ter?a-feira, 20 de agosto de 2019
Direito

IRECÊ: CASAMENTO COMUNITÁRIO OFICIALIZA A UNIÃO DE 125 CASAIS

Cerimônia organizada pela Comarca de Irecê
TJ , da redação em Salvador | 30/07/2019 às 19:22
Casamento coletivo em Irecê
Foto: TJ
Na última sexta-feira (26), 125 casais da Comarca de Irecê realizaram um grande sonho. Promovido pelo Centro Judiciário de Solução Consensual de Conflitos (Cejusc), o “Casamento Comunitário – União Legal” proporcionou a regularização jurídica de casais que, por falta de condições ou oportunidade, até então, não haviam oficializado a união.

Idealizada pelas Mediadoras Judiciais Acrissia Dourado e Fabíola Monteiro, a iniciativa buscou promover a inclusão social, resgatando, entre outros pontos, a autoestima dos participantes. Além do Tribunal de Justiça da Bahia, a ação contou com a parceria da Prefeitura local, da Procuradoria Geral do Município, do Cartório de Registro Civil de Pessoas Naturais, da Faculdade FAI, e ainda de representantes das Igrejas Católica e Evangélica.

A mobilização da comunidade foi ressaltada pelo Juiz Coordenador do Cejusc, Danilo Augusto Franca. “Foi muito gratificante ver esse movimento e perceber a emoção dos casais”, disse. “Foi garantida uma cerimônia emocionante, com a participação de orquestra, ornamentação, banda e fotografias, além da decoração do ambiente”, contou o Magistrado.

Concebidos originariamente pela Resolução do Conselho Nacional de Justiça nº 125/2010 e regulamentados, no âmbito do Tribunal de Justiça da Bahia, pela Resolução TJBA nº 09/2019, os Cejusc’s buscam agilizar processos e oferecer amplo acesso à Justiça, de forma gratuita, ágil e sem grandes formalidades, beneficiando todos os envolvidos. Para o juiz Coordenador, o órgão traz e resgata a cidadania das pessoas.