quinta-feira, 02 de abril de 2020
Economia

SHOPPINGS OBEDECEM DECRETO DA PREFEITURA E FECHARAM POR 15 DIAS

Força tarefa da Prefeitura verifica se o decreto do prefeito está sendo cumprido
Tasso Franco , da redação em Salvador | 21/03/2020 às 12:38
Shopping Barra com apenas vigilantes na porta principal
Foto: BJÁ
Os shoppings e clubes sociais, esportivos e recreativos da cidade suspenderam as atividades a partir desde sábado (21), pelo período inicial de 15 dias. A determinação, anunciada ontem (19) pelo prefeito ACM Neto, foi publicada no Diário Oficial (DOM) de hoje (20), por meio do decreto de número 32.272. É mais uma iniciativa do município para evitar aglomeração de pessoas nesse momento de crise mundial por conta do novo coronavírus. 

A força-tarefa comandada pela Secretaria de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur) para fiscalizar o cumprimento de todas as determinações do município visando conter o avanço do coronavírus vai conferir o cumprimento da medida já a partir deste sábado (20). Essa força-tarefa começou a atuar na quarta-feira passada, quando entrou em vigor o decreto (nº 32.256) que suspendeu o funcionamento de escolas, universidades, parques e equipamentos culturais pelo período de 15 dias. 

No terceiro dia de trabalho, hoje, o grupamento, que conta com o apoio da Guarda Civil Municipal (GCM), notificou duas autoescolas, em Cajazeiras, por manterem o funcionamento, apesar da determinação de fechamento temporário. Somente hoje foram quase 90 locais vistoriados. No total, desde a última quarta-feira, já foram 607 vistorias e 18 interdições, inclusive de universidades. 

“Nossa força-tarefa tem sido muito assertiva nas ações e vamos continuar firmes para garantir o cumprimento do decreto e a segurança da população. É inadmissível que estabelecimentos mantenham o funcionamento e não vamos flexibilizar. Nossas equipes continuarão atuando para inibir e interditar imediatamente quem for de encontro ao que diz a lei. Esse é um momento de sacrifício para salvar vidas”, disse o titular da Sedur, Sérgio Guanabara.