quarta-feira, 01 de dezembro de 2021
Política

GOVERNADOR EM EXERCÍCIO ADOLFO MENEZES DIZ QUE A PANDEMIA NÃO ACABOU

As aulas nas escolas públicas do Estado voltaram 100% presenciais
Tasso Franco , da redação em Salvador | 19/10/2021 às 21:21
Leão passa o governo a Adolfo
Foto: DIV
     

Nessa terça-feira (19), no Centro Administrativo da Bahia, o governador em exercício, Adolfo Menezes, se reuniu com deputados e reiterou a tranquilidade em assumir o cargo. Em conversa com os parlamentares, ele destacou a importância da harmonia entre os poderes e do trabalho conjunto em benefício dos baianos. 

“Os deputados estão aqui hoje para uma visita de cortesia para mostrar que as coisas estão transcorrendo na normalidade, de forma muito tranquila e na paz. Afinal de contas, estou aqui como governador da Bahia de forma interina por conta da confiança do governador Rui Costa. Com muita lealdade vou dar continuidade ao trabalho, cumprindo a agenda e o que já foi combinado antes de ele viajar. Está tudo acordado”, afirmou Adolfo Menezes. 

Eleito Presidente da Assembleia Legislativa da Bahia em fevereiro de 2021, Menezes assumiu a chefia do executivo estadual no último sábado (16), com as viagens do governador Rui Costa e do vice, João Leão, que estão em missões internacionais com o objetivo de atrair investimentos para a Bahia.   

Adolfo Menezes ocupará o cargo até a volta do governador Rui Costa ao estado, no dia 29 de outubro. Durante a reunião de trabalho com os deputados, ele comentou a retomada, na última segunda-feira (18), das atividades 100% presenciais na rede estadual de ensino. 

“É um retorno importante, que só é possível por conta dos esforços do governo, com base na ciência, para conter a pandemia. A educação é o único caminho, sabemos que os países que se desenvolveram, são os países que investiram na educação. As aulas voltaram de forma 100% presencial, mas com todas as medidas de segurança e respeitando todos os protocolos de saúde indicados, porque apesar da diminuição no número de contaminados, a pandemia ainda não acabou”.