segunda-feira, 16 de julho de 2018
Colunistas / A Boa Mesa
Dom Franquito

DOM FRANQUITO abre ano gastronômico saboreando cozido do Edinho

Comidinha típica da Bahia: deliciosa e com preços acessíveis
01/02/2018 às 12:23
   Abri o ano gastronômico em Edinho, o Restaurante mais antigo da Ceasinha do Rio Vermelho, 45 anos de plantão no local. Edinho começou a vender feijoada na antiga Ceasa, mercado situado logo após a entrada do Vale das Pedrinhas aos 30 anos de idade. Hoje tem 75 anos e uma netinha adolescente.

   - Pensa em parar de trabalhar? - pergunto.
  
    - Nem por sonho. Aqui é minha vida. Dia 3 estarei no Ana Maria Braga, orgulha-se.

     - Diria que, ao contrário do que muita gente pensa, não conheço Salvador, seu crescimento, suas novas avenidas e pontos turístico.

    - Sabe por que? - pergunta-me e ele mesmo responde: - Minha vida é aqui dentro de domingo a domingo, um sacerdócio.

    Eu frequento a tenda de Edinho há pelo menos uns 30 a 40 anos quando saíamos do circuito do centro para saborear sua feijoada. E sigo indo, como fui agora, com la señoa Bião, su madre e su hermana, além de mi nieta, para uma mistureba de cozido, peixe frito e carne de sol. 

   Tudo bem abaianado, apimentado, afarofado, com feijão novinho e verduras.

   Na entrada, pra quem conhece a casa, o aperitivo é a 'Gabriela" uma bebida afrodisíaca segundo o 'sócio' Edinho, assim costuma saudar seus clientes, com cravo, pinga e canela. 

   A comidinha típica baiana do Edinho continua saborosíssima e com preços acessíveis. Esse é o sucesso do local: boa comida, farta, preços em conta. E, claro, a camaradagem, o papo agradável de Edinho.

   E mais: seu restaurante é um dos primeiros na entrada da ala comedora da Ceasinha do Rio Vermelho, arejado, com brisa que vem do vale, e aos sábado, nos finais da tarde tem a Seresta do Edinho, som para ouvir e dançar. As 'moças' que por lá frequentam; e los cavalheiros são pessoas de longo curso em idade e história.

   Diria que abri o ano de 2018 com chave de ouro. La hermana da señora Bião adorou o peixe frito, mas, também gostou muito da quiabada que o acompanhou; su madre amou a Gabriela. E mi nieta, ficou na dela e papou a carne de sol à moda sertneja, sem negar suas raízes. 

   La Bion, já cohecemos.  É boa de garfo e provou de tudo um pouco. Concentrei-me no cozido. Delicioso. Verduras no ponto, bem temperadas. 

   Voltarei em breve para a seresta.
-------------------------------------------------------------- 
BAR E RESTAURANTE DO EDINHO
Ceasinha do Rio Vermelho, Salvador, Bahia
Cozido R$59,00 (para duas pessoas)
Carne de sol R$33,00
Peixe Frito com quiaba R$52,00
Pilsen R$9,00
Aceita todos os cartões
Estacionamento R$6,00 por duas horas
Abre todos os dias até 19h
Domingos até às 14h
Classificação 3 DONS