quinta-feira, 22 de abril de 2021
Esporte

COPA DO BRASIL: VITÓRIA VENCE RIO BRANCO 2X0 E CHEGA A TERCEIRA FASE

Leia comentário de ZédeJesusBarrêto
ZedeJesusBarrêto , da redação em Salvador | 07/04/2021 às 22:04
Vitória 2X0 Rio Branco
Foto: ECV

  O Vitória segue firma na Copa do Brasil. Em casa, atropelou outro concorrente, o Rio Branco (2 x 0), dentro de casa com superioridade. A equipe vem encorpando com Rodrigo no comando, apostando na meninada, com postura ofensiva, muita garra e velocidade. Fez um bom jogo e o placar poderia ser bem mais dilatado não fossem as oportunidades desperdiçadas.  
 *
 No Barradão 

 O Leão em campo como favorito, por estar jogando na sua Toca e por ser o Rio Branco, o Brancão, uma equipe aguerrida mas que vem da Série D/2020. Os donos da casa com as rédeas, as iniciativas do jogo, pois, desde o começo. 

 - Aos 10’, após cruzamento da direita, de Cedric, Samuel pegou de voleio, de prima e com estilo, para rebatida salvadora do goleiro Diogo.  Absoluto domínio rubro-negro, mas, numa jogada isolada, pela direita, nas costas de Pedrinho, aos 23 minutos Vandinho recebeu livre na grande área, de cara, mas Lucas Arcanjo saiu arrojado, evitando o gol. Aos 28, Vico bateu de canhota, de longe, Diogo espalmou. Aos 42’, cruzamento da direita e Alisson tentou o voleio, mandou pra fora. Aos 47’, Vico bateu de longe, bola no poste, rodapé, e fora.  

  O Vitória teve a bola e atuou quase todo tempo dentro do campo adversário mas criou, finalizou pouco. O Brancão se defendeu, resistiu bem na primeira etapa. 
*
  Logo no começo da segunda etapa, o Leão fustigando, aceso, faminto ... 

 - Gol ! 1 x 0 Vitória, aos 4 minutos. Escanteio cobrado da esquerda por Vico, David antecipou-se à zaga e testou na pequena área, na primeira trave, abrindo o placar. 

  Abriu-se a porteira.

 - Gol ! 2 x 0 Vitória, aos 5 minutos. Numa saída de bola errada, pelo meio, Gil Mineiro vacilou,  Gabriel Bispo roubou a bola e entrou livre, de cara, batendo firme, no canto, ampliando.

  Sem recuar, sem permitir a reação do adversário o rubro-negro continuou comandando as ações em campo. Ofensivo, marcando já no campo adversário. O Brancão já parecia boiado, sem pernas. Aos 16’, num chutão defensivo, a zaga do Vitória cochilou e Rafael Castro ganhou no corpo e assustou o goleiro Lucas Arcanjo. Aos 19’, Vico acertou o travessão de Diogo. 

 - Substituições, sangue e fôlego renovados, lá e cá. Aos 28’, após tabela, Catatau entrou livre, de cara, tinha David livre do lado mas tentou fazer e chutou no corpo do goleiro, que saiu bem. Chance clara perdida. O Brancão briga, tenta, não se entregou. Aos 37’, após boa arrancada de Catatau na direita, David, de frente, perdeu outra chance. Aos 46’, nova oportunidade do Vitória em boa tabela de David com Pedrinho, o goleiro Gott salvou.  E foi só. 

  Valeu pela classificação.   
*
 Destaques

 Vico, David, Samuel, Pedrinho, Gabriel Bispo ... a zaga sem problemas.
  *
 Escalações 
 - Vitoria : Lucas Arcanjo, Raul Prata, Wallace, Marcelo e Pedrinho; Gabriel Bispo, Cedric e Alisson Farias; Vico, Samuel e David. Treinador, Rodrigo Chagas.( entraram ainda Catatau, Valter, Maykon Douglas, Heron e Van) 

 - Rio Branco/ES : Diogo, Gugu, Luan, Petróleo e Arthur; Gil Mineiro, Gian e Vandinho;  Geovane, Paulinho e Sanchez. Treinador, Alex Silva. (entraram Rafael Castro, Mateus, Roniclay, o goleiro Gott, Douglas)   
 Arbitragem paulista. No apito, Thiago Luis Scarascati.   
*
No Adauto Moraes

 Em tarde de ‘assombrações’ das carrancas do São Francisco, o Juazeirense classificou-se para a fase 3 da Copa do Brasil ao vencer, na cobrança de tiros livres da marca do pênalti, o time do Volta Redonda, após um empate dramático de 3 x 3 no tempo normal. 

  O Juá chegou a estar perdendo o jogo por 3 x 0, e reagiu, foi buscar, quando ninguém mais acreditava. O gol de empate saiu no minuto derradeiro dos acréscimos, garantindo a disputa nas ´penalidades. E começou atrás também nas cobranças das penalidades, mas na sequência os cariocas desperdiçaram três...  e deu Juazeirense, com a ajuda das carrancas do véi Chico. 

**