quinta-feira, 02 de abril de 2020
Política

Cúpula da SSP avalia positivamente Carnaval no camarote da Câmara

Com informações da ASCOM CMS
Da Redação , Salvador | 04/03/2019 às 19:22
Presidente Geraldo Jr e a cúpula da SSP
Foto: Valdemiro Lopes
O presidente da Câmara, vereador Geraldo Júnior (SD), reuniu no Camarote da Câmara, no Campo Grande, na tarde desta segunda-feira (4), a alta cúpula da Segurança Pública do Estado da Bahia (SSP-BA) para avaliar a segurança na maior festa popular do planeta. Comparando com os últimos carnavais, os resultados são considerados dos mais positivos, sobretudo com a redução da violência e o uso de inteligência nas ações preventivas e o sucesso dos portais de abordagem nos acessos aos circuitos.

“Falar em serviço público aqui na nossa cidade, aqui no estado, no Carnaval, é sempre falar da segurança pública”, reconheceu Geraldo Júnior. Ele destacou o trabalho de Maurício Barbosa, secretário de Segurança Pública; de Ary Pereira, subsecretário; do coronel PM Telles de Macêdo, comandante do Corpo de Bombeiros; do coronel Anselmo Brandão, comandante-geral da Polícia Militar; e do delegado Bernardino Brito Filho, que está à frente da Polícia Civil. Todos participaram de uma coletiva no Camarote da Câmara.

Na avaliação de Geraldo Júnior, os gestores da Segurança Pública da Bahia e os seus comandados “fazem o Carnaval da cidade do Salvador o maior evento de rua do planeta, com excelência”. Ainda nas suas considerações, destacando a responsabilidade de gerir uma festa desta dimensão com milhares de pessoas nas ruas, o presidente afirmou que a Polícia Militar, a Polícia Civil e o Corpo de Bombeiros são referências no cenário mundial.

“Todos os circuitos estão cheios, todos os bairros da cidade, o Pelourinho e, mesmo assim, a segurança pública do nosso estado não se sente ameaçada em função deste contingente operacional de policiais nos locais da festa”, afirmou Geraldo Júnior. Ele disse ainda que todos os vereadores se sentem honrados em receber no Camarote da Câmara, na Casa do Povo, “esses bravos homens da segurança pública”.

Menos violência

O secretário Maurício Barbosa avaliou positivamente os números da festa, sobretudo com a redução da violência e nenhuma ocorrência grave. “O Carnaval está mais cheio do que o ano passado, sem nenhuma morte nos circuitos, e uma redução de 22% do crime contra o patrimônio. É isso que queremos manter”, informou. 
“É isso que a população espera, uma polícia ativa e respeitosa para conduzir esta festa maravilhosa. Se Deus quiser, até Quarta-Feira de Cinza, teremos um Carnaval de mais paz ainda”, previu Maurício.

O coronel Anselmo Brandão fez uma “avaliação positiva” e frisou que a produtividade da corporação aumentou muito, apesar do grande fluxo de pessoas. O comandante da PM destacou o trabalho de prevenção nos portais de abordagem, considerados “referência”. Também falou da produtividade, com mais abordagem e apreensão de armas fora e dentro dos circuitos, provando que “prevenir é o melhor remédio”.

Inteligência

Delegado-geral da Polícia Civil, Bernardino Brito Filho, informou que está com 3 mil homens infiltrados nos circuitos da festa, garantindo a diversão dos foliões. “Os resultados são positivos e já dobramos os números das abordagens com condução de indivíduos que estavam em atitude suspeita, num trabalho de inteligência que está sendo feito nos circuitos da festa. Também identificamos os pontos de abordagem às vítimas e os indivíduos que estão atuando de modo negativo, fazendo em seguida a condução para a Justiça”, disse.

O comandante Telles afirmou que houve uma redução geral do número de ocorrências. Por outro lado, viu que cresceu o número de atendimento do Corpo de Bombeiros nos circuitos, “em razão de ter colocado um efetivo maior”. A logística adotada, conforme Telles, melhorou o atendimento, realizando todo tipo de assistência, como em casos de enfarto, problema ortopédico, ingestão de bebida alcóolica e de substâncias psicoativas.