quinta-feira, 02 de abril de 2020
Política

NETO RECRIMINA FALA DE KANNÁRIO SOBRE PM MAS DIZ NÃO É CASO POLÍTICO

Presidente do DEM, ACM Neto, diz que partido não irá punir deputado Igor Kannário
Tasso Franco , da redação em Salvador | 25/02/2020 às 19:26
Prefeito de Salvador em coletiva
Foto: Max Haack
   MIUDINHAS GLOBAIS:

  1. Avisei aqui neste site com bastante antecedência que a questão segurança no Carnaval de Salvador iria render politicamente diante da mudança de comportamento da PM, mais orientadora do que repressora. Depois, veio o efeito Igor Kannário, velho desafeto da PM, o qual entende que policiais militares agridem os jovens do "guetho" do seu bloco. O caso, neste 2020, já chegou a Justiça e a PGE protocolou, hoje, representação no MP.

  2. Ainda sobre o caso Igor Kannário, O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), condenou nesta terça-feira, 25, os ataques do cantor Igor Kannário à Policia Militar. Durante passagem de sua pipoca no circuito Osmar, no Campo Grande, na segunda, 24, o artista criticou o trabalho de policiais que atuavam na festa. “Venham me bater aqui em cima, seus bunda mole”, afirmou.

  3. Apesar de dizer não concordar com a fala de Kannário, Neto, que é presidente nacional do DEM, partido do também deputado federal, disse que não pretende puni-lo pelos ataques.

  4. Ao portal A Tarde disse: “Uma coisa não tem nada a ver com a outra. Isso não tem nada a ver com política. Tem a ver com o artista e cantor Igor Kannário”, declarou Neto, em entrevista à imprensa nesta tarde.

  5. Para o prefeito, atacar a PM no Carnaval é “completamente inapropriado”.

   6. “Uma declaração de ataque contra a polícia, de questionamento à polícia acho completamente inapropriado. Pelo contrário, temos que ressaltar que o papel da polícia é imprescindível para que o Carnaval aconteça”, defendeu o demista.

   7. Questionado sobre se pretende deixar de contratar o artista para eventos da prefeitura, já que são constantes as declarações polêmicas do parlamentar durante apresentações na folia, o prefeito ponderou que não pode fazer censura ao artista.

  8. “Só posso ressaltar o quanto a polícia é importante para o Carnaval de Salvador. Uma coisa não tem nada a ver com a outra, isso não tem nada a ver com política tem a ver com o cantor e artista Igor Kannário. Eu não sou censor. Veja que muitos artistas já passaram pelos circuitos gritando Fora Temer e Fora Bolsonaro, e a gente não pode fazer censura prévia de ninguém”, argumentou.

  9. O prefeito ainda prometeu conversar com o deputado, após o Carnaval, para pedir que episódios do tipo não aconteçam mais.

  10. “Vou fazer um apelo para que ele tenha cuidado em outros momentos e preferencialmente reflita aquilo que foi colocado ontem aqui. Qualquer coisa que se fale em uma festa desse tamanho e que se possa enfrentar uma corporação, uma instituição que é essencial para o carnaval, não é legal”, pontuou.
                                                         ******
  11. O Carnaval dos Carnavais chega ao último dia, nesta terça-feira (25), e os principais patrocinadores privados da maior festa de rua do mundo só têm motivos para comemorar. O recorde de público nas ruas tem sido festejado pelos grupos das empresas Ambev - através da marca Skol Puro Malte -, Veloe e Hapvida. Neste ano, as empresas investiram na folia de Momo mais de R$40 milhões, captados pela Prefeitura.

  12. “Quem vai para a rua, seja nos blocos, trios ou camarotes, percebe um aumento considerável de publico neste Carnaval. Como a cervejaria que detém o direito das bebidas oficiais, nos estruturamos de maneira parruda para a festa. 

  13. Temos 15 centros de distribuição para os ambulantes, muito mais que no ano passado, além de diversos subdistribuidores trabalhando para suprir a demanda dos consumidores. Ainda não dispomos de números oficiais, mas com certeza eles são bastante positivos”, avalia o gerente regional de Marketing da Ambev, Felipe Balota.

   14. Além de assegurar a exclusividade na venda dos seus produtos nos circuitos, a Ambev trouxe novidades para o carnaval de 2020. Entre as tantas inovações, a marca aproveitou para realizar o sonho de quatro amigos que estão tendo a sensação real de viver na folia. 

   15. O quarteto esteve a bordo de um trio elétrico com uma vista privilegiada do circuito Barra-Ondina e ainda teve acesso ao Camarote Skol Puro Malte, com shows exclusivos de artistas como Thiaguinho e Wesley Safadão.
 
   16. Para o grupo Veloe, empresa de tag veicular que proporciona mobilidade para pagamento automático em pedágios, estacionamentos e shoppings, a primeira participação na festa soteropolitana tem sido muito positiva.

   17.  “Este foi o primeiro ano da Veloe no Carnaval de Salvador e nossa proposta foi contribuir para a mobilidade urbana na cidade, trazendo uma solução diferenciada para apoiar não apenas com organização do trânsito, mas, principalmente, facilitar um acesso mais ágil aos moradores da região”, explica o superintendente de Operações do grupo, Alexandre Fontes.

   18. Segundo Fontes, a Veloe considera que participar do Carnaval de Salvador é uma experiência exitosa, por entender que a Bahia é a porta de entrada fundamental para garantir a expansão e consolidação da marca na regiões Norte e Nordeste do país.

    19. A diretora de Comunicação e Marketing do Hapvida Saúde, Simone Varella, afirma que o Carnaval de Salvador é, sem dúvidas, a maior festa de participação popular do mundo.


   20. “O Hapvida sempre será apoiador de iniciativas saudáveis, que promovam o bem-estar, a alegria e a união entre as pessoas. Foi bom participarmos tão ativamente de uma manifestação da cultura brasileira, que reflete o trabalho em equipe e traz à tona toda a razão de nossa empresa existir: garantir que as pessoas tenham acesso à saúde para aproveitar os melhores momentos da vida”, disse.
                                                                      *****
  21. Pouco mais de 10 milhões de baianos e turistas já curtiram o Carnaval de Salvador, nos cinco dias oficiais da festa. Não houve registro de morte nos circuitos Dodô (Barra/Ondina), Osmar (Centro) e Batatinha (Centro Histórico).

  22. No quinto dia da folia foram contabilizados 19 roubos, 117 furtos e 23 lesões corporais. "Fazemos a segurança em um Carnaval de rua, em bairros habitados, dificultando o controle do que já está dentro dos circuitos", destacou o secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa.

  23. Ele acrescentou que houve uma confirmação da migração do público para o circuito Dodô. "Seis milhões de pessoas ocuparam os bairros da Barra e Ondina, o dobro do que foi registrado no Centro da cidade. Agora temos números reais, através do nosso sistema de Reconhecimento Facial, que permitirão adequações no planejamento", completou Barbosa.

   24. A Secretaria da Segurança Pública (SSP) apresenta, nesta quarta-feira (26), às 10h30, no Quartel dos Aflitos, o balanço das ações policiais do Carnaval 2020.

  25. Não está prevista a participação do governador Rui Costa, mas gestores das demais secretarias e órgãos que participam da festa estarão à disposição para entrevistas.