sexta-feira, 23 de outubro de 2020
Política

GOVERNADOR INSPECIONA OBRAS DE DUPLICAÇÃO DA AVENIDA GAL COSTA

Visita aconteceu nesta segunda-feira, 28
Tasso Franco , da redação em Salvador | 28/09/2020 às 11:46
Governador Rui Costa e Nelson Pelegrino
Foto: Camila Souza


As obras de duplicação da Avenida Gal Costa, que faz parte da Linha Azul, ligando o Subúrbio Ferroviário à orla Atlântica de Salvador, receberam a visita técnica, nesta segunda-feira (28), do Governador Rui Costa, acompanhado do secretário de Desenvolvimento Urbano do Estado (Sedur), Nelson Pelegrino, e do presidente da Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder), Sérgio Silva. As ligações Lobato-Pirajá e das avenidas Pinto de Aguiar e Gal Costa já foram entregues, reduzindo o tempo de viagem de quem transita entre as duas regiões da capital.

“É uma reestruturação da mobilidade urbana de Salvador quando você vê esta avenida juntamente com a 29 de Março, são as vias que integram os dois lados da cidade. Além da questão da mobilidade, esta via traz a solução da questão da macrodrenagem aqui deste vale e valoriza toda esta área de moradias de Salvador”, afirmou o governador Rui Costa, que destacou o o investimento nas obras, que ultrapassa o valor de  R$ 500 milhões de reais.

Etapas

O presidente da Conder, Sérgio Silva, explica que as obras de duplicação da Avenida Gal Costa foram divididas em seis frentes. “Duas já foram entregues, que são a ligação da Pinto de Aguiar com a Gal Costa, através de quatro túneis, agora em abril nós entregamos o trecho da ligação Lobato a Pirajá, fazendo a conexão da avenida Suburbana com a BR-324 e consequentemente ao metrô. Com isso, as pessoas do subúrbio ferroviário também conseguem usar o sistema de metrô.

Sérgio explicou que a visita desta segunda-feira foi à etapa cinco, no trecho próximo à Sussuarana, e à etapa 4, próximos da subida do Pau da Lima. “Também haverá uma grande conexão entre Pau da Lima, a descida para Estação Pirajá e o restante da Avenida Gal Costa. Estamos duplicando as vias, Fazenda macrodrenagem, infraestrutura para botar passeio, ciclovia, além da iluminação pública”.