quinta-feira, 22 de abril de 2021
Política

BAHIA EM LOCKDOWN TEM 111 ÓBITOS POR COVID E INFECTADOS SÃO 21.251

O vereador irmão Lázaro segue internado em UTI com Covid na cidade de Feira de Santana
Tasso Franco , da redação em Salvador | 04/03/2021 às 19:06
Victoria Center fechado
Foto: BJÁ
  MIUDINHAS GLOBAIS:

   1. No dia em que a Bahia atinge mais de 21 mil casos ativos de Covid-19, o Hospital de Campanha da Arena Fonte Nova começa a funcionar para reforçar a assistência aos pacientes diagnosticados com a doença. Os primeiros pacientes, encaminhados pela Central Estadual de Regulação, chegarão à unidade a partir das 20h desta quinta-feira (04). São pacientes transferidos de UPAs de Salvador.

  2. Nas últimas 24 horas, foram registrados 5.985 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,9%) e 4.507 recuperados (+0,7%). Dos 700.768 casos confirmados desde o início da pandemia, 667.031 já são considerados recuperados, 21.486 encontram-se ativos e 12.251 tiveram óbito confirmado.

  3. O boletim epidemiológico contabiliza ainda 1.044.765 casos descartados e 165.597 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta quinta-feira (4). 

  4. Na Bahia, 43.353 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

  5. Hoje foram registradas 111 mortes e o número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 12.251, representando uma letalidade de 1,75%. Dentre os óbitos, 56,35% ocorreram no sexo masculino e 43,65% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 54,96% corresponderam a parda, seguidos por branca com 20,72%, preta com 14,84%, amarela com 0,56%, indígena com 0,16% e não há informação em 8,77% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 70,21%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (74,26%).

  6. A existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19. Outro motivo é o aprofundamento das investigações epidemiológicas por parte das vigilâncias municipais e estadual a fim de evitar distorções ou equívocos, como desconsiderar a causa do óbito um traumatismo craniano ou um câncer em estágio terminal, ainda que a pessoa esteja infectada pelo coronavírus.
                                              *******
  7. O Brasil registrou mais 1.699 mortes e 75.102 casos decorrentes da pandemia do novo coronavírus Sars-CoV-2 no último período de 24 horas, elevando os totais para 260.970 e 10.793.732, respectivamente.

  8. A informação foi revelada nesta quinta-feira (4) pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass).
                                               *******
  9. Jair Bolsonaro (sem partido) cumpriu compromissos da sua agenda nesta quinta-feira (4), inclusive com uma rápida passagem por Uberlândia, em Minas Gerais. Como de costume, o presidente cumprimentou apoiadores e aproveitou para criticar a pressão pela compra da vacina contra a Covid-19. De acordo com ele, o imunizante está em falta no mercado mundial.

  10. “Tem idiota que diz ‘vai comprar vacina’. Só se for na casa da tua mãe. Não tem para vender no mundo”, soltou.

  11. “Alguns governadores queriam direito a comprar vacina e quem iria pagar? Eu! Onde tiver vacina para comprar, nós vamos comprar”, completou.
                                                 *******
  12. Em mais um ataque a medidas de restrição de circulação que estão sendo adotadas contra a covid-19, o presidente Jair Bolsonaro disse que o país precisa parar com "frescura" e "mimimi" e enfrentar os problemas.

  13. "Temos que enfrentar nossos problemas. Chega de frescura, de mimimi, vamos ficar chorando até quando? Respeitar obviamente os mais idosos, aqueles que tem doenças. Mas onde vai parar o Brasil se nós pararmos?", disse Bolsonaro em evento em Goiás.

  14. Irritado com as decisões que têm sido tomadas por governadores e prefeitos, Bolsonaro repetiu mais uma vez, de forma inverídica, que o Supremo Tribunal Federal, castrou sua autoridade e que as políticas de restrição de circulação são uma forma "ignorante, burra e suicida" de combater o coronavírus.
                                                  *******
  15. O governador Rui Costa anunciou por meio das redes sociais, na tarde desta quinta-feira (4), a abertura de 100 novos leitos clínicos no Hospital Riverside, em Lauro de Freitas, para atender pacientes com diagnóstico da Covid-19. A reativação da unidade é mais um esforço do Governo do Estado para evitar o colapso no sistema de saúde baiano. A gestão da unidade será feita por uma organização social, que já está em fase de contratação, e a expectativa é que a reabertura ocorra no prazo de 15 dias.

  16. Ressaltou que a reabertura dos leitos não é a solução para o combate à pandemia. “Determinei a abertura de outros 100 leitos clínicos no antigo Hotel Riverside. O que precisamos lembrar é que abrir leitos de UTI não combate a pandemia. Ajuda a conter os danos. Os trabalhadores da saúde estão no limite, incansáveis na missão de salvar vidas”, publicou Rui.

  17. O antigo hotel funcionou como unidade de retaguarda entre abril e setembro de 2020. Para a reativação, a unidade está passando por serviços de manutenção, como recomposição da rede de gases e cabos internos, revisão hidráulica-sanitária, instalação de condicionadores de ar e limpeza.
                                                           *******
   18. O vereador Irmão Lázaro continua intubado e sedado em leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um Hospital de Feira de Santana, devido a complicações causadas pela Covid-19. Segundo o boletim médico desta quinta-feira (4), o paciente apresentou melhora na pressão nas últimas 24h, sem necessidade de medicação para controle. Boa oxigenação, saturação considerável e evolução dentro da normalidade com os cuidados prestados pelos profissionais.

   19. Representantes do Consórcio de Desenvolvimento Sustentável Litoral Sul (CDS-LS) participaram durante essa semana de uma série de reuniões promovidas pela Rede Nacional de Consórcios Públicos com os laboratórios produtores de vacinas contra o Covid-19, com o objetivo de buscar alternativas para a aquisição dos medicamentos pelos municípios consorciados.

  20.  A proposta foi avaliar como os municípios poderão comprar os medicamentos através dos consórcios para que possam imunizar o maior número de pessoas na região.

   21. Representando o presidente do CDS-Litoral Sul, Antônio de Anízio, prefeito de Itacaré, participaram o secretário Executivo da entidade e da AMURC, Luciano Veiga, e o secretário municipal de Comunicação, Ed Camargo, que fizeram questionamentos sobre a eficácia das vacinas, os preços, a logística para a chegada e distribuição dos medicamentos, garantias e os procedimentos legais para a aquisição das vacinas. Também solicitaram de cada laboratório uma proposta detalhada para que seja analisada pelos municípios consorciados.

   22. Uma das videoconferências foi com os representantes do Laboratório Johnson e Johnson, que produz a vacina Janssen. O laboratório informou que tem preferência de negociação com o Governo Federal. E como a Rede Nacional de Consórcios participa do Plano Nacional de Imunização, os municípios serão contemplados dentro do PNI. Mas os consórcios públicos enviaram carta de intenção formalizada com o Laboratório Johnson e Johnson, caso abram contatos com os entes da federação além da União. 

   23. Ainda por orientação do presidente Antônio de Anízio, os representantes do CDS- Litoral Sul também participaram de uma reunião com o presidente da Câmara de Comércio Brasil/China, Charles Tang, para avaliar as propostas do laboratório da Sinofarm. 

   24. A empresa manifestou o interesse em vender as vacinas para municípios e consórcios e estará apresentando a proposta para a Rede Nacional de Consórcios Públicos. Outra videoconferência foi realizada na manhã desta quinta-feira com os representantes da Globalpharm – Sputinik, que também tem interesse em negociar com municípios e consórcios e já estão apresentando as propostas.