quarta-feira, 30 de setembro de 2020
Política

Candidatura de Jailton Santana em Madre de Deus é oficializada

Nita compõe a chapa como vice
José Pedro Garcia Castro , Salvador | 15/09/2020 às 09:06
Candidatura de Jailton Santana em Madre de Deus é oficializada
Foto: Divulgação

 

Hoje (14) foi oficializada a candidatura de Jailton Santana a prefeito de Madre de Deus. E foram realizadas as convenções de sete partidos (PTB, Avante, PP, PCdoB, DEM, PSD e PMB) que apoiam Jailton Santana. E a sua candidata a vice é a ex-prefeita Nita (PP).


"Vamos fazer uma campanha com respeito. Estamos aqui para lutar pelo povo, que precisa de políticos que estejam sempre na cidade, como eu e Jailton. Ele é um homem de família e vai lutar pela população da nossa cidade.E vou fazer o possível para me eleger vice e fazer o que gosto:cuidar das pessoas", afirmou Nita.


"Todos os candidatos a vereador tiveram suas candidaturas oficializadas. E eles serão agentes muito importantes nesse processo", disse Jailton Santana. "Ninguém é tão pequeno que não possa crescer. Sou negro e vim da pobreza e da periferia. E hoje sou prefeito de Madre de Deus. E estou aqui para continuar o trabalho, com respeito, pelas famílias de nossa cidade", frisou. Desde o final de abril, Jailton Santana assumiu o cargo de prefeito de Madre de Deus

Já o deputado estadual Niltinho (PP) gravou uma mensagem de apoio à chapa Jaillton Santana e Nita. "Esse é o time do governador Rui Costa, do vice-governador João Leão e do senador Otto Alencar. Vamos lutar pela vitória de Madre de Deus", pontuou.


O presidente estadual do PTB, Benito Gama, e Taíssa Gama, representante do PTB Mulher, também gravaram mensagens de apoio. Assim como  o vereador Anselmo Duarte (PP). E marcaram presença no evento os vereadores Jodiane de Jajai (PTB) e Renato de Martins (PSD). 


Vereadores

 

Sessenta e cinco pré-candidatos a vereador apoiam a candidatura de Jailton Santana às eleições majoritárias. Segundo a legislação, candidatos ao cargo de vereador não poderão concorrer por meio de coligações. 

 

O fim das coligações na eleição proporcional foi aprovado pelo Congresso Nacional no bojo da reforma eleitoral de 2017. Com isso, o candidato a uma vaga na Câmara Municipal de Madre de Deus somente poderá participar do pleito em chapa única, dentro do partido ao qual é filiado.