quarta-feira, 11 de dezembro de 2019
Política

LÍDER DA OPOSIÇÃO NA ASSEMBLEIA DIZ QUE A TVE BA VIROU CANAL POLÍTICO

Lider da oposição na ALBA destaca que há ingerência do governador na TVE
Da Redação , Salvador | 13/11/2019 às 12:12
Celson Amorim, ex-ministro do govrno Dilma
Foto: DIV
   Em nota da Ascom da TVE/BAO encaminhada à imprensa, "o TVE Entrevista Especial desta quarta-feira (13) recebe o ex-ministro das Relações Exteriores e da Defesa Celso Amorim. Na entrevista concedida ao jornalista Bob Fernandes, ele fala sobre a relação atual do Brasil com outros países, e o momento do Chile, da Argentina, Estados Unidos e China". A exibição é às 21h30.

O diplomata, que atuou em diversos países ao longo de 40 anos de Itamaraty, diz ver no Brasil atual um neoliberalismo extremado na economia, o que para ele não resolve a vida de metade da população brasileira que vive com no máximo R$ 413 por mês. No futuro, Amorim prevê que a população responderá ao que tem sido praticado no país.  Ele cita o neoliberalismo implantado no Chile que, antes visto como modelo, agora é palco de intensas manifestações.

 Questionado sobre o Brasil aos olhos do mundo, Celso diz ver apenas perdas ao longo deste ano de 2019. “Acho que o Brasil não é respeitado por ninguém, nem pelos Estados Unidos, o qual ele [o presidente Jair Bolsonaro] quer agradar tanto”.

Sobre as Forças Armadas, o ex-ministro da Defesa destacou a importância dos militares cumprirem a lei e não exercerem influência nas decisões de outras instâncias.

  LIDER DA OPOSIÇÃO PROTESTA

   De acordo com o site Bahia Noticias, a TV Educativa da Bahia (TVE), canal público vinculado ao governo do estado e a TV Brasil, mobilizou, neste sábado (9), sua programação e redes sociais para exibir o pronunciamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em São Bernardo do Campo, cidade do ABC paulista. Na sua fala, o petista criticou o atual governo de Jair Bolsonaro e atacou o plano econômico de Paulo Guedes (veja aqui).

   Em resposta a exibição, o líder da oposição na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), Targino Machado (DEM), acusou o governador Rui Costa (PT) de utilizar a TV pública para interesses políticos próprios. 

  “A transmissão de um comício político de Lula, o primeiro após ele sair da prisão, é prova inequívoca de que o PT desvirtua a função da TVE enquanto TV pública, que tem uma importante função de informar com qualidade a população, não servir de palanque político para quem está no comando do Executivo”, declarou Targino. 

   Na prática, a TVE retransmitiu imagens exclusivas da TV dos Trabalhadores, emissora de televisão concessionada em Mogi das Cruzes e sediada em São Bernardo do Campo.