quinta-feira, 28 de maio de 2020
Salvador

TESTAGEM RÁPIDA DO COVID-19 EM SALVADOR COMEÇA PELO BAIRRO DA PITUBA

Salvador ganha blitze de testagem rápida contra coronavírus
Tasso Franco , da redação em Salvador | 07/04/2020 às 18:56
A pessoa não precisa sair do carro
Foto: Max Haack


A Pituba – bairro com maior número de casos de coronavírus na capital baiana, com 25 registrados até a segunda-feira (6) – foi a primeira localidade a receber a blitz de testes rápidos para identificação de casos de Covid-19 na cidade. A estratégia adotada pela Prefeitura para reforço às ações de enfrentamento à pandemia foi apresentada na manhã desta terça-feira (7) à imprensa, na Praça Nossa Senhora da Luz, pelo prefeito ACM Neto, acompanhado do vice Bruno Reis e dos titulares da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), Leo Prates, e da Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador), Fabrizzio Muller.

A iniciativa conta com 100 mil testes rápidos e acontece de forma semelhante a uma blitz de alcoolemia. Ou seja, a abordagem é feita em locais e com pessoas em veículos de forma aleatória, sem aviso prévio à população. O cidadão tem a temperatura aferida através de um aparelho em formato de pistola e, se apresentar acima de 37,8ºC, será encaminhado para fazer o teste.

Na ocasião, serão preenchidos os dados pessoais em uma ficha, incluindo o número do celular. O resultado é processado de oito a dez minutos e chega ao cidadão em até uma hora, através de SMS enviado ao número informado no cadastro. Se der positivo para o coronavírus, o cidadão será orientado a fazer o isolamento e fará a contraprova. Toda a família também será verificada.

“O objetivo dessa ação é a diminuição da curva de transmissão. Essa é mais uma medida de prevenção que a Prefeitura está tomando. Isso quer dizer que aquela pessoa que testar positivo deverá se conscientizar e se colocar em isolamento. Com isso, o risco de contaminação de outras pessoas será muito menor”, destacou ACM Neto.

O prefeito complementou que o teste rápido não é um diagnóstico definitivo e que as pessoas precisam continuar atentas às orientações das autoridades de saúde. “Há pessoas que são assintomáticas e podem transmitir o coronavírus. Quanto maior o nosso compromisso com as medidas acautelórias, melhor. Lembro que todas as decisões tomadas são técnicas, científicas e amparadas pela opinião de profissionais da saúde pública que estão à disposição da Prefeitura em tempo integral.”

Sensação de segurança – Residente em Patamares, Jackson Lima, de 63 anos, estava acompanhado da esposa Nair, também de 63 anos, que apresentava febre e falta de ar desde a madrugada. Enquanto aguardava o resultado do teste rápido, ele ressaltou a necessidade da ação. “Com certeza absoluta essa iniciativa é importante e dá mais segurança à população. A gente fica preocupado com a situação, principalmente com essas medidas sendo tomadas pela Prefeitura, mas é o que tem que ser feito”, pontuou. O resultado de dona Nair deu negativo para o coronavírus.

De acordo com o secretário Leo Prates, os profissionais envolvidos na ação vão passar, diariamente, por aferição da temperatura antes de iniciar as atividades. Além disso, estarão todos utilizando equipamentos de proteção individual, no intuito de evitar possível transmissão da Covid-19.