quarta-feira, 01 de abril de 2020
Salvador

FUZUÊ NA BARRA DÁ LARGADA PARA CARNAVAL DOS CARNAVAIS EM SALVADOR

Começou a folia no circuito Barra que neste dia leva o nome de Orlando Tapajós
Tasso Franco , da redação em Salvador | 15/02/2020 às 20:17
Alegria alegria
Foto: BJÁ


O Circuito Orlando Tapajós (Ondina/Barra) já deu o sinal neste sábado (15): começou a maior festa popular de rua do planeta. O Fuzuê, primeiro dia do pré-Carnaval de Salvador organizado pela Prefeitura, atraiu milhares de pessoas que foram conferir a folia à moda antiga atrás das bandas de fanfarra, grupos de percussão, marchinhas, fantasias e, claro, muita alegria. A pré-folia continua no local no domingo (16), com o Furdunço, a partir das 15h.

Alguns espaços em branco entre os blocos permitiu uma melhor ventilação no circuito e não deu-se aquele aperto-aperto quando chega o Carnaval propriamente dito.

 A primeira atração musical a passar pelo circuito foi Tio Paulinho, junto com a Orquestra Fred Dantas, e uma das pessoas que acompanhavam a apresentação era a aposentada Vera Cunha, de 65 anos. Ao lado do neto Gustavo, de 11 anos, ela já tinha percorrido o trajeto do Clube Espanhol ao Farol da Barra e aproveitava pra descansar um pouquinho. “É uma festa alegre, diversificada, minha família toda também veio curtir, tá muito legal”, afirmou.

Folião que acompanha a festa até a Quarta-Feira de Cinzas, o administrador Roberto Augusto Lima, de 60 anos, ressaltou a importância do Fuzuê. “Acho que resgata as coisas antigas, os mascarados, os carnavais tradicionais, e isso é importante sobretudo para que as crianças possam participar. Venho todos os anos e mais uma vez está bonito, está ótimo. O que a Prefeitura faz é muito importante porque resgata um Carnaval que estava há muito tempo perdido”, destacou.

“O Fuzuê é um projeto superinteressante que resgata muito o gosto das pessoas e o investimento que a Prefeitura faz para cultuar o folião do futuro. Então, você vê famílias inteiras, crianças de colo, avôs conduzindo os netinhos, sentindo o gostinho do Carnaval e, o mesmo tempo, resgatando a folia que temos dentro da gente”, disse o presidente da Empresa Salvador Turismo (Saltur), Isaac Edington.

O sábado teve ainda as manifestações culturais da Oficina da Oficina de Frevos e Dobrados, Pierrot Tradição de Plataforma, Barquinha de Bom Jesus dos Pobres, Fanfarra BBG, Banda Big Show, Caretas de Cairu, Fuzuê Junino, Gravata Doida, Grupo Cultural Bambolê, Banda Show Laroyê, Cangaceiros de Ipitanga, Banda Comanches e Banda Percussiva Axé Babá, entre outros.