quinta-feira, 04 de mar?o de 2021
Cultura

DICAS DE SERAMOV PARA O VERÃO: TEMPO DE CONCILIAR O LIGHT COM O DENDÊ

Veja as cinco dicas do Seramov e saiba dosar a alimentação na temporada de verão
Tasso Franco , da redação em Salvador | 20/02/2021 às 09:34
Tira-gosto preferido dos baianos no verão acarajés pequenos com vatapá e caruru
Foto: BJÁ
   O jornalista Tasso Franco publicou neste sábado no aplicativo wasttpad o 16ª sexto texto em seu livro "A mão espiritual do Seramov - linhas que iluminam o tempo - falando das comidinhas do verão. Veja crônicas abaixo e as demais no wattpad.

              TEMPO DE VERÃO E DE CONCILIAR O LIGHT COM O DENDÊ
 
  Estamos na temporada de verão em Salvador da Bahia, a melhor época do ano, neste 2021 prejudicada pela segunda onda da pandemia do Coronavirus e alguns restrições nos horários dos restaurantes, as casas de shows sem funcionar, as boites e danceterias fechadas. Mas, o mundo não acabou, a Bahia tem mil quilômetros de litoral e dá pra curtir bastante, nos horários permitidos com as limitações da pandemia. 
     
      Estou no município de Lauro de Freitas, na localidade de Vilas do Atlântico, que é um balneário à beira mar. Hoje, sábado, nada melhor também do que fazer um churrasco. Que é uma coisa, uma atividade muito interessante, prazerosa. E eu vou preparar um churrasco para meus convidados. Que é para minha neta que está gravando, para minha mulher, para a sogra e para minha cunhada.
  
        Agora vocês sabem que os idosos, nós temos determinadas restrições alimentares (não relacionadas ao coronavirus). Não podemos comer carne vermelha gordurosa, não podemos exagerar na bebida, o sal tem que ser controlado, ainda mais eu que tenho um problema coronariano. 
   
      Não devemos comer alimentos muito condimentados apimentados e o que tem mais aqui na Bahia é isso. Então é preciso ter todo cuidado nessa hora. Nada, no entanto, está proibido. Você pode conciliar: um tira-gosto de acarajés com vatapá, salada e pimenta; e no principal as carnes ‘lights’ do churrasco - os espetinhos de frango, os espetinhos de coração, as calabresas de frango.
     
        Por isso mesmo eu comprei uma calabresinha de frango para mim e vou preparar uma salada com tomates, cenouras, alface e agrião. Agora os convidados vão comer uma carne mais apimentada, mais temperada, uma picanha, uma alcatra; e eu vou já com o carvão pronto colocar na churrasqueira e depois fazer a preparação com minha especial convidada que é a minha neta, a qual também vai me ajudar nessa preparação.
       
      Ela disse que hoje aqui em casa, as madames não vão se meter em nada. Vão só participar de nosso banquete e ficar na piscina bebericando gim com tônica. gim com morangos. Eu vou manter minha dieta que não sou bobo. Já andei com meu cachorro, tomei meu banho de mar, em seguida chuveirada e meu banho de piscina, e me exercitei para não engordar e manter o preparo físico em dia. É preciso ter disciplina diária em relação a isso. O verão é tentação.
     
     Também mantenho uma dieta com os alimentos recomendados pela minha nutricionista, a doutora Maria Teresa.
      
     Pela manhã, café light com frutas e inhame; três horas depois como uma barrinha energética; mais três horas, o almoço com legumes e peixe; final da tarde mais uma fruta e um jantarzinho light, à noite. 
      
    No sábado ou no final de semana, é tempo de exceção. Vale uma moqueca de camarão, vale uma moqueca de siri catado, vale uma peixada. Uma vez na semana não faz mal. Hoje, preparei churrasco mas não cai de boca nele, deixei para as madames e mi nieta. 
      
   Vamos dar as cinco dicas da mão espiritual do Seramov, as cinco flechas, sobretudo para as pessoas idosas nesse tempo de conciliar a comida baiana (preparada sempre com dendê e pimenta) e as comidinhas ‘lights’ - saladas e peixes.
    
   1. No verão, na região Nordeste onde moro, o sol é muito quente. Vá a praia somente cedo, pela manhã; ou no final da tarde. Não tome sol nos horários de pico solar, entre 11h e 15h. Passe protetor solar no corpo e não exagere. Tomar um banho de mar e voltar pra casa cedo, antes do meio dia. Deixa que os mais jovens possam curtir a praia com mais intensidade. Se você vai fazer uma caminhada use uma blusa de mangas compridas de tecido leve e chapéu com abas. Usar um bastão - para os idosos - é também muito bom, ajuda a equilibrar os joelhos nas descidas e subidas.
    
   2. Alimento ‘lights’ são os que recomendo. Comer alimentos mais leves - frutas e inhame pela manhã. Aqui na Bahia tem muito acarajé, tem muito abará, tem muita coisa com pimenta. Evitar esse tipo de comida e comer uma comidinha mais light no almoço. Mas, esse tipo de comida à moda baiana não está proibida e uma vez por semana vale a pena conferir. Os acarajés pequenos (vide foto) para iniciar a rodada de almoço, como tira-gosto, são ótimos e deliciosos. Seja moderado, coma poucos e use só toques na pimenta.
   
     3. Exercitar-se com moderação. No final da tarde dar uma caminhada no calçadão, apreciar um pouco a chegada da noite e tomar, se for o caso, um banho de chuveirada e um banho de piscina. Quem não tem piscina tem o mar, essa dádiva de Deus que na Bahia banha o litoral desde Prado e Porto Seguro, no Extremo Sul, até a divisa com Sergipe. 
   
   4. A bebida ideal no verão é a cerveja. Parece que os monges europeus e os alemães moravam na Bahia quando inventaram essa maravilha, especialmente bem gelada e com colarinho. O colarinho (os dois dedos de espuma no copo) retiram o gás da cerveja e evita que você fique arrotando e o beer fica mais gostoso. Não tome a cerveja com o copo cheio. Tem gente que vira um pouco o copo para enchê-lo bem, o que é um erro.
  
     5. Já que falamos de churrasco essa é a comida ideal no final de semana, especialmente se você tem uma churrasqueira em casa. Há, hoje, além dos modelos de churrasqueiras maiores nos quiosques das residências, as menores, portáteis, que você pode inclusive usar até mesmo na praia embaixo de um coqueiral ou numa área pequena onde você mora, em casa ou em apartamento. E, há casas especializadas e mercadinhos que vendem as carnes processadas, os espetinhos já temperados, as picanhas e alcatras temperadas e você só precisa usar as brasas e o sal.
  
    É isso. Tempo de verão é momento de comidas ‘lights’, mas você pode conciliar e saborear uma vez na semana as moquecas e os churrascos. Bom apetite.