRADA DA MURIÇOCA/ CENTRO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO INFANTIL LÍRIO DO VALE – BAIRRO DE VALE DOS LAGOS

ALTA ALAMEDA BENEVENTO, 63 – BAIRRO DA PITUBA

RUA DAS UBARANAS, 173 (PRÓXIMO AO CENTRO ESPÍRITA PAULO E ESTÉVÃO) – BAIRRO DE AMARALINA