quarta-feira, 26 de junho de 2019
Colunistas / A Boa Mesa
Dom Franquito

DOM FRANQUITO prova filé a Dom Enrique em lugar histórico del Paraguay

Um local que respira história desde a época de Francisco Solano López e Madame Lynch
21/08/2015 às 11:22

A história do Gran Hotel del Paraguay é fascinante e se iniciou logo após a Guerra da Tríplica Aliança que, os brasis chamam de Guerra do Paraguai (1864/1870) e los paraguaios dicen la Gran Guerra, isto em 1873, o país arrasado e ainda ocupado pelas forças do Brasil-Argentina e Uruguai.


  Um membro da missão técnica italiana para soerguer o país, debilitado com a desastrosa tirania de Solano Lopez, morto em 1870 pelas tropas brasileiras no Cerro Corá sob o comando do conde D'Eu, genro de Dom pedro II e esposo da princesa Isabl, Silvio Andreuzzi, adquiriu um prédio que pertencera a familia Egusquiza, antes de propriedade da irlandesa Alicia Elisa Lynch, companheira do marechal, Francisco Solano López, donde se cantou pela primeira vez, em 24 de julho de 1860, o hino nacional paraguaio.
 
   Dr Andreuzzi construiu anexo ao local um teatro de verão onde companhias italianas atuaram nos seus salões. Nesse sitio, depois, nasceu o Asunción Lawn Tennis Club, o primeiro clube de tênis do Paraguai.

  Em 1884, Andreuzzi instala nos arredores o Hipódromo Paraguaio e a este conjunto - clube, hipódromo, teatro e hotel - denominou Recreo Cancha. O local que foi a antiga Villa Egusquiza lo adaptó para uso hoteleiro, chamado Hotel Vila Egusquiza.

  Um dos filhos de Guilhermo Weiler, pioneiro da hotelaria paraguaia com o Hotel do Lago, en San Bernardino, chamado Dom Enrique Weiller, tornou-se gerente do Hotel Villa Egusquiza e, em 1921, comprou o estabelecimento e o denominou Gran Hotel del Paraguay.
  
   Essa maravilha colonial da arquitetura do final dos 1800 se conserva até os dias atuais e foi onde yo e la señora Bião de Jesus nos hospedamos em breve estada en Asunción. 

   É como se estivessemos na época de madame Lynch com corredores emoldurados por colunas assimétricas, jardins, verde, muitas plantas, ainda algunas quadras de tênis do antigo Asunción Lawn, pássaros, pombos, uma maravilha de hotel, hoje, quase no centro da capital Paraguaia numa transversal da Avenida España, uma das principais da cidade, a Padre Puceau.

  O hotel é desses lugares em que o hóspede fica imaginando se é melhor conhecer a cidade ou desfrutar do hotel dada a sua beleza, a paz, a lareira, os salões, o restaurante, o atendimento, o aconchego.

  Entonces organizei com la señora Jesus uma noite em que iriamos ao restaurante do Gran Hotel para momentos de harpa com execução de Rito Pederson e um vino com file a Dom Enrique.

   Esse filé a Dom Enrique tem similar no Brasil o famoso Filé a Chateaubriand, um clássico brasis, com tiras feito à base de manteiga. O Dom Enrique é bem passado, peça única com vegetais e molho picante.

   A formosa garçonete Rosana foi quem nos atendeu dando boas vindas ao salão principal onde Rio executava 'Recuerdos de Ypacaraí' e outro clássico da música guarani 'Cascada', de Digno Garcia.

   Para acompanhar uma carne paraguaia nada melhor do que um Trapiche Found de Cave Reserva Malbec, Maipu, Argentina.

   Noite agradabilissima. 

   Rosana sugeriu que experimentássemos a sopa de choclo, prato típico andino produzido com uma planta (choclo), cebola picada, azeite de oliva, folhas de albahaca, sal e pimenta.

   Olhei para la señora Bião e ela consentiu. Diria que é aromática, energizante, deliciosa.

   Rosana ficou safisfeita e nós tembám com sua sugestão.

   Después, eis que foi servido o Dom Enrique, bem passado, con gusto. 

   O malbec descia aveludado. A essa altura, Rito dedilhava em sua harpa de 40 cordas el boleo 'Quiero Besar tus Manos", de José del Rosário Diarte. E só coube-me beijar las manos da madame Jesus.
 ----------------------------------------------------
   Restruante Gran Hotel Del Paraguay
   De la Residenta y Padre Pucheau
   Asunción - Paraguay
   (595 21) 200 051/53
   reservas@granhoteldelparaguay.com.py
   www.granhoteldelparaguay.com.py
   Aceita cartões internacionais
   Filé a Dom Enrique 64 mil guaranis (R$40,00)
   Sopa de choclo 40 mil guaranis (R$25,00)
   Found de Cave 96 mil guaranis (R$60,00)
   Classificação 5 DONS