quarta-feira, 18 de setembro de 2019
Economia

Mila Liberato apresenta o Refúgio Trancoso

A arquiteta alinha o artesanal à tecnologia em uma bela suíte
Jamil Moreira Castro , Salvador | 16/08/2019 às 18:14
Casas Conceito
Foto: Gabriela Daltron
Com recantos bucólicos contrastando com muita badalação, a praia de Trancoso inspira a estreia de Mila Liberato na mostra Casas Conceito, de 17 de agosto a 29 de setembro, na Bahia Marina. No Refúgio Trancoso, uma suíte de casal equipada com sala de banho e closet integrado, a arquiteta faz homenagem a Elba Ramalho, que é considerada uma importante cidadã do famoso balneário no sul da Bahia. Com 60m², o espaço vai surpreender os frequentadores da mostra pelo conforto e por alinhar a tecnologia às matérias e técnicas artesanais.
No seu refúgio, Mila criou uma ampla suíte de casal equipada com sala de banho e closet integrado, perfeito para atender com muito conforto os frequentadores de um sofisticado resort como também um exigente cliente particular. O uso de artefatos e técnicas manuais conceituam o ambiente, do revestimento de paredes, cabeceira da cama, almofadas ao macramês e objetos. É o artesanal em harmonia com o que há de moderno e tecnológico no mercado do design e na fabricação de produtos.
“A inspiração em Elba Ramalho vem da sua personificação nesta cultura regionalista do Nordeste. Uma mulher independente, de personalidade e que valoriza seu berço e o difunde mundo fora”, revela Mila.  Assim como a cantora paraibana, a arquiteta projetou o Refúgio Trancoso para pessoas de natureza romântica, que admiram a simplicidade das coisas, mas não abrem mão de conforto e sofisticação. “É para quem se preocupa com o meio ambiente e estima a cultura de cada local. Uma pessoa que tem conhecimento pela alta cultura, mas também valoriza um simples trançado de rede ou palha”, acrescenta.
Desde a infância, as obras do tio Chico Liberato sempre foram uma referência para Mila Liberato, que fez questão de ter um dos seus quadros na parede do quarto. Ela elegeu a pintura Para aonde você vai eu também vou, um perfeito exemplar que torna inconfundível o trabalho do artista plástico baiano, com referência nas matrizes culturais e estéticas que consolidam a cultura brasileira, com presença marcante dos povos indígenas, negros e europeus.
A decoração dos ambientes tem assinatura de Geo Rocha, que, através de pesquisa junto a arquiteta, garimpou peças modernas, regionalistas e antigas. No quarto, a homenagem a Elba Ramalho está na estante com peças que remetem a sua religiosidade, como santos dos séculos XVIII e XIX, e objetos que lembram a sua cultura.
Uma das referências a Trancoso está nos quadros com belas imagens de sua linda igreja e da Praia do Espelho. Entre as peças garimpadas para a decoração, destaque o bowl com quatro carrancas, assinadas por Ana das Carrancas, dispostas em cima da mesa do café da manhã; dois Leões alados franceses ladeando a cama; e, na cabeceira, o livro original Tieta do Agreste, de Jorge Amado.
Os móveis assinados completam de forma harmônica os dois ambientes do Refúgio Trancoso. No quarto, a mesa Duomo, de Jader Almeida, ganha a companhia das cadeiras Iaiá, de Gustavo Bittencourt. Neste espaço, Mila reforçou o seu conceito de conforto com a mesa lateral Niva, de Ronald Sasson, a chaise Bétula, de Hermes Costa, o banco Trança, do Studio Lazz, além da iluminação com a peça Memory e os pendentes Nutt, ambos de Jader Almeida.
O closet, desenvolvido em parceria com a Coletânea, recebeu as criações da estilista Jeanne Gubert e o espelho Basel, também assinado pelo designer Jader Almeida. No espaço junto a caixa de banho, Mila trouxe mais conforto com a Poltrona Tela, de Guilherme Wentz.

MACRAMÊ & BAMBU

O artesanal se destaca na trama do painel inspirada no macramê, desenhado pelo própria Mila Liberato e desenvolvido pela Forma Móveis Personalizados, que envolve a caixa de banho e na técnica de revestimento em bambu, aplicada na forma acolhedora de uma proa de barco na cabeceira da cama. Com resultado surpreendente, a técnica do bambu foi desenvolvida pela empresa parceira Arquitectura Mixta, que atua no Brasil com sede em São Paulo e no México.
“Posso afirmar que as texturas foram as principais referências na concepção deste projeto. No macramê que envolve o box, resultados de uma pesquisa criteriosa para conseguir uma textura singular, e na textura feita com uso da técnica com bambu, executada pela Arquitectura Mixta. Trata-se de uma empresa baseada no conceito da bioarquitetura, comprometida com o meio ambiente e na aplicação de técnicas tradicionais na construção, aproveitando ao máximo sua versatilidade inovando com suas formas”, explica Mila.
Desta forma, Mila buscou a valorizar a arquitetura artesanal, reforçando sua inclinação pela sustentabilidade, equilibrando a sua utilização com materiais sofisticados como vidro texturizado Master Soft da Saint Gobain Glass, o aço e o porcelanato polido Ouro Bianco da Portobello.
O ponto de partida do projeto se dá pela área de banho, momento de relaxamento do cotidiano. A ideia foi protagonizar Caixa de Banho na posição central do projeto, distribuindo ao seu redor o sanitário, lavatórios e o closet, que é completamente integrado. A atmosfera bucólica vem do jardim de inverno, incorporado neste espaço com plantas que remetem a vegetação tropical nativa. O dormitório foi projetado em outro recinto para manter a privacidade.
Do mar, Mila traz a água corrente e refrescante, caindo pelas duchas da Kohler na sala de banho e retornando pelo revestimento permeável, o Ecopav da Pavimenti, de forma cíclica. Este clima aquático se reforça com o vidro texturizado e translúcido, que faz alusão as águas profundas e misteriosas do mar. É nessa atmosfera que vamos A(Mar) a Casas Conceito.