ter?a-feira, 14 de julho de 2020
Esporte

SAUDADES MATADEIRA DE UMA BOLA ROLANDO, por ZÉDEJESUSBARRÊTO

O Campeonato Baiano foi interrompido quando faltava apenas uma rodada para o fim da primeira fase, a classificatória.
ZédeJesusBarrêto , Bahia | 31/05/2020 às 19:43
Campeonato Espanhol volta com Sevilha vs Bétis
Foto:


  De todas as agruras desse isolamento compulsório, de já se foram dois meses, o mais cruel é falta de uma bola rolando nos gramados, galera vibrando na hora do gol. Ainda mais pra quem gosta, feito este escrevinhador, a bola como primeira grande paixão da vida.  
 
*
 Quando a bola parou, em função da pandemia do corongo, imaginava-se uma retomada das ativididades pebolísticas profissionais no Brasil a partir deste começo de junho, mas ...  o bicho não dá trégua e estaríamos atravessando agora uma fase entre o pico e um tal platô da desgraceira, não pergunte o que isso significa. Daí, nem mesmo se especula o retorno do jogo de bola no país. E poucos cenários são tão desoladores como um grande estádio, uma arena dessa vazia, sepulcral, por dentro e por fora. 

**
  Quem será o Campeão Baiano 2020?

  O Campeonato Baiano foi interrompido quando faltava apenas uma rodada para o fim da primeira fase, a classificatória. O Bahia liderava com certa folga e superioridade, mesmo atuando com uma equipe sub-23, tida como aspirante ou de transição. Com a suspensão da competição, a diretoria do Clube, no intuito de enxugar as despesas, dispensou a equipe técnica que dirigia a equipe (entendo que Dado Cavalcanti, o treinador, deveria ter ficado, pelo bom trabalho que vinha desempenhando) e boa parte do plantel; alguns, aprovados pela comissão técnica dos profissionais, foram incorporados ao grupo principal comandado pelo treinador Roger. 

*
  O que se sabe é que o tal Baianão 2020 foi mesmo suspenso, sem chances de voltar a ser disputado, conforme já foi comunicado pela Federação Baiana de Futebol. 

 Daí, fica a interrogação: E o campeão de 2020?  Seria proclamado o Bahia, já que liderava a competição?  Em algumas competições regionais da Europa isso aconteceu, sem maiores chiadeiras. Mas aqui, com certeza, vai dar encrenca, muita polêmica, seja qual for a decisão da FBF, sumida, diga-se. 
**
  Os clubes do interior, imagine, desmilinguiram-se. Como pagar as despesas, sustentar um plantel e estrutura sem receitas? 
  O Vitória, o outro clube de grande torcida da Capital, já estava com os cofres vazios antes mesmo da crise pandêmica, com salários de profissionais de infraestrutura, equipes técnicas e atletas em atraso. A primeira providência anunciada foi extinguir com o Sub-23, os aspirantes, fechar o Barradão. Silêncio !
*
 O que se sabe é que os atletas de Bahia e Vitória, na sua grande maioria, tiveram cortes salariais significativos, acordados, e foram , têm sido orientados a treinar em casa, acompanhados on line pelos departamentos físico e de fisiologia, com programas definidos e avaliações periódicas. Saberemos o resultado dessa experiência inovadora com a volta aos gramados, o bate-bola valendo pontos. Saberemos que se cuidou de vera e quem foi pra gandaia. 
*  
   Nordestão e Brasileirão 
  Bahia e Vitória têm duas competições garantidas, a disputar, ainda este ano se Deus quiser, logo que a bola volte a rolar. Uma é o Nordestão, que foi paralisado em pleno andamento. Tem havido reuniões para estabelecer datas de retorno, mesmo com portões fechados e arquibancadas vazias no recomeço, e com regras e cuidados aprovados pelo ministério e secretarias de saúde dos estados. 

  A outra competição, a mais importante, é o Campeonato Nacional, Séries A e B, sem previsão já que implica em avaliações das possibilidades e condições de segurança em cada região do país, em cada estado da Federação. Complicado, pois Ceará não é Rio Grande do Sul, Rio não é Pernambuco e São Paulo não é Bahia.  No mais, em termos da amplitude ou diminuição dos casos da pandemia, cada semana é uma surpresa neste país desorientado. 
**
 Os ‘alemão’ na dianteira

 Na Europa, alguns países estão saindo da crise e já estabelecendo a retomada gradativa das competições, como é o caso da evoluída, exemplar e avançada Alemanha. 

  Lá já aconteceram três rodadas do Campeonato Alemão, com arquibancadas vazias, novas normas comportamentais em campo e transmissão pela tevê. Na reta final, o Bayern Munique está sobrando, voltou voando ainda mais alto que antes da interrupção com um time espetacular: Neuer, Boateng, Kimmict, Alaba (na zaga), um garoto de 19 anos, Davies, na lateral esquerda, e na frente Gnabrys, Coman, Muller, Lewandowski... hoje e agora um dos melhores times do mundo, pelo conjunto e qualidade técnica individual. Praticamente campeão alemão 2020. 

 Cá ...   é muito mais complexo e complicado. Outra história.
*
Tava com saudade? É só o recomeço, a retomada. Futebol na veia !