segunda-feira, 14 de outubro de 2019
Política

PREÇO DO PETRÓLEO DISPARA APÓS ATAQUES TERRORISTAS NA ARÁBIA SAUDITA

Terrorista Houthi do Iêmen usaram drones e Trump diz que a operação teve apoio do Iran
Tasso Franco , da redação em Salvador | 16/09/2019 às 20:59
Modelo de drone Houthi usado no ataque ao complexo de refinarias da Arábia Saudita
Foto: RS
   MIUDINHAS GLOBAIS:

   1. O ataque com drones no fim de semana contra infraestruturas petroleiras na Arábia Saudita pode ser visto como uma espécie de 11 de Setembro para o mercado do petróleo. A comparação é do diretor-geral da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), Décio Oddone. O presidente Donald Trump expresso que os ataques do terroristas do Iêmen têm o apoio do Iran.

  2. Os atques às unidades da petroleira Saudi Aramco pelo grupo rebelde e terrorista Houthi, do Iêmen, faz com que a sensação de risco aumente no setor petrolífero. Hoje, o preço futuro do petróleo já  subiu bastante e o governo brasileiro diz que vai tentar manter o preço atual dos combustíveis até que a produção da Aramco se normalize.
Ainda conforme Oddone, medidas preventivas depois do atentado devem ser adotadas, o que também tende a impactar negativamente nos custos operacionais do produto pelo mundo.

    3. O atentado de sábado interrompeu a produção de 5,7 milhões de barris diários de petróleo, montante que representa metade do exportado pelos sauditas e 5% do explorado diariamente no mundo.

   4. Assim que a extensão do atentado ganhou contornos, os investidores de todo o mundo correram em busca de contratos futuros de petróleo, movimento que elevou em 20% a cotação do barril em Londres, a maior alta em uma sessão desde a primeira Guerra do Golfo, em 1991.

    5. Nesta segunda-feira, 16, o mercado manteve o tom de preocupação. A cotação do petróleo fechou em forte alta nas duas principais bolsas do mundo para a commodity: Nova York e Londres. No Estados Unidos, o barril negociado para outubro registrou alta de 14,67%, negociado a US$ 62,90. Em Londres, a alta do preço do barril vendido para novembro fechou o dia com alta de 14,61%, a US$ 69,02.
                                                                                 *****
   6. O deputado estadual Targino Machado (DEM) utilizou a tribuna da Assembleia Legislativa nesta segunda-feira (16) para lamentar o fechamento da Petrobras na Bahia, o que pode trazer prejuízos para a economia do estado.

   7.  O parlamentar, que lidera a bancada de oposição na Casa, criticou parlamentares petistas que têm atribuído ao prefeito ACM Neto (DEM) a responsabilidade pelo fechamento e ressaltou que a crise que se instalou naquela que já foi uma das maiores empresas do mundo é de responsabilidade do PT. 

   8. “Fico triste e lamento ver o governador Rui Costa falar em defesa da Petrobras e ter a coragem de ainda citar o prédio Torre Pituba, objeto de escândalos de corrupção através de superfaturamento. Necessário dizer-se que a saída da Petrobras da Bahia traz, inexoravelmente, o DNA do PT e partidos associados, que transformaram a empresa em sede da operação Lava Jato. Não posso deixar de me solidarizar com todos aqueles que, apesar, das diferenças políticas estão preocupados com o fechamento da Petrobras, porque reconheço que os prejuízos haverão para a Bahia e os baianos”, disse.

   9. “Confesso que só não entendi de todos aqueles que apresentaram a sua indignação através da mídia, do plenário da Casa, aqui citando as dificuldades que o fechamento da Petrobras há de provocar, mas não destacaram as causas que levaram a empresa à derrocada, deixando de ser uma das maiores empresas do ramo petrolífero do mundo, em decorrência da corrupção que dela tomou conta, manietada por arautos da política. Todos do PT ou dos partidos associados”, complementou o deputado. 

   10. Segundo o deputado, o fechamento pode trazer prejuízos para a “economia já cambaleante do Estado da Bahia” e “a aprofundar as mazelas para os baianos, notadamente aos serviços públicos essenciais como da saúde, educação e segurança pública”.

   11. Morreu hoje em Salvador o diretor da Bigraf Sacolas, Archimedes Curvelo de Almeida, 71 anos, ex-diretor da antiga Bigraf, uma das empresas gráficas mais modernas da Bahia e que foi uma referência durante muitos anos. Curvelão, como era assim conhecido, abriu as portas da Bigraf para os meios publicitários, editou dezenas de livros de arte e tornou-se consultor gráfico para várias partes do país. 

   13.  O Morar Melhor foi apresentado hoje (16), em Salvador, ao secretário-executivo de Habitação do estado de São Paulo, Fernando Marangoni, que foi recebido pelo vice-prefeito e secretário municipal de Infraestrutura e Obras Públicas, Bruno Reis, no Palácio Thomé de Souza. 

   14. Além da apresentação do projeto, foram expostas as ações realizadas, o atual estágio do programa, números alcançados e as experiências dos técnicos na execução das atividades. O gestor paulista também visitou as casas reformadas pelo programa nos bairros de Castelo Branco e Cajazeiras.

   15. Marangoni explicou que o objetivo principal da visita foi conhecer o sucesso do Morar Melhor. “Vim para conhecer o programa e fiquei muito contente com o que vi nos bairros, por ser uma ação que agrega as melhorias nas residências e os conceitos sociais. O Morar Melhor gera dignidade para as pessoas, nova vida, é um verdadeiro recomeço para aqueles que estão em extrema vulnerabilidade. Por isso, queremos levar a ideia para o governo do estado de São Paulo adaptar e replicar nos municípios paulistas, em especial na região metropolitana, onde temos situações análogas às que vimos aqui”, afirmou.

   16. Nesta terça-feira (17), às 9h, o governador Rui Costa estará em Paramirim, no sudoeste do estado, para a entrega de obras, de equipamentos e anúncio de novas ações no município. A programação inclui a inauguração da reforma e ampliação do Mercado Municipal, e entrega da extensão da rede de iluminação pública da Avenida São José.
 
   17. Rui vai descerrar a placa de inauguração do Mercado Municipal e, depois, segue para a Praça Érico Cardoso. Lá, fará a entrega de oito microtratores, para entidades rurais dos municípios de Paramirim, Botuporã, Tanque Novo, Macaúbas, Érico Cardoso, Caturama, Ibipitanga e Rio do Pires, além de 1.311 certificados de Cadastro Ambiental Rural (CAR) e de 90 títulos do Projeto Bahia mais Forte, Terra Legal. Os títulos de terra vão beneficiar agricultores dos municípios de Paramirim (37), Érico Cardoso (30), Macaúbas (11), Rio do Pires (05) e Boquira (7).

   18. Oito microtratores serão destinados a entidades dos municípios de Paramirim, Botuporã, Tanque Novo, Macaúbas, Érico Cardoso, Caturama, Ibipitanga e Rio do Pires.Já a Cooperativa de Fruticultura Irrigada de Paramirim (Coofipa) vai receber 30 kits de Apicultura.

   19. A Maternidade Climério de Oliveira da Universidade Federal da Bahia e fliada à Rede Ebserh receberá, até dezembro deste ano, mais de R$ 750 mil para aquisição de equipamentos de infraestrutura e softwares de tecnologia da informação. O anúncio foi feito na terça-feira, 10, pelo presidente da Rede Ebserh, Oswaldo Ferreira, durante encontro que reuniu gestores da Empresa e dos hospitais universitários vinculados à Estatal.

  20. No total, serão mais de R$ 108 milhões para os hospitais da Rede. A liberação da verba se dará por meio do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais, gerido pela Ebserh com recursos dos ministérios da Educação (MEC) e da Saúde (MS).

   21. Os valores serão destinados a obras de reforma e melhoria estrutural e à renovação do parque tecnológico dos hospitais, incluindo equipamentos de infraestrutura, médico-hospitalares, de hotelaria hospitalar e de tecnologia da informação.

   22. Para a consolidação desse planejamento, foi implementado um plano de investimentos estabelecendo uma priorização de acordo com critérios técnicos e viabilidade das ações propostas. A iniciativa contou ainda com um contrato de objetivos assinado pelo presidente da Ebserh e pelos superintendentes dos hospitais.