ter?a-feira, 17 de setembro de 2019
Política

OBRAS VLT ligando Salvador a Simões Filho começam em outubro, diz RUI

Presidente Bolsonaro diz que Argentina caminha para ser uma nova Venezuela com Christina Kirchener
Tasso Franco , da redação em Salvador | 14/08/2019 às 19:19
Governador Rui esteve na CMS
Foto: CMS
MIUDINHAS GLOBAIS:

1. As obras do Veículo Leve de Transporte (VLT) serão iniciadas em outubro. Nesta quarta-feira (14), o projeto foi apresentado pelo governador Rui Costa na Câmara Municipal de Salvador. Pela primeira vez, a Casa Legislativa recebe um governador para estabelecer o diálogo com os vereadores. 

2. O VLT vai ligar Salvador à Ilha de São João, em Simões Filho, município da região metropolitana. A proposta é que o equipamento também chegue à estação Acesso Norte do metrô, perfazendo um total de 22 quilômetros de extensão.

3. "A obra completa demora aproximadamente dois anos, mas nós vamos entregar em etapas", explicou Rui. "É um projeto de transporte moderno, de última geração, o mesmo equipamento que existe nas cidades mais modernas do mundo. Ele vai ligar Simões Filho a Salvador, atendendo ao Comércio e integrando com a estação do metrô no Acesso Norte. Portanto, é uma transformação completa na mobilidade urbana da região metropolitana".

4. O governador destacou ainda que o preço da passagem será o mesmo do serviço de metrô. "Hoje é cobrado o valor do trem da década de 50, um serviço de péssima qualidade, sem conforto, de 20 em 20 minutos, que não atende com a qualidade de um serviço moderno, que respeite a população. O VLT terá exatamente o mesmo padrão do metrô. É um equipamento tão moderno quanto o metrô", acrescentou. 
                                                                   *****

5. A Justiça Federal no Paraná acolheu pedido da força-tarefa Lava Jato do Ministério Público Federal de bloqueio de bens e ativos financeiros de investigados na operação Piloto. A acusação do MPF, realizada em 5 de junho deste ano, denunciou Carlos Alberto Richa (Beto Richa), Ezequias Moreira, José Richa Filho (Pepe Richa), Luiz Abi Antoun, Dirceu Pupo Moreira, Rafael Gluck e José Maria Ribas Mueller pela prática, ao longo de 2014, dos crimes de corrupção ativa e passiva, de fraude licitatória e de lavagem de dinheiro, relacionados à licitação na Parceria Público Privada (PPP) para exploração e duplicação da PR-323, que liga Maringá a Francisco Alves, no noroeste do Paraná.

6. Além do bloqueio de R$ 20 milhões de Beto Richa, o despacho prevê a indisponibilidade de bens imóveis e de veículos e o sequestro de parte de imóvel citado no esquema de corrupção. As mesmas medidas, com valores proporcionais, foram aplicadas aos outros réus.

7. A operação Piloto foi deflagrada em setembro de 2018 a partir do conteúdo de depoimentos de colaboradores ligados ao grupo Odebrecht, que revelaram esquema de lavagem de dinheiro e pagamento de propina visando o favorecimento do consórcio liderado pela Odebrecht na licitação de concessão da PR-323. Esses pagamentos teriam sido operacionalizados pelo Setor de Operações Estruturadas da empresa em favor do codinome "Piloto", identificado como sendo o ex-governador Carlos Alberto Richa.

8. Richa também é réu em outros dois processos pelo crime de lavagem de dinheiro proveniente de propinas do pedágio e de outros esquemas de corrupção em seu governo.
                                                      *****
9. O deputado estadual Alan Sanches (DEM) alerta que o governador Rui Costa (PT) precisa se conscientizar de que não pode mais contrair empréstimos, ‘sob pena de cometer pedalada fiscal’. 

10. “Afinal, está comprovado o elevado risco de o governo não honrar suas dívidas. E quem diz isso não sou eu, Alan Sanches, mas um Relatório do Tesouro Nacional que atesta  que a Bahia recebeu, pelo terceiro ano seguido, nota C por sua Capacidade de Pagamento (Capag) e figura na lista de 17 unidades federativas (com notas C e D) sem garantias da União para contrair empréstimos de bancos e outras entidades”, alfinetou. 

11. Diante desse cenário, O democrata sugere ainda que o projeto de lei que está na pauta de votação da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) em que o Governo da Bahia solicita ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) um empréstimo de 40 milhões de dólares – R$ 150 milhões – para o financiamento do Programa de Modernização e Fortalecimento da Gestão Fiscal (Profisco II), seja abortado. 

12. “Até porque questões partidárias, o fato de possuir maioria na Casa, não podem falar mais alto do que manda a responsabilidade fiscal, bem como dos deputados para com os seus mandatos”, chamou atenção. O aval do governo federal viabiliza operações a juros mais baixos. Os dados referem-se ao ano de 2018.
                                                       ******
13. O deputado federal Joseildo Ramos (PT-BA) criticou nesta quarta-feira (14) as declarações preconceituosas do presidente Jair Bolsonaro com o Nordeste e classificou as recorrentes falas de “disenteria verbal”. Em discurso na tribuna, o parlamentar rebateu a declaração do presidente de que “precisaria chover honestidade” no Nordeste.

14. “Na verdade precisa é chover honestidade em Itaipu, a partir de negociações aparentemente escusas, de tráfico de influência envolvendo a família do presidente e o suplente de senador, líder do governo, tentando fazer negócio com energia. É preciso chover honestidade. É preciso saber onde está Queiroz”, criticou.

15. Com o objetivo de investir na formação e na qualificação dos servidores e empregados públicos, a Prefeitura, por intermédio da Secretaria Municipal de Gestão (Semge), vai promover o Curso de Extensão de Educação Profissional: Gestão e Modelagem de Projetos, nos meses de agosto a outubro. 

16. Para marcar o início desta jornada, que vai abranger 160 servidores, o prefeito ACM Neto fará uma participação na aula inaugural, que acontece nesta quinta (15), às 14h30, na Escola Baiana de Direito, na Rua Dr. José Peroba, 123 – Stiep.

17. O curso terá a carga horária de 60 horas e acontecerá dias de sextas-feiras e sábado, totalizando 12 horas semanais. Serão quatro turmas de 40 servidores.

18. O dólar fechou em alta nesta quarta-feira (13), voltando a superar a barreira dos R$ 4, pressionado pelo cenário externo, com a contração da economia alemã e os dados fracos industriais da China. Os números elevaram a preocupação dos investidores com uma possível desaceleração global e provocaram uma onda de pessimismo, afetando também os principais mercados acionários.

19. O presidente Jair Bolsonaro voltou a atacar nesta quarta-feira a chapa dos candidatos Alberto Fernández e Cristina Kirchner à Presidência da Argentina. Em discurso durante evento em Parnaíba (PI), Bolsonaro disse que as primárias do último domingo indicaram que "bandidos de esquerda começaram a voltar ao poder" e que o país vizinho "começa a trilhar o rumo da Venezuela".

20. — Olhem o que está acontecendo na Argentina agora. A Argentina está mergulhando no caos. A Argentina começa a trilhar o rumo da Venezuela, porque nas primárias bandidos de esquerda começaram a voltar ao poder — afirmou.