segunda-feira, 23 de setembro de 2019
Esporte

Globo afasta Mauro Naves por dar telefone do pai de Neymar a advogados

Em nota no 'Jornal Nacional', emissora diz que o repórter esportivo admitiu ter repassado contatos a ex-defensores da mulher que acusa Neymar de estupro
Da Redação , Salvador | 06/06/2019 às 09:15
Mauro Naves há 32 anos na Globo
Foto:
A TV Globo informou na edição da última quarta-feira, 5, do Jornal Nacional que, “em comum acordo”, o repórter Mauro Naves foi afastado da cobertura esportiva da emissora por ter passado o contato do pai de Neymar aos ex-advogados da mulher que acusa o atacante de estupro. Na nota, o apresentador William Bonner diz que Naves admitiu ter repassado os contatos ao advogado José Edgard Cunha Bueno e só comunicou a Globo sobre o assunto hoje.

Inicialmente, Cunha Bueno havia informado por meio de uma carta à imprensa que fora Neymar pai, e não ele, quem pediu uma reunião para tratar da acusação de estupro. Por meio de nota, no entanto, o pai do jogador disse o contrário: que foi procurado pelo advogado e que seus contatos haviam sido repassados por Mauro Naves. Ele diz ter havido uma tentativa de extorsão no encontro.

Segundo o jornalista explicou à emissora, sua intenção ao encaminhar os contatos do pai de Neymar ao defensor era conseguir informações exclusivas sobre o caso. Bonner afirmou que Naves é um “profissional excelente, com grandes contribuições” ao canal, mas que “há evidências de que as atitudes dele, neste caso, contrariaram a expectativa da empresa sobre a conduta de seus jornalistas”.

Na Globo há 32 anos, Mauro Naves é, ao lado de Tino Marcos, o repórter que há mais tempo cobre a seleção brasileira na emissora. Ele esteve nas Copas do Mundo de 1998 (França), 2002 (Coreia e Japão), 2006 (Alemanha), 2010 (África do Sul), 2014 (Brasil) e 2018 (Rússia).