sexta-feira, 14 de agosto de 2020
Salvador

Ilhas de Salvador terão atendimento médico ampliado no combate à Covid

O anúncio foi feito através das redes sociais pelo prefeito ACM Neto nesta sexta-feira (12)
Secom Salvador , Salvador | 12/06/2020 às 19:58
Ilhas de Salvador terão atendimento médico ampliado no combate à Covid
Foto: Max Haack/Secom

As três ilhas pertencentes a Salvador – Bom Jesus dos Passos, dos Frades (Paramana) e de Maré – estão recebendo uma série de ações promovidas pela Prefeitura neste momento de enfrentamento à Covid-19. Dentre as iniciativas estão um “gripário” e a atuação ampliada das equipes das três Unidades de Saúde da Família (USFs) das localidades e a modernização da iluminação, através do programa Iluminando Nosso Bairro.

 

O anúncio foi feito através das redes sociais pelo prefeito ACM Neto nesta sexta-feira (12), que esteve nas ilhas acompanhado do vice-prefeito Bruno Reis e de gestores municipais como o secretário da Saúde (SMS), Leo Prates. “Já fizemos muita coisa nas áreas da educação, infraestrutura, limpeza, esporte e lazer nas ilhas. No entanto, não há nada tão relevante e transformador para os moradores das ilhas como o que está sendo iniciado hoje, na área da saúde”, destacou o prefeito.

 

Em modelo semelhante ao existente na Unidade de Pronto Atendimento do Vale dos Barris, o segundo de um total dos seis gripários que vão funcionar em Salvador está instalado em Bom Jesus dos Passos. O serviço é voltado exclusivamente ao atendimento dos casos de moradores das ilhas que apresentem síndromes gripais, como a H1N1 e a própria Covid-19.

 

Construída do zero, a estrutura vai funcionar durante todo o período da pandemia e terá, inclusive, sala vermelha para as situações mais graves, com respirador e monitor, até que o paciente possa ser transferido para um hospital.

 

Postos com atuação ampliada – Outra iniciativa é a atuação ampliada nas USFs das três localidades, com o reforço de mais quatro equipes de Saúde da Família, assim distribuídas: duas na USF Ilha de Maré, uma na USF Bom Jesus dos Passos e a quarta na USF Paramana. Com isso, as unidades vão passar a funcionar também aos finais de semana, de forma ininterrupta, a partir das 19h de sexta até segunda-feira, incluindo feriados.

 

Cada um dos postos também ganha sala vermelha com respirador, para a realização do primeiro atendimento de urgência. Isso permite o atendimento rápido de um paciente em estado grave até a estabilização do quadro e, em seguida, transferência para um hospital. Com investimento de R$7,1 milhões, as USFs serão geridas pela Organização Social Instituto de Assistência à Saúde e Promoção Social – Instituto Provida.

 

O prefeito salientou que esse é um modelo inédito de atuação ampliada no atendimento básico de saúde na cidade. “Sabemos que a demanda nas ilhas é muito maior no final de semana e feriados, inclusive porque muita gente da região metropolitana e de Salvador vêm para cá. Então, quando procurava o posto nesse período, estava fechado. Agora, passam a funcionar em regime de plantão”.

 

Além disso, a preocupação foi de, preferencialmente, selecionar enfermeiros e técnicos de enfermagem que residem nas ilhas. Isso porque estes profissionais conhecem melhor a realidade dos moradores, além da facilidade no acesso aos postos de saúde.

 

As equipes, inclusive, vão ser mais amplas que o habitual: em Ilha de Maré, saltará de 18 para 41 profissionais; em Bom Jesus dos Passos, de 14 para 28 profissionais, e em Paramana, de 10 para 24 profissionais. Serão duas equipes volantes para cada duas equipes de saúde da família, compostas por pediatra, ginecologista, paramédico, mais enfermeiros por paciente, nutricionista, psicólogo, terapeuta ocupacional, nutricionista, psicólogo, fisioterapeuta, cirurgião dentista, auxiliar de saúde bucal, enfermeiro coordenador técnico, técnicos de enfermagem e agentes comunitários de saúde.

 

Testes rápidos – A Prefeitura também já iniciou a testagem rápida em moradores das ilhas, sendo que, em Ilha de Maré, essa testagem vai abranger toda a população. Isso porque, nesta localidade, das 448 pessoas testadas, 35 foram positivadas para o novo coronavírus, um índice de 8%. “Os números em Ilha de Maré são expressivos, nos preocupam e justificam, ainda mais, a instalação do gripário e dos serviços ampliados nas USFs”, salientou ACM Neto.

 

Iluminação – Na ocasião, também foi anunciada a autorização da realização do programa Iluminando Nosso Bairro nas ilhas. Com isso, todo o sistema de iluminação das três localidades será modernizado com a instalação de lâmpadas em LED, mais eficientes e que traz economia para os cofres municipais.