quinta-feira, 02 de abril de 2020
Política

SÃO JOÃO DA BAHIA ENTRA NA LISTA DE EVENTOS AMEAÇADOS PELO CORONAVIRUS

A estimativa da Sesab é de que o pico do coronavirus acontecerá em maio
Tasso Franco , da redação em Salvador | 14/03/2020 às 18:45
São João concentra grandes aglomerações de pessoas
Foto: Toda Bahia
   MIUDINHAS GLOBAIS:

  1. Ao que tudo indica os festejos de São João e São Pedro na Bahia foram para o espaço diante do coronavirus. Segundo informações da SESAB, do secretário Fábio Vilas Boas, a expectativa é de que, no próximo mês de maio, o coronavirus esteja no pico. Ou seja, no momento mais agudo. 

  2. Como então as Prefeituras Municipais e o Estado vão promover festas grandiosas desse período junino onde são concentradas milhares de pessoas num mesmo espaço em época fria, chuvosa, com o coronavirus no pico? Difícil imaginar. Se as previsões da SESAB e do Ministério da Saúde se confirmarem  que o píor ainda está por vir adeus São João e São Pedro.

   3. Vão ser prejuizos enormes para uma cadeia produtiva da agricultura familiar, de artistas, músicos, produtores culturais, indústria de bebidas e de alimentos, técnicos, sanfoneiros, iluminadores, uma infinidade de profissionais que trabalham no São João e no São Pedro. Algumas cidades do Recôncavo e do Sertão da Bahia apostam todos os anos nesse período que é de bonança para o comércio, a indústria e serviços.

  4. Estamos falando ainda sob hipótese com base nos dados divulgados pela SESAB. É provável, no entanto, que isso aconteça (ou não) prejudicando a maior manifestação da cultural popular da Bahia, mais até do que o Carnaval, porque acontece em quase todos os 417 municípios, distritos e povoados.

   5. Vamos a alguns exemplos. Euclides da Cunha passa o ano pensando no São João do Cumbe. Monta-se uma estrutura enorme e milhares de pessoas durante quase uma semana dançam e cantam madrugada a dentro. Como manter isso com o coronavirus batendo na porta pra entrar no forró? Dificil imaginar. São José de Feira de Santana, Amargosa e Bonfim são outros locais de grandes festejos.

   6. O negócio é trabalhar para conter o coronavirus passando informes à população desde já e as Prefeituras podem ter um papel importante nesse processo. Até lá, final de junto, quem sabe, o virus pode ter ser dominado.

                                                       ******
   7. Foi cancelada a edição de março do “Mês da Mulher que Também Conduz no Baile do Meio Dia”, que aconteceria neste domingo, dia 15, no P71 Beach Hall. Ficamos tristes por adiar nosso encontro mensal, mas tornou-se necessário, como prevenção. Logo divulgaremos nosso próximo encontro. Equipe Baile do Meio Dia.

   8. (ILHÉUS) A Secretaria Municipal de Saúde de Ilhéus informa à população que em caso de apresentação dos sintomas como febre e/ou tosse, coriza e dificuldade de respirar, passagem em área de transmissão local e/ou  contato com pessoa com coronavirus confirmado nos últimos quatorze dias, a orientação é que o usuário fique em casa em local ventilado, distante das pessoas, evite visitas, lave bem as mãos, use álcool gel, se possível faça uso de máscara descartável, não compartilhe utensílios e ligue para a Vigilância Epidemiológica para os números (73) 98837-9911 e WhatsApp (73) 98866-4656.

   9. Se o estado de saúde for grave, o usuário deve ligar para o SAMU 192 para  encaminhamento hospitalar. A Sesau informa para a população ter calma e não confundir uma simples gripe ou rinite alérgica com coronavírus.

   10. (AMURC) Com o objetivo de unir esforços no combate ao Novo Corona Vírus (COVID-19), foi formada um comitê de crise, com a participação de secretários municipais, prefeitos, governo do Estado e hospitais da região nesta sexta-feira, 13, na sede da Associação dos Municípios da Região Cacaueira.

  11. A iniciativa, segundo o secretário executivo da Amurc, Luciano Veiga, é criar uma metodologia para que os municípios da região possam ter a estrutura e o apoio necessário para o atendimento de possíveis pacientes com suspeita do vírus. Pensando nisso, uma equipe de profissionais da área de saúde dos municípios será treinada na próxima terça-feira, 17, às 17 hs, no Hblem, para o atendimento adequado a esse público.

  12. “Será utilizada a mesma técnica de orientação que foi utilizada com os funcionários do Base, com o objetivo de organizar o fluxo de tratamento. Orientações sobre como abordar o paciente, como agir com o paciente suspeito e com paciente com diagnóstico, além de classificar o paciente em leve, moderada e grave”, declarou o diretor médico do Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães (Hblem) de Itabuna, Eduardo Kowalski Neto.

  13. Assim como a Micareta, que estava prevista para ocorrer entre 23 a 26 de abril, todos os eventos coletivos e de massa, que a Prefeitura tenha participação ou autorize, estão suspensos a partir desta sexta-feira até que o país se apresente com uma situação de bloqueio da transmissão da doença. É o que determina decreto assinado pelo prefeito Colbert Martins Filho após a confirmação do terceiro caso de coronavírus - COVID-19, e da ameaça de uma epidemia da doença, em Feira de Santana.

  14. O prefeito reuniu nesta sexta,13, a imprensa, secretários, Ministério Público, dirigentes de entidades de classes e empresários do setor para anunciar a medida, após parecer técnico das secretarias de Saúde do Município e do Estado sobre os riscos de transmissão do vírus em grandes aglomerações.

  15. O decreto coloca o município em situação de emergência e estabelece medidas para enfrentamento do coronavírus. O chefe do Executivo Municipal ressalta que a medida é a mais responsável e prudente para evitar que o vírus se espalhe contaminando um maior número de pessoas.

   16. Desde o momento da confirmação do primeiro caso no município, a Prefeitura criou um comitê específico para tratar do coronavirus, que é dirigido pela infectologista, Melissa Falcão. Segundo o prefeito, medida preventiva adotada de forma semelhante ao que vem sendo feito em São Paulo e nos melhores lugares do país.

   17. Colbert Filho disse, ainda, que a Micareta aconteceria na 16ª (décima sexta) semana epidemiológica do ano (23 a 27 de abril), coincidindo com o aumento de casos previstos para ocorrer no Brasil. “Estamos nos preparando hoje para evitar um problema maior”, salienta.

   18. Para contribuir na segurança de crianças e adolescentes que fazem uso do transporte escolar em Salvador, a Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob), inicia, nesta segunda-feira (16), a vistoria do 1º semestre de 2020. 

   19. Mais de 900 veículos passarão pelo serviço de análise na sede da Coordenadoria de Táxi e Transportes Especiais (Cotae), no Vale dos Barris. O atendimento é realizado de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 11h30 e das 13h às 16h30.

  20. A vistoria tem o valor de R$ 84,93. Condutores que não se submeterem a fiscalização, prevista em lei, pagarão multa de R$ 42,30 e ficarão impedidos de exercer a atividade. A meta da Semob é vistoriar cerca de 100 veículos por dia, pela ordem do número do alvará, de acordo com o cronograma.

  21. O prazo segue até o dia 27 de março. Durante a fiscalização, são observados pontos como padronização obrigatória dos veículos (conforme artigo 136 do Código de Trânsito Brasileiro), higiene, estado de conservação, condições de tráfego, controlador de velocidade (tacógrafo) medido pelo Ibametro e regularidade dos equipamentos de segurança, além da câmera de ré.