segunda-feira, 20 de janeiro de 2020
Colunistas / A Boa Mesa
Dom Franquito

DOM FRANQUITO SABOREOU BACALHAU A LAGAREIRO DO MARLENE VIEIRA, LISBOA

Comida autêntica portuguesa é no Mercado da Ribeira, Lisboa, Portugal
09/01/2020 às 11:50
  Só foi dom Franquito pisar os pés em Lisboa, a velha cidade cheia de encantos e belezas, para ir conferir o bacalhau a lagareiro no restauranre Marlene Vieira no Mercado da Ribeira, área do Time Outelet Market, parte do Ribeira dedicado a gastronomia.

   Antes de falar do bacalhau que estava delicioso derretendo na boca cuido de dizer, como falam os portugueses, que o Mercado da Ribeira é uma das atrações turísticas da cidade e tradição de longos anos quando ainda só vendia frutas, pescados, carnes, flores e produtos alimentíticos de uma forma geral para a população de Lisboa.

  O Mercado da Ribeira nasceu em meados de 1600, mas com o grande terramoto de 1755, que destruiu grande parte da cidade, a área da Ribeira Velha, onde o mercado se localizava (e daí o nome) foi bastante abalado. 

   Em 1771, o Marquês de Pombal cria uma nova rede de mercados, entre eles o ”Mercado da Ribeira Nova”. Em 1983, um incêndio destrói boa parte desse mercado, o qual só se recupera definitivamente e com todas as obras concluídas em 1940. Em 1980 se extingue matadouro de aves e em 2000 o mercado deixa de ser o abastecedor da cidade. 

  Em 2010, a revista Time Out ganha a concessão do mercado e renova o piso térreo e primeiro andar do mercado. Por esse motivo, hoje em dia o Mercado da Ribeira recebe também o nome de Time Out Market

   É uma muvucas das melhores na capital portuguesa e onde se come a comida autência portuguesas em tendas do Out Let Market. E uma delas, das mais concorrida, é a de Marlene Vieira com fila à frente do restaurante. Quando há fila na frente de um restaurante pode ter certeza que a comida é deliciosa.

   E nada melhor do que pedir um prado tradicional da beira litoral portuguesa o Bacalhau a Lagareiro, lombo de bacalhau no azeite e batatas cozidas inteiras com casca e cebola. É um bacalhau feito no forno e que é servido sobre as batatas com cebolas ao redor. 

   É, simplesmente, delicioso, ainda mais o feito no Marelene Vieira. Não é à toa que tem fila na frente da tenda.

   Para beber, yo, la señora Boão de Jesus e sua madre Antonia pedimos um branco periquita 2018 vino suave como uma pluma. De entrada ou de saida, ainda nos deliciamos em bolinhos de bacalhau feitos noutro sitio de João Rodrigues. 

   Os restaurantes portugueses têm esses títulos bem conhecidos dos brasileiros e muitos deles levam os os nomes dos seus proprietários.

   No Ribeira, come-se em mesas coletivas e tanto você pode sentar à frente de coreanos, como froi nosso caso, ou de turistas de outros paises. É chegar e sentar numa das centenas de cadeiras altas sem espaldar. 

   Na hora de maior movimentação do mercado, entre 12h e 14 horas, é dificil achar um lugar logo que se chega. Mas, c om persistência se encontra.

   O imporante é que você saboreira uma boa comida a preços acessíveis e frequenta um dos lugares mais badalados de Lisboa velha.
--------------------------------------------------------------- 
Restaurante Marlene Vieira
Mercado da Ribeira
Área do Out Let Market
Av 24 de Julho, 64
Bacalhau a lagareiro 9,90 euros
Periquita vino 13 euros