sexta-feira, 30 de outubro de 2020
Economia

GOVERNO FEDERAL SALVA A ECONOMIA NORDESTE COM R$85.9 BILHÕES INJETADOS

A Bahia recebeu R$22 bilhões
Tasso Franco , da redação em Salvador | 07/10/2020 às 19:21
Supermercados tiveram impulso de 27.8% nos negócios
Foto: BJÁ
    Segundo dados do Portal de Transparência Federal, a Quase 31 milhões de Nordestinos recebem diretamente do Governo Federal R$85,9 bilhões em 2020, e o ano ainda não terminou

Auxilio Emergencial, Bolsa Família, BPC e Seguro Defeso turbinam economia nordestina e popularidade do Presidente.

A imensa injeção de recursos federais no bolso do nordestino, diretamente sem intermediários, salvou a economia nordestina de um desastre econômico e social no meio do fechamento dos comércios que provocaram a maior crise de desemprego.

Somando-se todos os Auxílios o Nordeste recebeu 85,9 bilhões de reais, sendo Bahia 22,5 bilhões, Pernambuco 14,3 bilhões, Ceara 13.4 bilhões, Maranhão 11,2 bilhões, Paraíba 6.0 bilhões, Piauí 5,1 bilhões, Alagoas 5.0 bilhões, Rio Grande do Norte 4,7 bilhões e Sergipe 3,3 bilhões.

São 30,9 milhões de pessoas que receberam diretamente os recursos Bahia 8.17 milhões, Pernambuco 5,13 milhões, Ceara 4,86 milhões, Maranhão 3,96 milhões, Paraíba 2,19 milhões, Piauí 1,87 milhões, Alagoas 1,76 milhão, Rio Grande do Norte 1,74 milhão e Sergipe 1,23 milhão.

Na Bahia 59.19% da população recebe algum auxílio federal (Auxilio Emergencial, Bolsa Família, BPC e Seguro Defeso), no Nordeste a média é de 58,42% da população esteja recebendo algum benefício.