quarta-feira, 30 de setembro de 2020
Política

EXCLUSIVO: AUXILIO EMERGENCIAL SALVA A BAHIA E 41.05% POPULAÇÃO RECEBE

Os prefeitos aliados a Bolsonaro são os mais beneficiados politicamente com essas ações
Tasso Franco , da redação em Salvador | 01/09/2020 às 19:23
Bolsonaro repete Lula
Foto: Marcos Corrêa
   MIUDINHAS GLOBAIS:

   1. Dados que foram repassados por um técnico nível superior da Secretaria da Fazenda do Estado da Bahia aponta que, em julho último a arrecadação do estado chegou ao mesmo patamar de 2019. Em agosto, retirando o resultado do programa de anistia de 2019, cresceu 6.5% nominal. O varejo teve um crescimento de 14.94%; o atacado 19.8%; bebidas 9,8%; supermercados 25.73%; indústria química 22.6%/ e energia elétrica 9.1%.

   2. Segundo esse técnico o alcançado no mês de agosto último mostra os efeitos claros do auxílio emergencial do governo federal e apesar da queda do PIB no segundo trimestre do ano, a recuperação da economia é forte.

  3. De janeiro a julho, a Bahia recebeu de auxílio emergencial R$10.7 bilhões; 2,02 bilhões do Bolsa Familia; 2.8 bilhões de BPC; e Salvador recebeu 1.66 bilhão de auxílio emergencial e 153 milhões do Bolsa Família. 

   4. No interior, Feira de Santana recebeu 405 milhões de auxílio emergencial; Vitória da Conquista 228 milhões do auxílio emergencial; Camaçari recebeu 204 milhões de AE; Juazeiro recebeu 171 milhões de AE; Lauro de Freitas 138 milhões; Itabuna 134 milhões; Ilhéus recebeu 133 milhões de AE.

   5. Em Salvador foram beneficiadas 934.783 pessoas; em Feira, 225.446 pessoas; Vitoria da Conquista 128.730 pessoas; Camaçari 108.273 pessoas; Juazeiro 88.218 pessoas; Itabuna 71.730 pessoas; Ilhéus 69,94 pessoas.

  6. Em resumo: 34,94% da população de Salvador está recebendo o auxílio emergência; e na Bahia, 5.672.403 pessoas, isso até dezembro de 2020. Ou seja, 41.05% da população do estado recebe auxilio emergencial.
                                                              ******
  7. Agora, vamos para a parte política. O presidente Jair Bolsonaro obviamente é quem mais fatura politicamente essa situação e isso já chegou à base tanto que ele melhorou seus indicadores de bom e ótimo na avaliação do governo no Nordeste. Lembrando que o programa é nacional e isso representa um quadro de conhecimento em todo território o que deixa-o mais forte politicamente para 2022.

   8. Também beneficia governadores (aliados ou não) em dois campos: na política (os aliados) e na economia (alinhados e não alinhados). Na Bahia, onde Rui é adversário, ainda assim a economia do estado andou graças, em parte, a esses recursos do AE e do Bolsa Familia, tanto que a arrecadação do estado não despencou. Claro que Rui não vai falar nada, nem elogiar Bolsonaro.

   9. Os prefeitos, especialmente aqueles que podem ir à reeleição, foram superbeneficados, porque, na base, se souberem trabalham politicamente passam para a população que são ações federais associadas aos municípios. Não é à toa que Bruno Reis, candidato de ACM Neto; Colbert Martins, em Feira, aliado de Bolsonaro; Herzem Gusmão, em Conquista, aliado de Bolsonaro; e Antonio Elinaldo, do DEM, em Camaçari, ficaram mais fortes politicamente.

  10. Esse é o quadro. Bolsonaro, que chegou ao governo com Paulo Guedes prometendo uma política liberal e produtiva, engajou-se no mesmo esquema que era praticado por Lula, de auxílios aos pobres os mais diversos, e, hoje, ampliou o AE até dezembro.
                                                     *******
  11. Data de aniversário que se preze não pode passar em branco. Com o SAC não poderia ser diferente. Exatamente nesta terça-feira (1), a Rede SAC, referência no serviço público na Bahia e no Brasil, comemora 25 anos de inauguração.

  12. De lá pra cá já foram realizados mais de 215 milhões de atendimentos, sendo 4,2 milhões com o SAC Móvel. Em números, o SAC impressiona mesmo. Pioneiro nesse formato de atendimento ao público no país, do primeiro posto no bairro do Comércio, ao mais recente Ponto SAC, inaugurado em Vera Cruz, na Ilha de Itaparica, já são 80 unidades no Estado, considerando as três carretas do SAC Móvel.

   13. Entre os serviços mais demandados pelas pessoas, a liderança fica com o Certificado de Antecedentes Criminais, com mais de 11 milhões, seguido de perto pela 2ª e demais vias do RG, que registram 9,1 milhões de solicitações. Em terceiro lugar aparece a pesquisa por vaga de emprego junto ao SineBahia, com 7,2 milhões. 

   14. Quanto aos 16 postos na capital e Região Metropolitana de Salvador (RMS), o que possui mais atendimentos computados durante estes 25 anos é o SAC Barra, com quase 22 milhões. Entre os 21 postos no interior, e 40 Pontos SAC, a liderança no quesito quantidade de atendimentos é do SAC Feira I, que possui a marca de, aproximadamente, 10 milhões.

   15. Um grande diferencial do SAC nos últimos anos é a expansão da rede, principalmente no interior. De 2007 a 2020 a rede passou de 25 unidades inauguradas para 80, um crescimento de 220%. Destas 55 novas unidades em 13 anos, 40 foram os denominados Pontos SAC.

  16. De 2015 a setembro de 2020, foram inaugurados 23 deles. “São unidades mais compactas, situadas em municípios do interior, estruturadas para atender às demandas de populações que tinham dificuldade em conseguir documentos básicos de cidadania”, destaca o secretário da Administração, Edelvino Góes.  A Rede SAC já está presente em 63 municípios da Bahia.

   17. O avanço tecnológico, tão presente no cotidiano das pessoas, sempre esteve presente também na realidade do SAC. Atualmente, o atendimento em qualquer posto da rede é feito sob agendamento através do SAC Digital.

  18. “O atendimento por hora marcada traz mais comodidade e facilidade ao cidadão, que só precisa chegar ao posto com apenas 15 minutos de antecedência do horário previsto, sabendo que não vai enfrentar filas e desgastes. Por isso, decidimos implementar em toda a rede”, pontua Góes. Além de agendar os serviços presenciais em postos SAC na Bahia, o SAC Digital disponibiliza serviços públicos pela Internet, através de computador ou celular.

  19. A taxa de ocupação de leitos de UTI exclusivos para tratar pacientes infectados com a Covid-19 chegou hoje (01) a 48% em Salvador, melhor desempenho desde o início da pandemia. Ontem (31), o índice, o menor até então, foi de 49%.

  20. "Em se mantendo esses percentuais de queda que a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) está registrando, vamos ficar mais seguros para ampliar a fase três da retomada, que foi iniciada parcialmente ontem (31). Dessa forma, vamos poder liberar em breve a reabertura de novas atividades e flexibilizar mais setores que já voltaram a funcionar", disse o prefeito ACM Neto. A fase 3 era pra ser iniciada dia 24.

  21. Na fase três da retomada, já foram autorizados a reabrir os clubes sociais (exclusivamente para práticas esportivas e mediante protocolo de segurança e preservação da vida já divulgado). Aguardam autorização parques de diversões e temáticos, teatros, cinemas, casas de espetáculo, centros de eventos e de convenções.

  22. Além disso, órgãos municipais que fazem atendimento ao público voltam a funcionar na próxima terça-feira (08), também com regras para conter a disseminação da Covid-19. No caso das escolas, praias e espaços públicos, a Prefeitura ainda analisa com cautela o momento mais seguro para a reabertura.

   23. O presidente do Solidariedade na Bahia, Luciano Araújo, participou nesta terça-feira (1º), de reunião na Câmara Municipal de São Sebastião do Passé para definir os rumos da legenda nas eleições municipais deste ano. 

   24. Estiveram presentes os pré-candidatos do partido na cidade a vereador, dentre eles quatro atualmente com mandato, Zé Carlos Teixeira, presidente da Câmara e presidente municipal do Solidariedade, Jai da Jangada, Pedrinho e Sérgio Sacramento, além dos ex-vereadores, Joel do Gás, também ex-presidente do Legislativo Municipal, e Silvan de Melo. 

  25. “O partido está com pré-candidaturas muito competitivas em São Sebastião do Passé  e em toda a Bahia. Assim como em grandes cidades que são polos das suas regiões na Bahia, como Juazeiro, Teixeira de Freitas, Santo Antônio de Jesus, Vitória da Conquista, Ilhéus, Serrinha e Paulo Afonso”, disse Luciano Araújo.

  26. Em São Sebastião do Passé, o Solidariedade conta com 20 pré-candidatos nas eleições proporcionais, sendo 7 mulheres.