quarta-feira, 23 de setembro de 2020
Salvador

CAMAROTES CARNAVAL SÃO MONTADOS EM ONDINA SEM SINALIZAÇÃO A PEDESTRES

É preciso dar atenção aos pedestres
Tasso Franco , da redação em Salvador | 18/01/2020 às 13:21
Área verde já está semi-destruída e pedestres usam a pista de bike
Foto: BJÁ
   Os camarotes do circuito Dodô (Barra/Ondina) começam a ser montados e deverão ficar prontos até 19 de fevereiro, véspera do Momo. Em Ondina, a sinalização para os pedestres é inadequada e até inexistente nas proximidades do Morro do Macaco, Praça Urigan, e em frente ao Centro Espanhol. A Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur) já iniciou a operação Pré-Carnaval.

   Até o momento, 11 camarotes já solicitaram a autorização para montagem. Em 2019, 22 foram licenciados nos dois circuitos da festa, sendo 21 no circuito Dodô (Barra-Ondina) e um no circuito Osmar (Campo Grande).

  A fiscalização visa alertar sobre o cuidado para não danificar áreas públicas durante o processo de montagem dos espaços, além de chamar atenção para as normas de segurança, como a presença de equipamentos de proteção contra incêndio, rotas de fuga e itens como sinalizadores, balizadores e extintores.

   Este ano, a fiscalização conta com uma novidade, de acordo com o diretor de fiscalização da Sedur, Átila Brandão Júnior, em fala A Tarde. "Nós tínhamos problemas com os produtores de camarotes porque, quando passava o Carnaval, encontrávamos calçadas quebradas, jardim danificado. E quando fazíamos a cobrança, ele se eximia daquilo".

Desta vez, foi feito um relatório fotográfico dos espaços públicos que foram entregues, para após a retirada do camarotes, haja uma cobrança mais efetiva sobre a recomposição daqueles espaços.